(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
A RELAÇÃO DA SAÚDE EMOCIONAL COM A SAÚDE BUCAL

A RELAÇÃO DA SAÚDE EMOCIONAL COM A SAÚDE BUCAL

Tem hora que ao atendermos pacientes reclamando de alguma dor de dente, coincide deles falarem que haviam passado por um momento de estresse emocional horas antes do dente começar a doer. Ou que a rotina está muito puxada. Qualquer que seja o motivo, se ele está ligado à saúde emocional de uma pessoa, com certeza o desequilíbrio desta saúde pode afetar a saúde bucal. Nas próximas linhas a gente te explica. Entendendo um pouco o que acontece Não só na cavidade bucal, mas como em qualquer outra parte do corpo humano, os desequilíbrios psicológicos podem afetar as inconstâncias físicas, e o reverso também é possível. Se uma pessoa passa por estresse constante, o corpo dela estará liberando hormônios (hidrocortisona e cortisol), além de adrenalina. São substâncias que regulam o sistema imunológico, gerando efeitos pró-inflamatórios. Quando estes efeitos se juntam com uma má higiene bucal, o resto da história você já imagina um pouco, né.   O que o estresse pode causar na saúde bucal De um simples e passageiro inchaço a desconfortos mais graves, a saúde oral de uma pessoa que tem passado por estresse constante é coloca em cheque. Doenças periodontais, bruxismo (que pode desencadear enxaquecas, cefaléia e desgastes dos dentes), halitose, aftas, cáries e vários outros incômodos estão susceptíveis a surgirem. Isso sem falar quando o indivíduo necessita se medicar para combater o desequilíbrio emocional (casos de depressão, por exemplo) e os remédios afetam a produção de saliva, favorecendo a gengivite.   Como proceder para cuidar das duas saúdes Viver nos dias de hoje totalmente longe do estresse é algo complicado, a gente sabe. Ainda mais que...
DISTÚRBIO DO SONO EM CRIANÇAS

DISTÚRBIO DO SONO EM CRIANÇAS

Com o início do segundo semestre letivo do ano, o acompanhamento do desempenho escolar das crianças e adolescentes pode levantar questões sobre a capacidade de concentração deles. Um ponto a ser verificado pelos pais e responsáveis, com o auxílio de uma equipe médica específica (incluindo dentista), é se eles sofrem com o distúrbio do sono. Não sabe o que é este desequilíbrio? Vem que a gente te explica agora.   Entenda o distúrbio que não é a TDAH A dificuldade de aprendizado que culmina em notas baixas na escola pode estar intimamente ligada às alterações fisiológicas do jovem, como a respiração bucal e a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS). Nem sempre será o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Para se ter o diagnóstico e tratamento corretos, é necessário consultar o dentista, otorrinolaringologista e psiquiatra. Como os sintomas da SAOS e TDAH são parecidos, mais um motivo para procurar uma equipe médica.   As causas da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono Nas crianças, é comum ocorrer a hipertrofia da adenóide e amígdalas, sendo esta a causa maior que gera a SAOS. Explicando resumidamente, a apnéia afeta o oxigênio sanguíneo durante o sono, gerando sonolência diurna e impedindo estímulos cognitivos no crescimento cerebral. O dentista é o profissional que irá sugerir um diagnóstico (por anamnese, análise do padrão esqueletal e arcada dentária, tipo de respiração), porém o diagnóstico oficial precisa ser dado por um otorrino.   Principais sintomas Sono agitado, respiração bucal (quando respira pela boca e não pelo nariz) e ronco noturno são os sintomas mais recorrentes. O fato do indivíduo não dormir bem...
TRANSFORME SEU SORRISO NESTE SEMESTRE

