(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

Dentre os caminhos atuais da odontologia estética, quem decide usar aparelho ortodôntico para transformar o sorriso acaba se deparando com as opções mais estéticas, além da metálica. Ao analisar qual tratamento é o que mais interessa o paciente, em comparação com o tradicional aparelho metálico, existem os métodos transparente ou invisível. Conhecer um pouco sobre cada um é o primeiro passo para a escolha certa.

 

Iguais nos objetivos, diferentes na estrutura

Se você olha para um aparelho transparente e um aparelho invisível, é fácil notar as diferenças entre eles. Antes de falarmos dos aspectos divergentes, elencamos alguns pontos em comum. Ambos surgiram para deixar os dentes perfeitos, o sorriso alinhado e saudável. Eles proporcionam um efeito camuflagem: tem um aparelho corrigindo os dentes, mas quase não dá para notar isso. E é fato: eles são tratamentos que deixarão o sorriso do paciente mais bonito, elevando a autoestima do mesmo.

 

Transparente, mas com benefícios visíveis

O tratamento ortodôntico transparente tem lá suas vantagens. Formado por peças que imitam a cor dos dentes, ele é um método mais próximo do aparelho fixo tradicional, devido à sua estrutura semelhante e rotina de cuidados. Como ele também é colado aos dentes, o ortodontista tem um controle maior de uso feito pelo paciente. Os bráquetes são transparentes, podem ser feitos nas opções policarbonato, cerâmica (porcelana) ou safira.

 

Invisível e com vantagens perceptíveis

Já o aparelho invisível é a nova sensação entre as celebridades, justamente por ser um método ainda mais difícil de ser notado na boca. Formado por placas transparentes e flexíveis que funcionam como uma pequena película sobre os dentes, ele corrige os casos mais simples de ortodontia (portanto não é indicado para qualquer pessoa). O aparelho invisível dá mais liberdade ao paciente por ser removível (ajudando na alimentação, higienização e socialização em eventos), além de ter um tempo de tratamento menor em relação aos outros aparelhos ortodônticos convencionais (exceto os autoligados).

Apesar de todas estas vantagens dos aparelhos transparente e invisível, saiba que a melhor pessoa para decidir qual tratamento é o ideal para o seu caso é o ortodontista. E aqui na Mr. Clean, o que não falta é equipe especialista, preparada, de braços abertos e sorriso no rosto para te atender, escutar o que você quer melhorar no seu sorriso e o que sua saúde bucal e geral precisam. Se o papo te interessou, vem conversar com a gente e sorrir pra vida!

Você também pode gostar de:


ARRAIÁ BOM E QUE NÃO PREJUDICA OS DENTES

ARRAIÁ BOM E QUE NÃO PREJUDICA OS DENTES

Junho é o mês das festas juninas (que se estendem para o mês de julho), época de todo mundo se esbaldar dos deliciosos quitutes juninos. O desejo de saciar a vontade de comer os doces e salgados típicos é enorme, a gente sabe. Outra coisa que a gente sabe são os cuidados que devemos ter com os dentes nos dias de festa, vale a pena conhecer.   Não deixe o açúcar puxar a quadrilha das cáries   Além dos irresistíveis doces, é comum beber refrigerante para acompanhar as comidas. Nós aconselhamos trocar o refri por suco natural ou por água. Isso porque assim como o açúcar dos doces, o refrigerante também descalcifica o esmalte do dente, o que favorece o desenvolvimento de cáries. Em último caso, faça pelo menos um bochecho com água para evitar que o açúcar fique muito tempo nos dentes.   Evite o forró de complicações bucais   A farra não é só sua, ela é também das bactérias que produzem cáries, como falamos. Outros desconfortos que podem surgir são as fraturas de dentes ou inflamações na gengiva. Grande maioria dessas implicações são causadas devido aos alimentos crocantes típicos da festa: pé-de-moleque, maçã do amor, pipoca, amendoim, cocada, entre outros. Pra um pedacinho destes alimentos agarrar na gengiva e inflamar (a ponto de dar abcesso) não custa nada.   Reverência junina de atenção para quem usa aparelho   E também para quem tem prótese dentária. São pessoas que devem realmente evitar alimentos duros, como o amendoim, maçã do amor ou pé-de-moleque. A textura endurecida pode quebrar os braquetes ou a prótese, comprometendo o tratamento. O milho...
CONHEÇA O SETEMBRO DOURADO

