(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
SORRISOS BRANCOS E APAIXONADOS

SORRISOS BRANCOS E APAIXONADOS

Na semana dos Namorados, resolvemos falar sobre amor. Não, espera, vamos falar sobre os sorrisos que o amor provoca. Todo indivíduo apaixonado sai por aí sorrindo à toa, espalhando alegria, num é mesmo? Agora imagine quando essa pessoa tem um sorriso branco? Ela sorri ainda mais, segura de si e atraindo olhares e outros sorrisos. O amor está no ar e os sorrisos com dentes brancos estão aqui no blog dessa semana, vem ver.   Todo mundo ama dentes brancos   Você, seu amor, e as pessoas à sua volta que interagem com você também gostam de ver um sorriso com dentes branquinhos, clareados, que dão gosto de observar. Quem tem o sorriso branco não sente medo de se expressar nas atividades rotineiras, em eventos ou em apresentações em público. Portanto, dentes bonitos elevam a autoestima, o amor próprio.   Em compromisso com um sorriso bonito   E também com todas as outras oportunidades que você pode viver, inclusive ao lado do seu amor. Um sorriso branco e saudável torna tudo mais fácil, causa boa impressão, faz bem para você e para seus relacionamentos (amorosos, profissionais, de amizade, familiares). Porque ter uma higiene bucal correta não é garantia de sorriso branco, com o passar dos anos alguns fatores influenciam na cor dos dentes (genética, medicação, problemas de canal, certas bebidas e alimentos ingeridos).   O amor requer cuidados, assim como o sorriso   O tratamento mais efetivo e seguro de clareamento é prescrito por dentistas, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) determina. Cada caso de pessoa que deseja clarear os dentes precisa ser avaliado por um profissional...
5 CUIDADOS QUE FAZEM O CLAREAMENTO DENTAL DURAR

5 CUIDADOS QUE FAZEM O CLAREAMENTO DENTAL DURAR

Sorriso branco é bom e todo mundo gosta, mas exige cuidados. Mesmo quem já fez clareamento dental precisa ajustar a rotina, afinal quanto mais zelo a pessoa tiver com os dentes, maior será a duração do tratamento. Então acompanhe a seguir os 5 passos que são primordiais para seu sorriso ser sempre bonito e branquinho. 1- Saiba escolher a alimentação ideal Evite alimentos de cor escura, como beterraba, açaí, suco de uva, mirtilo, bebidas à base de cafeína (café, chás, refrigerantes), vinho tinto, molho de soja ou catchup. Se for ingerir algo assim, use canudinho (para evitar o contato com os dentes) e higienize a boca logo em seguida. 2- Não fume Estudos indicam que a nicotina e a fumaça do cigarro afetam o esmalte e as estruturas dentais da arcada. O famoso sorriso amarelo que denuncia quando alguém é fumante vem deste processo que ocorre. Porque não compensa investir no clareamento para depois fumar e perder o efeito, compensa? 3- Tenha atenção redobrada com a pasta e o enxaguante Certos cremes dentais que “branqueam” o sorriso não devem ser usados por muito tempo, eles são abrasivos e podem desgastar os dentes enquanto removem os pigmentos. Evite pasta dental colorida demais por causa dos corantes (alguns enxaguantes bucais também são assim), o que acaba por manchar os dentes. 4- Acerte na escolha da escova dental Investir na escova de qualidade e que seja anatômica de acordo com o tamanho e formato dos dentes, é essencial. Isso porque a escova dental com cerdas macias e cabeça arredondada para alcançar os lugares mais escondidos da boca impedirá que alimentos corantes fiquem...
O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

Os dias de folia estão se aproximando e a contagem regressiva para o descanso e diversão já começou, a gente sabe. O que nem todo mundo sabe é que a famosa azaração, clima de paquera e “ficadas” (como dizem os jovens), o “beijar muito”, é um comportamento que pode ter algumas consequências inesperadas para a saúde bucal e até corporal. Sem querer privar ninguém da folia, mas sem também não deixar de aconselhar, seguem nossas orientações.   É o beijo que transmite doenças? Não, definitivamente não é (inclusive, beijar mexe com os músculos da face, com os batimentos cardíacos, diminui o hormônio do estresse e tem outros benefícios para a saúde; beijar é bom, né gente?). Mas, como nem tudo na vida são flores, o beijo é nada mais que uma troca de salivas. Se alguma das pessoas estiverem com vírus ou bactérias presentes na saliva, irá acabar contaminando a outra pessoa que não tem nada.   Principais doenças transmitidas pelo beijo Na possibilidade de contaminação de vírus, bactérias ou fungos pela saliva trocada durante o beijo, a gente torce para que a imunidade da pessoa infectada esteja alta e combata o ser estranho. Caso o micro-organismo vença a “batalha” contra nossas células de autodefesa, certas doenças podem se desenvolver na pessoa, como herpes labial, cárie, mononucleose, HPV, meningite, sífilis, hepatite A, candidíase, gripes ou resfriados, catapora, caxumba dentre outras.   Mononucleose, a “doença do beijo” Sem deixar de lado as doenças citadas, vamos falar um pouco mais da mononucleose, enfermidade que tem sido registrada com maior frequência e merece uma atenção a mais. Como dito, ela é contagiosa,...
SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

