(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
A Felicidade e a Meia-Idade

A Felicidade e a Meia-Idade

A meia-idade é uma fase do ciclo vital que se estende, aproximadamente, dos 40 aos 60 anos. A princípio, a meia-idade é um período caracterizado por um movimento interno da pessoa para resumir e reavaliar a própria vida. Mesmo que esses “movimentos” não conduzam a qualquer mudança efetiva. Essa auto-avaliação não se refere apenas à busca por metas, mas também às satisfações interiores. Considerações em torno do que a pessoa conseguiu,e se essas conquistas estão de acordo com os sonhos e as idéias anteriormente alimentadas tornam-se, então, ponto principal nessa etapa da vida. As décadas que constituem a meia-idade podem vir a confirmar, ou não, os progressos profissionais, a estabilização das relações afetivas de modo geral e especialmente a conjugal. Similarmente, o indivíduo é levado a fazer considerações a respeito das conquistas impetradas na esfera cívica e socioeconômica da vida. Por tudo isso é que pode-se dizer que: a maturidade é o resultado final da progressão da dependência dos pais (infância), e dos pares (adolescência), para um nível de autonomia relativa (interdependência), com o estabelecimento de relações interdependentes na família, nos diversos grupos sociais e com o cônjuge. Ou seja, o propósito da meia-idade, como etapa do desenvolvimento psicológico, é o estabelecimento de relações nas quais há influência mútua sem perda da identidade; é a conquista do sentimento de ser uma pessoa individualizada por seus próprios desejos, anseios, valores, ambições e objetivos. Essas, são relações nas quais é clara a idéia de si mesmo e dos outros. Uma clara noção de si mesmo, em contraponto a noção do(s) outro(s), é o que possibilita que na meia idade reconheça-se a...
ANAMNESE, E O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PARA NÃO CORRER RISCOS DESNECESSÁRIOS

ANAMNESE, E O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PARA NÃO CORRER RISCOS DESNECESSÁRIOS

Anamnese: Esta palavra possui um significado muito importante para você cliente e para nós profissionais, pois é como podemos conhecer a sua saúde, suas particularidades, suas experiências anteriores em saúde e tratamentos. Através da anamnese tomamos conhecimento das informações particulares do paciente. Estas devem ser registradas pelos profissionais em suas fichas de consultório. Quem for alérgico ou sensível a qualquer substância deve quando em Anamnese referir ao seu profissional. Existem várias drogas que causam hipersensibilidade, por exemplo, a Penicilina, o AAS, o camarão etc. Se for portador de doenças crônicas (hipertensão, diabetes, etc.), estas informações devem ser passadas ao seu dentista antes de qualquer intervenção odontológica. ATENÇÃO: Você deve colocar em sua Carteira de Identidade escrita a máquina e colada com durex o nome da substância que você é sensível. Isto se deve, porque nas condições de perda de sentidos, em que haja a necessidade de atendimento em hospital, a primeira atitude é buscar identificar a vítima, neste momento o atendente tomaria conhecimento de sua especial característica de ser sensível a uma substância. Importante também é descrever doenças crônicas e se faz uso de algum medicamento. Deixar tudo isto bem claro e explícito junto à sua identidade, além do telefone de contato de pessoa próxima ou familiar, facilita e evita grandes transtornos ao seu...
Odontogeriatria: saúde, autoconfiança e bem estar dos Idosos

Odontogeriatria: saúde, autoconfiança e bem estar dos Idosos

Dados do Censo do IBGE, realizado no ano 2000, revelam que o número de idosos na população brasileira é de aproximadamente 15 milhões e vem crescendo rapidamente, sendo que a maioria deles está concentrada nas grandes metrópoles.Facilidades como locomoção, prestação de serviços de saúde e alimentação, entre outros, são fatores definidos por órgãos federais como essenciais para uma boa qualidade de vida e são oferecidos pelos grandes centros em quantidade e variedade. Baseado nesse crescimento populacional, os vários grupos de gestão em saúde começaram a focar a população senil no Brasil a exemplo dos sistemas e programas oferecidos em países considerados de primeiro mundo. A especialidade médica intitulada “Geriatria” tem como princípio básico a manutenção do funcionamento adequado do corpo de seus pacientes. Ou seja, através de alimentação, atividades esportivas equilibradas, programas periódicos de saúde, apoio social na inserção dessas pessoas no mercado de trabalho e exames, os ditos “vovôs e vovós” têm se tornado mais felizes e com elevada auto-estima. “os pacientes geriátricos possuem uma alta taxa de alterações de alguns sistemas do corpo humano” No entanto, somente esses fatores não são suficientes para uma qualidade de vida completa e digna. Por isso surgiu, há poucos anos, a especialidade odontológica que trata e cuida dessas pessoas, a Odontogeriatria. Entretanto, somente ela não é suficiente para uma abordagem completa dos casos, mas possui princípios semelhantes à Odontopediatria, especialidade odontológica que atende crianças. Estes fundamentos são: promoção de saúde bucal, reeducação de hábitos de higiene oral, controle dos fatores de risco de doenças, como cáries e periodontites. Entretanto, os pacientes geriátricos possuem uma alta taxa de alterações de alguns sistemas...
Ortodontia em Adultos

