(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

Gengiva mais inchadinha, doendo na hora de comer algo ou, principalmente, de escovar os dentes. E quando sangra e você cospe na pia a espuma da pasta de dente avermelhada, num dá uma certa preocupação? Pois saiba que se cuidar para evitar ou então tratar direitinho com o dentista, a Gengivite não vira um problema maior capaz de atrapalhar sua rotina. Se liga nas cinco perguntas que preparamos no texto de hoje.

 

1- O que caracteriza a Gengivite?

A Gengivite é uma inflamação da gengiva que, se não for tratada, compromete um ou mais dentes. Ela ocorre quando a placa bacteriana se acumula na superfície dos dentes e fica depositada no sulco gengival (espaço entre a gengiva e os dentes). Quando em estágio avançado, a Gengivite afeta o osso e tecido alveolar onde os dentes se fixam.

 

2- Mas quais são as possíveis causas da Gengivite?

Qualquer pessoa pode passar por um quadro de Gengivite, até porque sua causa é oriunda de diferentes fatores. O mais comum é a higiene bucal precária (ou é escassa ou incompleta). Outros fatores causadores são: fumo; diabetes; baixa imunidade; boca seca; velhice; uso de certos medicamentos; mudanças hormonais (gravidez, menstruação, uso de anticoncepcionais); carência de vitaminas; infecções (virais ou fúngicas); uso de aparelhos bucais mal higienizados ou encaixados; reação alérgica.

 

3- Que sintomas ela provoca?

Às vezes acontece do indivíduo que tem a Gengivite não sentir dor (e assim nem suspeitar que está com a inflamação). Aqueles que ficam incomodados, é porque sentem ou notam algum dos seguintes sintomas: gengiva mais vermelha que o normal; inchaço; sensibilidade maior nos dentes e gengiva; sangramentos ocorrendo na hora da escovação ou quando usam o fio dental; gengivas se separam ou se afastam dos dentes; dentes se encaixando de forma diferente; mau hálito constante ou gosto ruim na boca.

 

4- Quando a Gengivite vira Periodontite?  

A Gengivite é a primeira fase da doença periodontal. Portanto, se a Gengivite não for tratada corretamente e a tempo, ela pode sim se agravar e virar uma Periodontite. Quando o paciente tem uma Periodontite, o quadro dele é mais grave, pois ela compromete os tecidos ao redor do dente (ou seja, a área periférica ao dente) que dão sustentação a estes, além da reabsorção óssea, retração da gengiva e, como consequência a mobilidade e perda dos dentes.

Um ponto de atenção importante sobre a Periodontite é que ela pode evoluir para uma Endocardite Bacteriana, isto é, as bactérias das bolsas periodontais podem se espalhar na corrente sanguínea, indo parar nas válvulas cardíacas do paciente, comprometendo a circulação do sangue em todo o corpo, além do funcionamento do coração.

 

5- Como é a prevenção?

Para se prevenir da Gengivite, o caminho é caprichar na higiene bucal diária, escovando direito todos os dentes, língua, gengivas, paredes internas e céu da boca. O uso do fio dental (pelo menos uma vez ao dia ou então antes de dormir) e do enxaguante bucal (quando indicado pelo dentista) também têm atuação neste processo de eliminar as bactérias que ainda ficaram após a escovação.

Outra atitude essencial para evitar a Gengivite é fazer as visitas regulares ao dentista (se não der de 06 em 06 meses, pelo menos uma vez ao ano), só ele poderá falar se você é um paciente dentro do grupo de risco para a doença (fumante, idoso, gestante etc). Estar em dia com o dentista ajuda a prevenir não só a Gengivite, mas vários outros incômodos, por isso a Mr. Clean faz o PAP com os pacientes, o Programa de Acompanhamento Preventivo.

Como já é comprovado que Gengivite e Periodontite podem ter causas por predisposição familiar, melhor mesmo é cada um fazer a parte que lhe cabe e ter uma vida mais tranquila e saudável, não? Para qualquer dúvida ou desconforto bucal, passa aqui na nossa clínica, queremos te ajudar a sorrir mais pra vida!

Você também pode gostar de:


Vergonha do sorriso

Vergonha do sorriso

 Sem duvida esse é um assunto que incomoda. Deixamos de sorrir por que nos falta um, dois ou vários dentes. A vida segue e voltar a sorrir deixa de ser uma prioridade. NÃO ! NÃO ! NÃO ! Um sorriso bonito aumenta sua confiança e auto-estima, com uma carga dentária completa você vai se alimentar e digerir melhor os alimentos, e isso trará um a série de beneficios para...
Dentes de leite

Dentes de leite

Você sabia que a saúde bucal do bebê começa na barriga da mãe? O programa de acompanhamento preventivo (PAP), garante a orientação correta quanto a higiene bucal do bebê e etapas de evolução dos dentes de leite. Se você tem uma criança de 0 a 17 esse programa é ideal para você. A Mr. Clean preparou 9 dicas sobre os dentes de leite, veja: http://odontologiaesaudebh.com.br/pap-infancia/  ...
CRIA JUÍZO, TIRA O DENTE SISO

CRIA JUÍZO, TIRA O DENTE SISO

Quem dera se fosse só fazer a cirurgia para a rapaziada ter mais do discernimento que a vida adulta, pede né? Os “dentes do juízo” possuem este nome pois geralmente surgem entre os 17 a 21 anos, a idade que os jovens começam a deixar a adolescência. Os dentes siso são os últimos a aparecer na boca e acabam tendo que ser retirados para evitar complicações mais graves. No...
CAMPANHA CONTRA A CÁRIE DE MAMADEIRA

CAMPANHA CONTRA A CÁRIE DE MAMADEIRA

Quando os bebês nascem e começam a crescer, junto com eles nascem os primeiros incisivos, geralmente os dois inferiores da frente. Como esta é a fase que os pequeninos bebem muito leite e outros líquidos na mamadeira, é comum acontecer a chamada cárie de mamadeira. Se descoberta no início, a cárie tem fácil tratamento e não causa dor. Se protelar, o problema fica cada vez mais incômodo e grave....
O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

Começa com um leve incômodo em uma parte minúscula da boca. Aí esse desconforto evolui e de repente.. apareceu uma afta! Bom, as aftas não aparecem sem causa, uma mordida errada na bochecha ou lábios e o uso de aparelhos fixos também podem ocasionar seu aparecimento. Os fatores provocadores variam e merecem atenção, acompanhe a seguir.   Primeiro, o que é uma afta?   Também chamada de estomatite aftosa...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por...