TRANSFORME SEU SORRISO NESTE SEMESTRE

Quando falamos que o sorriso influencia no bem-estar de uma pessoa não é exagero. Mesmo que a personalidade de alguém seja de não sorrir muito, caso ela abra a boca para exprimir alegria ou graça e tenha algum desequilíbrio no sorriso dela, esta pessoa irá se sentir mal pois os outros vão reparar. É isto que acreditamos: o sorriso como cartão de visitas na imagem pessoal. Se você deseja melhorar o seu, se liga nas dicas a seguir.   Há uma necessidade ou vontade? Vamos direto ao ponto: você quer ou você precisa transformar o seu sorriso? Aqui na Mr. Clean gostamos de conversar com o paciente sobre todos os pontos que influenciam na saúde bucal (tanto em termos vitais quanto estéticos) dele. Nós o ajudamos a interpretar o momento de vida, que está ligado à faixa etária, para saber o que pode e deve ser feito. Atendemos pacientes de todas as idades: desde o bebê que caiu de boca no chão e quebrou o dentinho; ao adolescente que vai tirar o dente siso para depois colocar o aparelho ortodôntico; ou ao idoso que precisa trocar a prótese dentária ou colocar implante para melhorar a mastigação. Nosso compromisso é com sua saúde bucal e geral.   Tipos de tratamentos estéticos Graças a Deus e aos cientistas que não param seus estudos nunca, a Odontologia evoluiu e continua a progredir rumo ao bem-estar e conforto do ser humano. Para mudar um sorriso de uma pessoa, hoje existem tratamentos para todas as idades (alguns específicos à faixa etária, claro) capazes de alinhar e equilibrar o sorriso de uma pessoa. O que...
CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

As férias escolares acabaram e a rotina dos mais novos volta esta semana com tudo! O que não pode ficar de fora no volta às aulas é também a higiene bucal das crianças e adolescentes (aos que não a deixaram de lado, parabéns!). A seguir vamos dar alguns macetes para facilitar a retomada do hábito, afinal a saúde bucal não é menos importante que higiene corporal, alimentação, sono, estudos, esporte ou diversão.   Deixe o kit de higiene bucal do seu filho sempre completo É bom que o kit bucal tenha todos os aparatos necessários. A escova de dentes deve ser escolhida de acordo com a idade, existem modelos para bebês e crianças. As cerdas devem ser macias e finas, a cabeça pequena e circular (para alcançar os espaços estreitos da arcada), o cabo emborrachado para que a escova não escorregue da mão. E vale a pena confirmar com o dentista o período ideal de troca da mesma. Sobre o creme dental, existem os personalizados. Tem os com embalagem temática (assim como as escovas, tem do personagem preferido da criançada) e gostinho de infância (sabor tuti frutti). Fique atento se a pasta dental possui quantidade menor de flúor. E não se esqueça do fio dental: quanto mais cedo a criança usar, mais fácil dela criar este hábito. Compre o modelo simples com ação anti-cáries, assim previne as bactérias cariogênicas que são tão comuns na infância.   Explique para seu filho a importância de escovar os dentes Ensine aos pequenos que uma pessoa que não escova os dentes direito pode sofrer com doenças graves, de cáries a desequilíbrios na saúde...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por isso hoje falaremos de algumas doenças que podem ser identificadas pelo médico dos dentes.   A saúde bucal reflete a saúde geral, e vice-versa Ao sentar na cadeira do dentista o paciente abre a boca e tem sua saúde como um todo diagnosticada. Como é comum as manifestações bucais aparecerem antes de sintomas característicos das doenças, a orientação do dentista de procurar um especialista acaba sendo uma medida preventiva. Buscando ajuda médica desde cedo, a probabilidade de um tratamento mais eficiente e de cura se elevam.   Algumas doenças vistas pelo dentista O número de enfermidades que um dentista consegue ver pela boca é grande e aqui vamos citar algumas para você saber. Entram na lista: aids, bulimia, câncer (vários tipos malignos), cirrose hepática, diabetes, papilomavírus humano (HPV), osteoporose, refluxo estomacal, clamídia, sífilis, gonorreia. Ter conhecimento da possibilidade de existência dessas doenças (algumas delas são graves) não é para gerar preocupações desnecessárias, mas sim a prevenção e o tratamento a tempo.   A vantagem de usar a câmera intra-oral Em algumas clínicas odontológicas a análise da saúde bucal do paciente é realizada utilizando uma câmera intra-oral, como é o caso da Mr. Clean. Aqui nós gostamos de usar a câmera...
Página 2 de 1712345678...Última »