CONHEÇA O SETEMBRO DOURADO

A onda de renomear os meses com cores não é novidade e tem sido uma maneira de chamar a atenção das pessoas para causas importantes. Uma delas, diferente do Setembro Amarelo que falamos aqui no blog ano passado e que tem igual importância, é o Setembro Dourado. Pode parecer exagero associar o mês a uma outra cor, porém talvez aí que esteja a questão: cuidar da saúde e ficar atento aos sinais do corpo é um comportamento que deve ocorrer em todos os meses do ano. Com vocês, um pouco sobre o Setembro Dourado!   O movimento Os mais jovens também possuem um movimento contra o câncer chamado mundialmente de Setembro Dourado. Sua origem vem da necessidade de aconselhar pais e responsáveis por crianças e adolescentes quanto aos principais sintomas e sinais do câncer infanto-juvenil. Além disso, o movimento busca apoio para os pacientes mirins e suas famílias, inclusive reconhecendo as vitórias ou honrando os que infelizmente não resistiram à doença.   Quanto mais cedo descobrir, melhor Sim, como todo câncer (na verdade, como toda enfermidade, né). Os tipos mais frequentes entre crianças e adolescentes são as leucemias, os do sistema nervoso central e os linfomas. Descobrir a doença é complicado, pois os sintomas podem ser confundidos com outros problemas, porém se você tem algum jovem sob os seus cuidados, vale a pena ficar de olho nos mal estares que podem indicar algo errado no organismo (manchas roxas no corpo, febre persistente sem motivo, ínguas endurecidas, nódulos, perda de peso repentina, dor de cabeça que não passa). Ao ser identificado no início, as chances de cura do câncer infantil...
ENSINAR AS CRIANÇAS A ESCOVAR OS DENTES

ENSINAR AS CRIANÇAS A ESCOVAR OS DENTES

6 DICAS QUE AJUDAM AO ENSINAR UMA CRIANÇA A CUIDAR DOS DENTES   “Será que tem mais algum segredo pra eu conseguir convencer meus filhos a escovarem os dentes e cuidar da saúde bucal?”. Essa é uma pergunta feita por pais quando eles enfrentam desafios ao ensinar as crianças que é preciso cuidar dos dentes. Se você é um deles ou é responsável por algum pequeno que está na fase de aprendizagem, embarque com a gente no texto de hoje, existem dicas boas e práticas.   Torne o momento divertido   É bom que o responsável pela criança (seja mãe, pai, avós, tios, familiares ou o adulto que cuida) deixe a hora da escovação algo leve, tranquilo e legal de ser feita. Vale a pena investir em escovas de dente coloridas ou temáticas (de personagens de desenho, por exemplo), cremes dentais saborizados ou músicas e livros infantis sobre o assunto. O importante é mostrar que cuidar da saúde bucal pode ser simples e divertido.   Explique o porquê, mas sem exageros   O motivo de criar o hábito de higiene bucal pode ser feito com jeito (sem perder a razão com castigos ou brigas desnecessárias) e até um pouco de carinho. Os pequenos precisam entender que é necessário escovar os dentes e cuidar da boca, afinal traz benefícios imediatos (sorriso brancos e limpinhos, gosto bom na boca, hálito refrescante, prevenção de cáries, saúde da boca e do corpo como um todo).   Seja o exemplo   Aquela velha história de que os filhos são espelho dos pais e adultos que os criam é real. Se a criança vê que...
Alimentos contra a cárie?

Alimentos contra a cárie?

