(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG
Guia Definitivo: Tudo o que você precisa saber sobre DTM

Guia Definitivo: Tudo o que você precisa saber sobre DTM

Uma disfunção pouco falada entre as pessoas e que causa sintomas de forma “silenciosa” é a DTM/DOF. Para que você e sua família fiquem inteirados do assunto e cuidem ainda mais da saúde bucal e corporal, preparamos este guia sobre a disfunção. Leia e se cuide! O que é DTM/DOF A sigla DTM significa Disfunção Temporomandibular e a sigla DOF significa Dor Orofacial. Ambas se referem às alterações funcionais que uma pessoa pode ter na musculatura da face responsável pela mastigação e também na articulação temporomandibular (chamada de ATM) que fica entre a mandíbula e o crânio, antes da orelha. São então sinais e sintomas as cefaleias (principalmente ao acordar), dificuldade de mastigar, dor na musculatura do rosto, qualidade do sono comprometida e até dor de ouvido. Certas pessoas relatam que já levantam pela manhã com dores na face ou na cabeça e não associam ao fato de terem (inconscientemente) pressionado os dentes durante a noite. Quais são as principais causas Esta disfunção não possui uma causa específica, entretanto certos hábitos predispõem seu desenvolvimento, como herança genética, estresse, depressão, postura do corpo, modo como se apoia a mão na mandíbula, roer unhas em excesso, apertar de forma inconsciente os dentes. São três os tipos de DTM: muscular (quando há tensão na musculatura do sistema mastigatório); articular (sobrecarga na articulação, trauma ou doença degenerativa); mista (une os distúrbios musculares e articulares). Em quem é mais frequente Geralmente a disfunção temporomandibular que leva a dor orofacial acomete adultos. Por causa do estado emocional de extremo estresse, como falamos anteriormente, hábitos prejudiciais (dormir de bruços, mastigar só de um lado da boca,...
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas de um dente sensível Primeiro é importante saber que esta não é a mesma sensibilidade quando se faz um clareamento dentário (tratamento estético que branqueia os dentes), ok? A hipersensibilidade dental pode ocorrer devido a fatores como cárie dentária ou doenças gengivais, situações em que são tratadas e os incômodos somem ao longo do tratamento. Já a maioria dos casos de dentes sensíveis é porque a parte mais macia e interna do dente, a dentina, fica exposta a estímulos externos (algo muito frio ou muito quente) que ativam os nervos do centro do dente, gerando uma dor aguda breve. Alimentos e bebidas altamente ácidos, uso de escovas duras ou escovação muito forte, retração da gengiva que deixa a raiz do dente mais exposta, bulimia ou refluxo gastroesofágico são fatores que predispõem a exposição da dentina.   Os tratamentos existentes Ao sentir que os dentes estão mais sensíveis, é importante procurar um dentista para ele avaliar a causa real (como dissemos, excluir a possibilidade de cárie ou doença gengival). Dependendo do quadro clínico, o profissional vai orientar procedimentos na rotina do paciente para resolver o problema: usar uma escova de cerdas macias, uma pasta de dente própria para a sensibilidade dos...
POR QUE TER DENTES LIVRES DO BRUXISMO

POR QUE TER DENTES LIVRES DO BRUXISMO

Um distúrbio odontológico que ainda acomete milhares de pessoas em todos os países é o Bruxismo. Diferente do que muitos creem ser, somente a dor nos dentes ou dores de cabeça e mandíbula, ele pode ter consequências sérias se não for tratado da maneira que precisa, aumentando ainda mais a “dor de cabeça” do paciente, no sentido figurado da expressão. Então se informe melhor com este texto e oriente seus amigos.   As características do Bruxismo Considerado pela Odontologia e Medicina como um hábito parafuncional (afinal o paciente não percebe que está com a alteração comportamental, justamente por estar dormindo), o Bruxismo provoca o ranger rítmico dos dentes (pode ocorrer também de dia, mas é raro). Sua causa está diretamente ligada ao nível de estresse que o indivíduo está sofrendo, seja pressão no trabalho, familiar, social ou até pessoal (uma pessoa que se cobra demais e não vive bem). Tem pessoas que não sabem que possuem (não tiveram o hábito inconsciente notado por alguém) e só descobrem em uma avaliação ou exame odontológicos de rotina. Todo Bruxismo é um apertamento dentário, entretanto têm pessoas que possuem todos os sintomas do Bruxismo, então sofrem com o apertamento dentário, mas não rangem e desgastam os dentes.   Por que é necessário tratar O motivo de tratar o Bruxismo se refere justamente aos sintomas que ele provoca: uma pessoa que está estressada e com Bruxismo, acaba se estressando mais ainda com os sintomas que ele causa. Ranger de dentes (o que deixa-os desgastados e até com o esmalte afetado); dor na musculatura ao abrir e fechar a boca; forte apertar sentido nos...
TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria, né?   Desconfortos na boca e nos dentes em dias frios A boca possui temperatura constante de 36ºC a 38ºC e no inverno a temperatura do ambiente cai bastante, atingindo 10ºC. Este fenômeno, chamado inversão térmica, pode gerar incômodos. As pessoas que não estão com lesão ou trauma nos dentes talvez sintam uma sensibilidade maior a ponto de terem que usar cremes dentais específicos. Quem está com algum tipo de problema bucal tem mais chance de sofrer com o frio, afinal a tendência é que a temperatura baixa aumente os sintomas. Outras sensações comuns da época são quanto aos resfriados, gripes e sinusites que deixam a boca ressecada durante o sono – as sinusites podem provocar dores nos molares e pré-molares devido à possibilidade da inflamação atingir os seios maxilares, onde ficam estes dentes.   Cuidados com a saúde bucal no inverno O ideal é não exagerar no consumo de certos tipos de bebidas e alimentos calóricos. Como o café, vinho e chás escuros possuem muitos pigmentos e geralmente são adoçados, eles costumam comprometer a saúde bucal (manchas, cáries, corrosão do esmalte e dores). Os carboidratos e chocolates também são os queridinhos da estação e também das cáries, devido ao...
APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