Ortodontia em Adultos

Por que mais adultos estão colocando aparelho ortodôntico? Como os aparelhos ortodônticos se tornaram menos volumosos e menos visíveis nos últimos anos, mais e mais adultos estão utilizando, por diversas razões. Alguns adultos querem corrigir problemas com seus dentes ou maxilares antes que eles causem danos maiores ou mais sérios. Outros querem melhorar a aparência, corrigindo problemas estéticos existentes há bastante tempo. Tenha sempre em mente que mesmo problemas “estéticos” podem causar danos reais com o passar do tempo. Dentes e maxilares que não estão alinhados adequadamente podem levar a desgaste prematuro, cárie dental avançada e doença gengival, necessitando dentaduras ou outras soluções reconstrutoras e até mesmo cirurgias mais extensas para corrigir problemas sérios. Novas técnicas, e o advento de aparelhos transparentes e menos perceptíveis, significam que adultos estão cada vez mais recorrendo aos aparelhos para corrigir: Espaços entre os dentes (diastemas) Dentes que se comprimem uns aos outros (apinhamento dental) Dentes desalinhados Sobremordidas Mordidas abertas Mordidas cruzadas Como posso saber se o aparelho ortodôntico para adultos está indicado para mim? Se você imagina que pode se beneficiar com um aparelho ortodôntico, peça ao seu dentista para lhe recomendar um ortodontista – dentista especializado em tratar dentes que não estão alinhados adequadamente. O ortodontista irá examinar seus dentes e, talvez, solicitar radiografias para estudar a estrutura óssea de suporte. Com base no que ele encontrar, um plano de tratamento será recomendado. Embora os aparelhos fixos sejam uma opção bastante comum para consertar dentes desalinhados, o ortodontista poderá lhe dizer se no seu caso seria melhor um aparelho removível, um aparelho extra-bucal ou ainda um outro tipo de...
É a hora e a vez dos idosos!

É a hora e a vez dos idosos!

Estamos vivendo numa era onde o número de idosos, de acordo com dados estatísticos de divervas instituições idôneas do país, está caminhando para a casa dos 30% da população. Fatos como doenças sob controle, avanço da ciência e melhor qualidade de vida são o bastante para garantir uma média de vida em torno de 100 anos. E aí? Isso é bom ou mau? Depende. Podemos ver sob dois ângulos: primeiro – seguindo os velhos conceitos, podemos nos entregar e nos conformar com padrões de velhice impostos a uma geração, onde é ressaltada a inutilidade, decrepitude e descaso. Diante disto só nos resta mesmo é esperar a morte chegar. Segundo – com uma bagagem repleta de experiências, erros, acertos, virtudes e sobretudo maturidade, adquiridos ao longo da jornada, por quê não se sentir capaz de compartilhar tanto aprendizado com quem ainda está na árdua caminhada da conquista de seus objetivos? O nosso planeta está passando por grandes mudanças, a consciência da humanidade está mais desperta, o senso de responsabilidade individual diante do todo, da unidade, está cada vez mais evidente. Precisamos soltar a voz, doar, ofertar, vibrar, sermos multiplicadores do nosso melhor, sair da inércia que muitos de nós se encontram. Canais de comunicação, de várias segmentações, estão aí abertos, espaços disponíveis para dizermos o que pensamos, falar de nossos anseios, de nossas conquistas. Revistas, tvs, internet, enfim… Meios de divulgação e interação com o mundo todo. O momento em que vivemos está propício para repensarmos nas relações reais, sobrepujando as virtuais. Um grande número de jovens já não acham a rede digital tão atraente, estão em busca de algo...
Escova de dente elétrica é melhor para higiene bucal?

Escova de dente elétrica é melhor para higiene bucal?

Imagine que seu dentista tem a chance de se infiltrar no banheiro e ver como você escova os dentes. E aí, ficou vermelho de vergonha? Se você é do tipo que acha um saco passar fio dental e recorre a tudo quanto é artimanha para apressar a higiene bucal, está na hora de dividir melhor o tempo. Isso porque, no quesito sorriso brilhante, a tecnologia conta pouco. As escovas elétricas são melhores? Nenhuma escova faz a limpeza sozinha. É preciso treinar o posicionamento correto e aprender a passar as cerdas por todas as superfícies dentais que ficam expostas. A remoção da placa acontece com movimentos pacientes e suaves, que não machucam as gengivas. Qual o melhor tipo de escova? As macias, de cabeça pequena. Elas causam menos danos à gengiva e alcançam os dentes de trás (chamados molares) com mais facilidade. Para limpar no fundo, os melhores movimentos realmente são os de vai-e-vem, porque conseguem tirar com mais eficiência a placa bacteriana e os restos de comida. O limpador de línguas é realmente importante? Sim, ele deve ser usado diariamente, porque retira camadas de sujeira que a escova dental não consegue. A maneira correta de usá-lo é arrastá-lo suavemente da parte posterior para a anterior da língua, antes da escovação. Basta fazer isso uma vez, à noite. As pastas de dentes abrasivas são melhores do que as convencionais? Se os cuidados com a higiene fossem frequentes, corretos e disciplinados, esse tipo de produto não teria utilidade. Como a maioria das pessoas acaba relaxando e não escova os dentes após todas as refeições, os cremes abrasivos servem de apoio na...
Página 4 de 6123456