(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir que o papo é sério, olha só.   Causas para dor de dente em grávidas A gravidez é um período em que todo o corpo da mulher fica sensível, afinal tem outra vida sendo gerada nele. A futura mamãe pode ter gengivite, que é uma inflamação da gengiva, ou incômodos relacionados a dente quebrado, abscesso ou o siso apontando. Um cárie (principalmente porque o desejo por comer doces aumenta) também pode gerar desconforto nas grávidas, assim como a hipersensibilidade aumentada na cavidade bucal (devido à produção em excesso de hormônios), que rejeita certos alimentos quentes ou frios.   Para evitar as dores Algumas medidas podem ser tomadas para que a mulher grávida não sofra tanto com a hipersensibilidade na boca e nos dentes, como manter a higiene bucal sempre em dia (escovação completa, incluindo o uso de fio dental). O Pré-natal Odontológico precisa ser feito sim, só o dentista é capaz de avaliar o estado da saúde bucal de uma grávida, verificando se os sintomas estão dentro do esperado. Sem falar no tratamento preventivo que o dentista é capaz de fazer, evitando complicações que talvez ocorreriam se não fosse o acompanhamento odontológico.   Em caso de dores… Visite seu dentista...
6 DICAS DE MAQUIAGEM PARA QUEM USA APARELHO NOS DENTES

6 DICAS DE MAQUIAGEM PARA QUEM USA APARELHO NOS DENTES

Muita mulher evita colocar o aparelho nos dentes pois acha que atrapalha a imagem pessoal. Ou então se coloca o aparelho, não se maqueia pois acha que ficará feio o rosto. Hoje vamos falar que é possível ter uma boa autoestima com ambos: sorriso sendo corrigido pelo aparelho e uma make bem linda para realçar os traços bonitos da face. Vem ler pra depois compartilhar com as mulheres que não sabem destes macetes, chega mais!   1ª dica: preparar a pele O primeiro passo é deixar a pele impecável. Pode ser com uma boa base ou um BB cream (que já tem filtro solar e isso é muito bacana) na cor do seu tom de pele. Passar corretivo em cicatrizes e olheiras vale a pena, mas o ideal é que o rosto fique o mais natural, nada carregado. Finalizar a pele com um blush discreto para reforçar um tom saudável está super liberado.   2ª dica: hidratar os lábios é o básico Lábios rachados não é bonito porque o aparelho já chama a atenção para a boca e se ela estiver ressecada, não fica legal (nem saudável). Ter o hábito de passar hidratante labial antes de dormir e carregá-lo na bolsa para reaplicar ao longo do dia são táticas que dão certo. Mas atenção: é hidratante labial e não gloss, ok? O gloss pode até manter os lábios úmidos, só que ele chama ainda mais a atenção para a boca, ficando exagerado.   3ª dica: definir a paleta de cores Estamos falando em relação ao batom, sombra e demais artigos de maquiagem que você pretende utilizar, como delineador, por...
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas de um dente sensível Primeiro é importante saber que esta não é a mesma sensibilidade quando se faz um clareamento dentário (tratamento estético que branqueia os dentes), ok? A hipersensibilidade dental pode ocorrer devido a fatores como cárie dentária ou doenças gengivais, situações em que são tratadas e os incômodos somem ao longo do tratamento. Já a maioria dos casos de dentes sensíveis é porque a parte mais macia e interna do dente, a dentina, fica exposta a estímulos externos (algo muito frio ou muito quente) que ativam os nervos do centro do dente, gerando uma dor aguda breve. Alimentos e bebidas altamente ácidos, uso de escovas duras ou escovação muito forte, retração da gengiva que deixa a raiz do dente mais exposta, bulimia ou refluxo gastroesofágico são fatores que predispõem a exposição da dentina.   Os tratamentos existentes Ao sentir que os dentes estão mais sensíveis, é importante procurar um dentista para ele avaliar a causa real (como dissemos, excluir a possibilidade de cárie ou doença gengival). Dependendo do quadro clínico, o profissional vai orientar procedimentos na rotina do paciente para resolver o problema: usar uma escova de cerdas macias, uma pasta de dente própria para a sensibilidade dos...
DIVERSÃO COM SORRISO SAUDÁVEL

DIVERSÃO COM SORRISO SAUDÁVEL

Piscina, parque, brincadeiras de correr e pular. Chegou a época das crianças curtirem as férias. Tempo bom para elas aproveitarem a infância, é esperado que os pais ou responsáveis fiquem de olho nas atividades recreativas, assim como também na saúde bucal. Férias não significa deixar o cuidado com os dentes de lado e com medidas simples você orienta e cuida da meninada, saiba mais a seguir.   Acompanhar as brincadeiras e esportes Não interprete como: “impedir que a criança brinque”. É que certos tipos de recreações geram riscos à criança – ela pode escorregar; tropeçar; bater a boca na borda da piscina, cair de bicicleta, patinete ou patins etc. Evitar machucados e lesões na boca e nos dentes é bom para que o desenvolvimento natural dos dentes e arcada ocorra sem complicações. Dependendo do esporte, dar um protetor bucal para proteger os dentes é uma boa saída.   Hidratar o corpo com muito líquido Nas férias de final de ano as temperaturas sobem por causa do verão e o corpo transpira muito. Os pequenos transpiram ainda mais porque eles não param, é a inquietude comum da fase. Água mineral, sucos naturais, água de coco, chás gelados: não importa qual bebida natural você vai dar para a criançada ficar hidratada. Um corpo bem hidratado mantém a produção de saliva no nível normal, evitando boca seca e o surgimento de doenças bucais.   Alimentação sem exagerar no açúcar Cinema, parque de diversões, piquenique na praça, passeio nos parques e museus, se a criança está na rua e ver alguma guloseima é certeza dela pedir. De salgadinhos a doces, os pequenos podem...
5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

Gengiva mais inchadinha, doendo na hora de comer algo ou, principalmente, de escovar os dentes. E quando sangra e você cospe na pia a espuma da pasta de dente avermelhada, num dá uma certa preocupação? Pois saiba que se cuidar para evitar ou então tratar direitinho com o dentista, a Gengivite não vira um problema maior capaz de atrapalhar sua rotina. Se liga nas cinco perguntas que preparamos no texto de hoje.   1- O que caracteriza a Gengivite? A Gengivite é uma inflamação da gengiva que, se não for tratada, compromete um ou mais dentes. Ela ocorre quando a placa bacteriana se acumula na superfície dos dentes e fica depositada no sulco gengival (espaço entre a gengiva e os dentes). Quando em estágio avançado, a Gengivite afeta o osso e tecido alveolar onde os dentes se fixam.   2- Mas quais são as possíveis causas da Gengivite? Qualquer pessoa pode passar por um quadro de Gengivite, até porque sua causa é oriunda de diferentes fatores. O mais comum é a higiene bucal precária (ou é escassa ou incompleta). Outros fatores causadores são: fumo; diabetes; baixa imunidade; boca seca; velhice; uso de certos medicamentos; mudanças hormonais (gravidez, menstruação, uso de anticoncepcionais); carência de vitaminas; infecções (virais ou fúngicas); uso de aparelhos bucais mal higienizados ou encaixados; reação alérgica.   3- Que sintomas ela provoca? Às vezes acontece do indivíduo que tem a Gengivite não sentir dor (e assim nem suspeitar que está com a inflamação). Aqueles que ficam incomodados, é porque sentem ou notam algum dos seguintes sintomas: gengiva mais vermelha que o normal; inchaço; sensibilidade maior nos dentes...
Página 1 de 512345