(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

Corrigir a posição dos dentes na arcada dentária sem ninguém notar. O sonho de muitas pessoas tem virado realidade graças ao tratamento ortodôntico pelo aparelho invisível. As celebridades e pessoas que valorizam a autoimagem têm adorado este tipo de tratamento, e por isso separamos as principais vantagens que ele oferece, olha só. Mais do que discreto, invisível mesmo O aparelho invisível é praticamente imperceptível. Com ele, o sorriso continua à mostra e bonito devido às suas placas transparentes, daí o nome também de ‘alinhadores invisíveis’. Seu uso é indicado para os casos mais simples de ortodontia, lembrando que somente o dentista é capaz de avaliar se o paciente pode ou não usá-lo. Eficácia e rapidez O aparelho invisível é o tratamento ortodôntico mais avançado dos dias de hoje. Sua tecnologia, com escaneamento em 3D da arcada, permite se ter uma prévia do sorriso após o tratamento, além das placas serem feitas sob medida. São qualidades que favorecem um tempo médio de uso menor do que os tratamentos convencionais e que tem deixado muito paciente satisfeito. Conforto que não tem igual As moldeiras garantem um conforto maior para quem usa (não tem nada de metal a ser colocado nos dentes). Elas podem ser removidas em ocasiões especiais (alimentação, falar em público, uma festa ou sempre que preciso). O material das placas é flexível, inodoro, atóxico e super adaptável ao ambiente bucal, os pacientes se sentem à vontade de usar.  Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Aparelho Invisível   O queridinho dos adultos A escapatória do sorriso metálico, sem metal nenhum, existe e se chama aparelho invisível! Os adultos estão adorando...
QUANDO SE DEVE TROCAR A ESCOVA DE DENTES?

QUANDO SE DEVE TROCAR A ESCOVA DE DENTES?

O uso diário da escova de dentes acaba exigindo que ela seja trocada de tempos em tempos. Mas, qual é mesmo este tempo? E por qual motivo, será que é só desgaste, mesmo? A seguir, vamos responder algumas perguntas que muitas pessoas fazem quando o assunto é a troca da escova de dentes. Veja as respostas e melhore ainda mais seu hábito de higiene bucal. Por que trocar a escova de dentes? Substituir a escova de dentes usada por outra nova é uma atitude que visa otimizar a limpeza bucal. Como assim? A escova de dentes previne que um sorriso tenha acúmulo de placa bacteriana, o que evita tártaro, cárie e doenças gengivais. Se os tufos da escova estão desgastados e desalinhados devido ao uso, a remoção efetiva da placa bacteriana fica comprometida. Outro motivo é que a escova acumula bactérias, então é bom usar uma escova nova para que a boca e os dentes não sejam infectados. Quando trocar? O ideal é trocar a escova de dentes a cada 3 meses de uso. Ou então quando as cerdas (os tufos que falamos) se mostram desgastados e deformados. Vale ressaltar que após um resfriado, gripe ou infecção de boca ou garganta, também é preciso trocar, afinal os germes podem ficar na escova, ocasionando uma reinfecção. Reforçamos que a substituição por um artefato novo é por questões de manutenção da saúde bucal e, consequentemente, saúde corporal. Como saber se precisa trocar? Caso o período de uso de três meses ainda não foi completado, é necessário observar o estado físico da escova: cerdas desgastadas indicam que ela não vai limpar direito...
ESTÉTICAS QUE DÃO ALEGRIA E BELEZA AO SORRISO