Dentre os caminhos atuais da odontologia estética, quem decide usar aparelho ortodôntico para transformar o sorriso acaba se deparando com as opções mais estéticas, além da metálica. Ao analisar qual tratamento é o que mais interessa o paciente, em comparação com o tradicional aparelho metálico, existem os métodos transparente ou invisível. Conhecer um pouco sobre cada um é o primeiro passo para a escolha certa.   Iguais nos objetivos, diferentes na estrutura Se você olha para um aparelho transparente e um aparelho invisível, é fácil notar as diferenças entre eles. Antes de falarmos dos aspectos divergentes, elencamos alguns pontos em comum. Ambos surgiram para deixar os dentes perfeitos, o sorriso alinhado e saudável. Eles proporcionam um efeito camuflagem: tem um aparelho corrigindo os dentes, mas quase não dá para notar isso. E é fato: eles são tratamentos que deixarão o sorriso do paciente mais bonito, elevando a autoestima do mesmo.   Transparente, mas com benefícios visíveis O tratamento ortodôntico transparente tem lá suas vantagens. Formado por peças que imitam a cor dos dentes, ele é um método mais próximo do aparelho fixo tradicional, devido à sua estrutura semelhante e rotina de cuidados. Como ele também é colado aos dentes, o ortodontista tem um controle maior de uso feito pelo paciente. Os bráquetes são transparentes, podem ser feitos nas opções policarbonato, cerâmica (porcelana) ou safira.  Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Aparelho Invisível   Invisível e com vantagens perceptíveis Já o aparelho invisível é a nova sensação entre as celebridades, justamente por ser um método ainda mais difícil de ser notado na boca. Formado por placas transparentes e flexíveis que...
O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

Começa com um leve incômodo em uma parte minúscula da boca. Aí esse desconforto evolui e de repente.. apareceu uma afta! Bom, as aftas não aparecem sem causa, uma mordida errada na bochecha ou lábios e o uso de aparelhos fixos também podem ocasionar seu aparecimento. Os fatores provocadores variam e merecem atenção, acompanhe a seguir.   Primeiro, o que é uma afta?   Também chamada de estomatite aftosa recorrente EAR), a afta é uma lesão (úlcera) oval esbranquiçada (ou amarelada) que pode surgir em qualquer parte da boca – língua, lábios, gengiva, garganta. As aftas não possuem pus, bactérias ou sinal de infecção; variam de tamanho e geralmente são bem dolorosas.   Quais são suas causas?   Variam, por isso é importante se informar. Tem hora que uma afta pode aparecer por causa que a pessoa ingeriu certos tipos de alimentos (veremos adiante quais); devido a deficiências de ferro e vitaminas no corpo (como B9, B6 ou B12); em virtude de estresse emocional ou traumas locais na boca (um machucadinho que virou afta); quando a pessoa sofre com distúrbios gastrointestinais (como doença celíaca, de Crohn).   As etapas de uma afta   O ciclo da estomatite aftosa recorrente, vulgo afta, não é definido, depende muito da resposta do organismo. Geralmente inicia com um desconforto na mucosa da boca que, de 24 a 48 horas depois, pode apresentar um ponto avermelhado. Se ela continuar a evoluir, seu núcleo fica esbranquiçado e ao amadurecer, a ferida surge no centro da lesão. É comum seu desaparecimento ocorrer em sete dias (sem tratamento algum).   Como tratar   Se a afta persistir...
Página 1 de 212