Parodiando nosso ilustre Vinícius de Moraes, o texto de hoje começa com a seguinte reflexão: “nos perdoem as pessoas sérias, mas um sorriso no rosto é fundamental”. Carregar um sorriso no rosto faz toda a diferença no convívio social, seja em casa, na rua ou no trabalho, não é mesmo? Em qualquer idade, crianças, adolescentes e adultos são sempre bem vistos quando têm em sua fisionomia um belo sorriso, às vezes até capaz de encantar os demais. Infelizmente algumas pessoas possuem total vergonha em sorrir por causa de motivos estéticos dos dentes, ou são muitos tortos, ou a gengiva é exagerada, ou as “canjicas” são amarelas, tudo vira motivo para evitar o sorriso ou então para colocar a mão e esconder a boca na hora de rir. O ruim destas histórias de “sorrisos contidos” é que muitas pessoas deixam de expressar o que estão sentindo e que é uma das melhores sensações de se ter no mundo: a felicidade. Outro ponto negativo relacionado a um sorriso irregular são os obstáculos que podem surgir na carreira profissional de uma pessoa. Como as empresas avaliam muito a imagem do candidato à vaga, ter um sorriso que demonstra saúde, alegria e beleza é um grande diferencial na hora de ser contratado. Sem falar nos trabalhadores que lidam direto com o público e precisam sorrir para os clientes, a boa apresentação é um cartão de visitas deles. ­A busca por uma carreira de sucesso é marcada sim por um grande e belo sorriso, todos sabemos das histórias de celebridades (atrizes, atores, jogadores de futebol) que se renderam a este investimento. Um terceiro ponto...
Avós cuidadores. Amor preventivo

Avós cuidadores. Amor preventivo

As exigências cada vez maiores na luta pela sobrevivência, e a premente necessidade de buscar o mínimo de qualidade de vida para suas famílias, os pais muitas vezes se vêm obrigados a recorrer à ajuda abençoada dos avós. E estes fazem em sua grande maioria o papel de educadores. Frequentemente os problemas odontológicos na primeira infância, são oriundos de falta de informação e maus hábitos praticados no passado. Relatamos aqui alguns alertas que vão contribuir sobre maneira na preservação da saúde bucal e integral dos menores. Aqui seguem algumas dicas interessantes: – No sétimo mês de gestação são formados o paladar e a gustação do bebê, se a mãe gostar de guloseimas com certeza o bebê também vai gostar. – As radiografias deverão ser evitadas nos primeiros meses. – O bico poderá ser usado como acalento nos primeiros meses, mas nunca como tapa boca. – Se precisar usar o bico para adormecer, o ideal é que retire assim que o bebê dormir. – A sucção do dedo deve ser evitada. E neste caso vale a brincadeira: é bem mais fácil tirar um bico do que cortar um dedo. – O leite materno é único e o mais rico alimento nos primeiros seis meses de vida do bebê. – Recomenda-se o uso de mamadeiras com o bico anatômico, ortodôntico. – Se for adotado o uso do bico, este também deve seguir a mesma linha anatômica da mamadeira. – O início da dentição pode causar irritação, dor, agitação durante o sono, coceiras pelo corpo, salivação aumentada, diarreia e febre baixa. – A cárie é uma doença transmissível, que pode e deve...
VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

Vamos pra balada, pura energia e animação. Solteiros, na pista, beijar muuuuito é a meta da maioria. Sem compromisso tudo é diversão. A nossa saliva é um dos fluídos corporais mais complexos, responsável pela lubrificação e proteção de toda cavidade bucal, auxilia na mastigação, deglutição, fala, beijo e começo da digestão. Controla os níveis de água no organismo, reduz a acidez da boca, previne cáries e enfermidades. Poderosa essa tal de saliva sobre a qual pouco sabemos. Usada até pra curas na crendice popular, a saliva contém uma enzima chamada lisozima, que é bactericida e cicatrizante, por isso os animais lambem suas feridas pra cicatrizar. Mas, ela não é capaz de barrar a transmissão da Mononucleose causada pelo vírus Epstein-Barr (VEB), que é mais comum na população jovem, de 15 a 25 anos. A chamada “FEBRE DO BEIJO” é real, tem sintomas parecidos com problemas respiratórios de inverno, febre alta, dor de garganta, fadiga, inchaço dos gânglios linfáticos, tosse, perda de apetite, inflamação do fígado, hipertrofia do baço e seu rompimento, em casos mais graves. As duas últimas podem trazer sérias complicações se não for diagnosticada e tratada adequadamente. O vírus de Epstein-Barr(mononucleose) tem sido relacionado, também, com o linfoma de Burkitt e alguns tipos de câncer de nariz ou garganta. Se você está infectado, pode ajudar a prevenir a propagação do vírus para outras pessoas: • Evite beijar o parceiro ou parceira • Não compartilhe alimentos, pratos, copos e outros utensílios por até vários dias após cessar os sintomas. O vírus Epstein-Barr pode persistir em sua saliva durante meses após a infecção. Não existe vacina para prevenir a...