Da mesma forma que existem os alimentos que favorecem a cárie (carboidratos, doces, refrigerantes etc), existem aqueles que ajudam no combate a esta doença. Estamos falando dos alimentos que ajudam a produzir a saliva. Este liquidozinho espumoso que temos na boca, que aumenta quando vemos algo saboroso, é extremamente importante no processo digestivo. A saliva é responsável por lubrificar e diluir o alimento, além de proteger contra bactérias e umedecer a boca. Ela é produzida pelo próprio corpo e certos alimentos favorecem sua produção. Em meio às frutas, você pode ingerir maçã, pera, mamão ou frutas ácidas, como laranja, abacaxi e limão. As pessoas que não possuem problemas com a ingestão de frutas ácidas podem comer sem riscos para melhorar a produção salivar. Dentre as opções de verduras e leguminosas, coma cenoura crua, espinafre, pepino, rúcula, agrião, aspargos, salsão e hortelã. Até o jiló – que deixa poucas pessoas com água na boca – favorece a salivação. É aconselhável o consumo desses alimentos na terceira idade, já que muitos idosos reclamam de ‘boca seca’. A saliva atua no combate à cárie ao ajudar na “lubrificação” da nossa boca, melhorando nossa capacidade de auto limpeza. Entretanto a saliva não ajuda a limpar entre os dentes, para isso é essencial o uso do fio dental e de uma escovação feita de maneira correta. E por que estamos falando disto tudo? Sabemos que vocês estão curtindo as festas juninas para comer pipoca, canjica, milho cozido, pé de moleque, cocada e várias delícias ricas em açúcar e que costumam “grudar” nos dentes, um prato cheio para a cárie. Então aproveitem os arraiás e...
A RELAÇÃO SAÚDE GERAL E BUCAL DAS GESTANTES

A RELAÇÃO SAÚDE GERAL E BUCAL DAS GESTANTES

Gente, sabe aquele discurso que nós, dentistas, falamos sobre o quanto a saúde geral do corpo está interligada à saúde bucal? Então, um exemplo indiscutível é a conexão da saúde do organismo de uma gestante com a saúde da boca dela. Uma mulher em período de gestação tem seu corpo mais sensível e tal sensibilidade pode refletir na cavidade bucal. Confira a seguir mais informações sobre o assunto.   Cuidar de duas vidas ao mesmo tempo Saúde geral e bucal da mãe, além da saúde do filho. O tamanho da responsabilidade que uma mulher em fase de gestação carrega é grande, afinal o corpo precisa dar conta de tudo: dela e do bebê. Como a cavidade bucal é uma parte do corpo que entram muitos microorganismos e assim doenças (desde o ar até a água e objetos usados no cotidiano), é por meio de uma higiene bucal correta, acompanhamento no dentista e alimentação saudável que a gravidez tende a ser tranquila.   Motivo: organismo de grávida é algo em mudança constante Para gerar outra vida, o corpo de uma mulher passa por incontáveis transformações (claro, gerar outro ser humano não é algo simples). Os hormônios variam muito, o que acarreta em alterações na boca. Uma grávida pode ter excesso de produção de saliva, propensão à gengivite, os famosos enjoos que só complicam na hora de higienizar a cavidade bucal. A saúde bucal fica debilitada, podendo ocorrer cáries e doenças periodontais, infelizmente. A notícia boa é que tudo isso é possível de ser controlado.   Como as futuras mamães devem agir As mulheres gestantes precisam escovar corretamente os dentes após...
A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

Está é a Semana das Crianças, seres humanos que iluminam a nossa vida com alegria e pureza. É comum presenteá-las com brinquedos para comemorar a data, porém a Mr. Clean tem uma pergunta séria a fazer: você como pai, mãe, avós, tios ou como responsável por uma criança, tem cuidado da saúde bucal dela? Pois os pequenos são novos demais para saberem como se cuida direito dos dentes e precisam de orientação. Acompanhe nas próximas linhas o que queremos dizer.   A presença dos pais para controlar a cárie dentária Doença crônica mais frequente entre as crianças de todo o mundo, a cárie dentária pode ser controlada, afinal sabe-se que ela é contagiosa, transmissível e infecciosa. Portanto o acompanhamento dos pais ou da pessoa responsável é essencial para evitá-la, todos sabemos que a criançada não possui maturidade o suficiente para construir hábitos saudáveis. Se deixar, elas comem guloseimas o tempo todo e ainda ficam sem escovar os dentes. A figura de um adulto orientando sobre a construção deste hábito tão importante é elementar para conservar os dentes, que inclusive podem durar por toda a vida se forem bem cuidados. Por isso, a Mr. Clean criou o Programa de Acompanhamento Preventivo (PAP) para educar as crianças e seus pais quanto à higiene bucal, à redução da cárie dentária na infância, tudo feito através de cuidados básicos para a manutenção da saúde bucal. Cuidados para evitar que a gurizada tenha cárie Zelar pela saúde bucal de uma criança, desde a primeira infância até ela se tornar um adolescente capaz de fazer sozinho a higiene bucal da forma correta, é um dever de...