ESTÉTICAS QUE DÃO ALEGRIA E BELEZA AO SORRISO

Quem acessa o site da Mr. Clean vê que ela é uma clínica odontológica séria, apta para atender as questões que envolvem a saúde bucal: desde um desconforto sentido pelo paciente (atendemos de bebês a idosos) a até um tratamento estético de alta tecnologia. No post de hoje vamos falar um pouco sobre as formas que oferecemos para você sorrir com saúde e beleza. Bora ler e pensar no sorrisão que você terá em 2018?   Aparelho Ortodôntico Um dos tratamentos mais evitados por muita gente, justamente por ser a velha história de “colocar ferro” na boca, a Ortodontia é uma área da Odontologia que vai além da estética. Mais do que alinhamento dos dentes e arcadas, ajuste na mastigação e fala, o aparelho ortodôntico significa modo de sobrevivência em alguns casos. E para quem não quer ficar com o sorriso metálico por um tempo, opção para se sentir mais confortável é o que não falta: tem o aparelho transparente, aparelho autoligado e até o invisível.   Clareamento Dental Sorriso de celebridade, no tom daqueles dentes branquinhos e certinhos. Muita gente tem procurado fazer e a Mr. Clean não fica de fora em proporcionar um clareamento dental de alta qualidade. Optando pelo método feito em casa com a moldeira ou feito o clareamento a laser na própria clínica (o dentista é a pessoa certa para falar qual opção é a melhor), os pacientes estão adorando os efeitos do sorriso branco que têm ganhado, se sentem até mais jovens!   Lentes de contato para os dentes Aquela lógica da lente de olho que corrige o grau do problema de vista...
CUIDAR DOS DENTES AJUDA NOS EXERCÍCIOS FÍSICOS

CUIDAR DOS DENTES AJUDA NOS EXERCÍCIOS FÍSICOS

O título do texto de hoje parece chamada sensacionalista. Mas não é, ele realmente fala de algo real. É que muitas pessoas não associam o fato da saúde bucal interferir na saúde corporal, logo, no desempenho de uma pessoa na hora dela praticar atividades físicas. Vamos explicar, nas linhas adiante, mais sobre o tema.   Como a saúde bucal interfere no treino Estudos comprovam que caso um atleta possua problemas bucais, seu rendimento reduz em até 21%. Seja você um atleta profissional ou não, sua saúde bucal também interfere no exercício físico. Por exemplo, quem tem as arcadas dentárias desalinhadas (má-oclusão dental), não aproveita direito a energia dos alimentos durante a mastigação, além de respirar pela boca e ter dificuldade na hora do esforço físico. Outros problemas bucais afetam o rendimento na hora de praticar atividade física, como as desordens na ATM (articulação têmporo-mandibular); alterações gengivais ou periodontais; cáries dentre outros casos. Por isso é preciso consultar um dentista, imagina você com foco total nos treinos e ficando prejudicado por desordens na boca e dentes? É exigir demais de você sem necessidade. Certas doenças são mais susceptíveis de um atleta que não se preocupa com a saúde bucal ter. São enfermidades que podem estar diretamente relacionadas aos órgãos do corpo: a endocardite bacteriana (quando alguma bactéria presente na cavidade bucal devido desordens gengivais ou periodontais, cai na corrente sanguínea, podendo ir parar no coração); reumatismo ou problemas nas articulações do corpo.   Atenção para quem tem o hábito de treinar Seja você um atleta frequente ou não, todo cuidado é pouco. Da mesma forma que você se preocupa com...
5 ATITUDES PARA PERDER O MEDO DE IR AO DENTISTA

5 ATITUDES PARA PERDER O MEDO DE IR AO DENTISTA

Estudos comprovam, as pessoas que têm medo de ir ao dentista infelizmente possuem uma saúde bucal ruim. Isto porque o que era um simples desconforto acaba se tornando uma cárie, uma inflamação grave e o desequilíbrio só aumenta. Sendo medo ou fobia, não importa o grau do receio, a visita ao dentista é muito importante para a saúde da boca e do restante do corpo. Vamos aprender algumas medidas para quebrar essas barreiras?   Descubra qual é a raiz do problema Alguns pacientes não conseguem entrar no consultório, outros não suportam o som do “motorzinho” ou a possibilidade de sentir dor. O importante é descobrir o motivo: são as coisas que as pessoas falam que assustam; é uma experiência antiga ou trauma de infância; o que incomoda e causa tanto desconforto? Conversar com familiares, amigos ou até mesmo um psicólogo é uma opção que pode ajudar.   Encontre um profissional que transmita confiança Ache um dentista que te deixe à vontade e tranquilo. Pegue indicações de bons profissionais e veja se o perfil deles te atende. Se quiser, leve alguém que você tem intimidade (amigo, parente) pra te acompanhar nas primeiras consultas, ajuda saber que esta pessoa está na sala de espera. E na primeira consulta apenas converse: diga quais são seus medos e inseguranças, é preciso que o profissional te conheça.   Combine um sistema de comunicação com o dentista O profissional precisa entender e respeitar seu comportamento, como você costuma reagir (afinal, a boca é uma parte do corpo muito delicada). Combine com o dentista alguns sinais para você indicar se sentir dor ou incômodo, como levantar...
Página 1 de 1712345678...Última »