(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

Bichectomia

Os sacos ou bolas Bichat são dois grupos bem definidos de tecido gorduroso, localizados em cada bochecha, logo abaixo das maçãs do rosto e diretamente relacionados ao músculo bucinador, que auxilia na mastigação.

Os sacos de Bichat não têm nenhuma função específica além de dar volume à região da bochecha e podem ter tamanhos muito diferentes dependendo das características de cada indivíduo.

Na infância, esses depósitos de gordura geralmente têm um volume maior, criando o contorno facial oval e arredondado, típico de um bebê ou criança.

Ao longo dos anos, esse tecido adiposo começa a encolher lentamente. Contanto, a diminuição do volume varia em grau de pessoa para pessoa.

Geralmente em pessoas que têm contornos faciais mais arredondados, com bochechas proeminentes e maçãs do rosto mal-definidas, os sacos Bichat não diminuem com o tempo, deixando uma aparência sempre protuberante.

A bichectomia é uma alternativa a esse fenômeno e é uma boa opção para esse grupo de pacientes.

Qualquer adulto em boa saúde que não esteja satisfeito com o efeito protuberante de suas bochechas, e que busque mais definição, harmonia e beleza em suas características faciais. O cirurgião deve avaliar cada caso individual, fornecendo informações detalhadas e uma cotação.

A ressecção dos sacos de Bichat, ou remoção de tecido adiposo bucal, como é tecnicamente conhecida, é um procedimento cirúrgico adequado tanto para homens quanto para mulheres, usado para retirada total ou parcial das bolsas.

É removido permanentemente através de uma pequena incisão de 1 a 1,5cm na membrana mucosa da boca (no interior de cada bochecha), não deixando cicatrizes visíveis e causando o mínimo de desconforto ao paciente.

O procedimento leva aproximadamente 45 minutos e é realizado sob anestesia local (também pode ser realizado juntamente com outros procedimentos de cirurgia plástica).

A cirurgia não é dolorosa enquanto está sendo realizada, nem depois. Logo, isso não impede que você realize suas atividades diárias ou trabalho. É bastante segura e com riscos baixíssimos de complicações. Os resultados podem ser vistos a partir da primeira semana após a cirurgia e são permanentes.

A recuperação é rápida e com pouco desconforto. O paciente pode experimentar inflamação leve na área interna das bochechas e dor mínima ao comer ou mastigar durante os primeiros dias após a cirurgia.

Em raras ocasiões, equimoses ou hematomas podem aparecer na parte inferior das bochechas. Portanto, a aplicação de gelo na área é recomendada durante os dois primeiros dias.

Os pacientes devem manter uma dieta simples e evitar qualquer atividade física de alta intensidade que possa causar um aumento na temperatura ou exposição ao sol durante a primeira semana.

Medicamentos como analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos ou protetores gástricos podem ser prescritos durante o pós operatório. Os pontos geralmente saem por conta própria.

A bichectomia geralmente consegue reduzir o volume da bochecha, tornando as maçãs do rosto e a linha da mandíbula mais proeminentes. Isso gera uma melhora do contorno facial, reduzindo o tamanho da face e levando mais harmonia à fisionomia da pessoa.