(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

O aleitamento materno é um hábito vital para o recém-nascido, saiba os porquês   Falar sobre a saúde bucal dos bebês é um assunto que amamos, e por isso vamos falar da importância da amamentação no desenvolvimento do rostinho deles. Por incrível que pareça, quando o bebê se alimenta do leite materno diretamente no seio da mãe, ele está contribuindo para a formação de sua própria face. Olha só que interessante.   Benefícios gerais da amamentação   São diversos os benefícios que ela gera, como desenvolvimento do sistema imunológico do bebê (evitando alergias, anemia, doenças futuras, cólicas) assim como da mãe (o risco de câncer de mama é diminuído), aumento do laço afetivo. Queremos dar destaque para o estímulo que este hábito provoca no crescimento e desenvolvimento correto da musculatura oral do bebê. Ou seja, todo a formação facial é aprimorada pelo aleitamento materno, inclusive o desenvolvimento da fala. Fantástico, não é?   Aleitamento materno é um exercício para o bebê   Ao mamar diretamente no seio materno, o bebê faz a primeira ginástica facial que lhe é capaz, o que estimula corretamente os ossos do rostinho dele. Desta forma a face e a dentição crescem em harmonia, facilitando uma boa oclusão dos dentes (o que evita a necessidade de tratamentos ortodônticos e extrações no futuro). Já o bebê que só se alimenta pela mamadeira a oclusão e posicionamento dentário não serão bons, afetando o crescimento dos dentes de leite e dos permanentes.   Bebês preparados para a mastigação   O movimento de sucção do leite materno é um preparo para quando o bebê tiver que se alimentar de...
CÁRIE, AQUELA QUE ESTÁ NA BOCA DO POVO

CÁRIE, AQUELA QUE ESTÁ NA BOCA DO POVO

ENTENDA E APRENDA AGORA COMO SE PREVENIR DESSA DOENÇA Um dos alertas que todos nós ouvimos falar desde a infância é sobre a terrível cárie. Os pais ensinam aos filhos que escovar os dentes é importante para ‘não dar cárie’, e que comer muitos doces também favorece a doença. Pois bem, para que você e sua família saibam um pouco mais sobre essa vilã da saúde bucal, confira a seguir algumas informações importantes. Muito cuidado, pois ela é uma doença Aos que acreditam que é exagero, calma-lá: a cárie é uma doença causada por bactérias que vivem na boca. Caso o paciente não a trate, ela pode destruir o dente (um ou mais deles), alcançar a polpa (o nervo do dente) e virar um abcesso, que já é a infecção na ponta da raiz do dente. O abscesso é tratado fazendo canal, cirurgia ou até a extração do dente. É sério pessoal, a cárie pode evoluir para complicações super doloridas e perigosas para a saúde. O que provoca a cárie Quando nos alimentamos, seja por refeições sólidas, pastosas ou líquidas (exceto água pura própria para beber), acabamos por sujar a boca. E as bactérias que vivem em nossa boca sobrevivem dos restos de alimentos que encontram, transformando (principalmente o açúcar e amido) em ácidos. São exatamente estes ácidos que destroem o esmalte do dente, deixando-o frágil. Isso porque a placa bacteriana (formada por bactérias, ácidos, resíduos de comida e saliva) grudam no dente, podendo se mineralizar e virar tártaro. Como se prevenir Cuidar da saúde bucal é menos dolorido e mais econômico, pode apostar. Mantenha uma boa higiene da...
VIDA NOVA PARA QUEM COLOCA IMPLANTE

VIDA NOVA PARA QUEM COLOCA IMPLANTE

Não é um exagero dizer que as pessoas que investem no implante dentário como tratamento para a falta de um ou mais dentes adquirem uma vida renovada. De ações cotidianas como alimentação, higiene bucal e diálogo, aos eventos esporádicos como uma entrevista de emprego ou uma festa importante, tudo fica melhor e mais fácil de ser vivido. Dando sequência à nossa série de posts sobre este tipo de tratamento odontológico, apresentaremos mais alguns esclarecimentos, veja só.   Como ocorrem as etapas de trabalho do implante Quando o paciente decide fazer o implante, o tratamento começa a partir do planejamento. Nessa etapa o dentista analisa os objetivos do paciente e o que é viável e saudável de ser feito. Definido como ocorrerá o tratamento, é realizada a cirurgia para colocar os implantes. Se forem implantes com carga imediata, dentes provisórios precisam ser colocados no mesmo dia da cirurgia. Caso sejam implantes tradicionais, há o prazo de cerca de 5 ou 6 meses para o paciente receber os dentes definitivos.   Contraindicações e taxa de sucesso do tratamento Nem é todo mundo que pode colocar implante odontológico. Em casos de pacientes jovens com a fase de crescimento dos dentes incompleta, o implante não é indicado. Os pacientes com debilidade sistêmica (diabéticos, cardíacos etc) só fazem o implante caso o médico permita – se for apresentado o risco cirúrgico (procedimento pedido a qualquer paciente que faz o implante) sem liberação do médico, o tratamento não será realizado. Tabagismo e hábitos parafuncionais são fatores que podem influenciar no sucesso do tratamento, que tem geralmente uma taxa de 98% de êxito. E se por...
BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

No calorão que tem feito, ter mais sede é normal e até bom para o corpo se manter hidratado e a saúde bucal fortalecida. Hum? “O que a saúde bucal tem a ver com a hidratação corporal?”, você deve ter se perguntado. Pois  saiba que assim como o corpo precisa de água para sobreviver (cerca de 65% do corpo humano é composto por água), a saúde bucal também precisa deste líquido inodoro, transparente e refrescante para manter as funções vitais da boca. A seguir a gente te explica com mais detalhes. Seu corpo desidrata fácil Pura verdade o que o título diz e a gente é que não percebe isso ao longo de 24 horas. Nos dias quentes que temos vivido, a perda de líquidos corporais é maior porque o corpo libera mais calor para regular a temperatura, o que gera mais transpiração (suor) e assim água e sais minerais são liberados com mais intensidade pela pele. Como autodefesa, o organismo pede mais água (aquela sede enorme que dá na gente) para repor tudo o que foi perdido e manter o metabolismo em equilíbrio.   A vilã, a boca seca Em se tratando de saúde bucal, quando o corpo começa a ficar desidratado a boca fica seca, com pouca saliva e um início de desconforto que pede a ingestão de líquido para amenizar. Aqueles que sofrem com este incômodo frequente, a xerostomia (quem faz uso diário de medicamentos, principalmente os idosos) sabem do que estamos falando. E do perigo que é não manter a boca hidratada. A saliva é formada por cerca de 99% de água e seu restante...
DIA INTERNACIONAL DO RISO

DIA INTERNACIONAL DO RISO

Hoje é dia de uma das mais espontâneas e gostosas expressões que o ser humano pode ter, é o Dia Internacional do Riso, pessoal! Porque vamos combinar, soltar aquela risada ao ver algo engraçado é muito bom, faz bem até para a alma! E para não perdermos a celebração do momento, juntamos algumas informações importantes sobre o riso, pura alegria!   Riso ou sorriso? Considerados sinônimos muitas vezes (o que também não é nenhum erro grave), existe sim uma diferença entre o riso e o sorriso, e ela se encontra na intensidade que cada um ocorre. O riso é a expressão humana para algo cômico, muito engraçado, hilário, algo que mexe com nosso estado de espírito. O sorriso é a expressão facial para manifestar uma reação leve com a boca e os olhos, sem emitir ruído algum. Riso é o famoso hahahahahahahaha!   O que o riso provoca no corpo Já parou para pensar na quantidade de músculos que uma risada é capaz de mexer? A gente parou, pesquisou e descobrimos que rir demonstra uma postura de otimismo e bem-estar do indivíduo, o que é totalmente benéfico para o corpo humano. Quando rimos, 12 músculos do rosto se movimentam; as gargalhadas mexem com 24 músculos e quando alguém conversa e gargalha ao mesmo tempo, 84 músculos faciais se movimentam. Rir é bom demais, né?   A relação da saúde bucal com o riso E aí, você já tem a resposta na ponta da língua a respeito de como os dois estão intimamente ligados, não tem? Não só no sentido de que rir expõe mais os dentes, o riso fortalece...
FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

Fim de ano é sempre a mesma história: festa repleta de comes e bebes com amigos, família ou colegas de trabalho. É raro resistir às delícias da data, que acabam sendo refeições ricas em gordura, carboidratos e açúcares. Aproveitar as festas de final de ano não é um problema, desde que seja feita a correta higienização bucal para preservar dentes, boca e gengiva. Se liga nas orientações para você celebrar sem ter preocupações depois.   Mostre ao Papai Noel que você não deixa a higiene bucal de lado E mostre para as crianças e adolescentes também, assim você ainda dá o exemplo aos mais jovens. Logo após fazer as refeições maravilhosas que a época permite (e que não entraremos em detalhes pra não ficarmos com água na boca), escove os dentes como você já faz de costume: com escova de cerdas macias, creme dental, fio dental e se precisar, o enxaguante bucal. Desta maneira você evita a formação de placa bacteriana sobre os dentes e gengiva, precavendo-se de ácidos produzidos por essas bactérias (durante cerca de 20 minutos os ácidos costumam atacar os dentes, o que gera ruptura do esmalte dental e cárie). Melhor então curtir a festa sem esquecer da saúde bucal, né?   O bom velhinho assina embaixo nas dicas para os seus dentes Se você não conseguir realizar a escovação logo após as refeições de final de ano, procure mascar chicletes zero açúcar ou caprichar em um bochecho com água. O efeito da goma de mascar sem açúcar faz produzir mais saliva para lubrificar a boca. Outra dica é comer os alimentos açucarados junto com as...
Página 1 de 212