(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!

 

Causas de um dente sensível

Primeiro é importante saber que esta não é a mesma sensibilidade quando se faz um clareamento dentário (tratamento estético que branqueia os dentes), ok? A hipersensibilidade dental pode ocorrer devido a fatores como cárie dentária ou doenças gengivais, situações em que são tratadas e os incômodos somem ao longo do tratamento.

Já a maioria dos casos de dentes sensíveis é porque a parte mais macia e interna do dente, a dentina, fica exposta a estímulos externos (algo muito frio ou muito quente) que ativam os nervos do centro do dente, gerando uma dor aguda breve. Alimentos e bebidas altamente ácidos, uso de escovas duras ou escovação muito forte, retração da gengiva que deixa a raiz do dente mais exposta, bulimia ou refluxo gastroesofágico são fatores que predispõem a exposição da dentina.

 

Os tratamentos existentes

Ao sentir que os dentes estão mais sensíveis, é importante procurar um dentista para ele avaliar a causa real (como dissemos, excluir a possibilidade de cárie ou doença gengival). Dependendo do quadro clínico, o profissional vai orientar procedimentos na rotina do paciente para resolver o problema: usar uma escova de cerdas macias, uma pasta de dente própria para a sensibilidade dos dentes e não escovar com muita força (isso aumenta a abrasão do esmalte do dente).

Nos casos em que o dentista identificou a necessidade de realizar algum procedimento a ser realizado na clínica, além das orientações de mudança na higiene bucal do paciente, poderão ser feitos laser terapêutico ou aplicações (de agente fixador, de espuma ou gel de flúor, de verniz de flúor). São tratamentos que variam de pessoa para pessoa e que precisam ser mantidos com a limpeza bucal feita corretamente (para não perder os resultados).

 

Prevenção que vale a pena

Fazer as visitas regulares ao dentista é uma medida que ajuda a prevenir a hipersensibilidade nos dentes (é claro, antes do problema ocorrer o profissional vai identificar a tendência ao desequilíbrio e vai orientar o que fazer para evitar). Nossos pacientes que seguem o PAP, Programa de Acompanhamento Preventivo, estão sempre de olho na saúde e bucal e têm menos chance de terem dentes sensíveis.

Outra atitude é maneirar na ingestão de alimentos e bebidas ácidas que contribuem para a erosão do esmalte e desgaste do dente, como frutas ácidas, refrigerantes, café, chá preto, vinho, ketchup ou molho de salada. Ter uma higiene bucal correta, com a escova, pasta de dente e fio dental certos e fazendo os movimentos ideais (sem colocar força demais na escova na hora da limpeza), é outra medida que previne a sensibilidade.

Esperamos que este texto tenha te deixado mais informado sobre o assunto e que você consiga ter um sorriso livre da hipersensibilidade. Não tente diagnosticar o problema das dores agudas nos dentes sozinho, só o dentista pode ver se é algo sério ou não. Na dúvida, marque um horário com a equipe da Mr. Clean, você vai adorar conhecer a gente!
Palavras-chave: sensibilidade, dentes sensíveis, tratamento hipersensibilidade, bebida gelada, dor aguda, esmalte do dente.

Você também pode gostar de:


Sorrir para ajudar outros a sorrirem

Sorrir para ajudar outros a sorrirem

O post de hoje é sobre um assunto que tem sido divulgado com frequência neste mês e que merece um pouco da nossa atenção, estamos falando do Setembro Amarelo. Como temos o costume de usar a hashtag #SorrirFazBem nas redes sociais da Mr. Clean, pois acreditamos  nesta expressão, resolvemos associar no texto abaixo a nossa crença com o alerta que tem crescido ano após ano, em todo o mundo....
A SAÚDE BUCAL DOS DIABÉTICOS

A SAÚDE BUCAL DOS DIABÉTICOS

Já ouviu falar que as pessoas diabéticas precisam ter cuidado redobrado com a saúde bucal? Isso está cientificamente comprovado e vale a pena ser sempre falado com os pacientes, afinal um diabético tem maior propensão de desenvolver doenças gengivais, como também cardíacas, acidentes vasculares encefálicos e doenças renais. Em relação à saúde da boca e dos dentes a gente explica nas próximas linhas.   Primeiramente, o que é diabetes?...
VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

Vamos pra balada, pura energia e animação. Solteiros, na pista, beijar muuuuito é a meta da maioria. Sem compromisso tudo é diversão. A nossa saliva é um dos fluídos corporais mais complexos, responsável pela lubrificação e proteção de toda cavidade bucal, auxilia na mastigação, deglutição, fala, beijo e começo da digestão. Controla os níveis de água no organismo, reduz a acidez da boca, previne cáries e enfermidades. Poderosa essa...
TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria,...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por...
A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

Entenda como se dá esse processo e como os pais podem amenizá-lo para o bebê Se tem uma coisa que é capaz de conquistar todo mundo é o sorriso de um bebê. Com ou sem dentes, a expressão facial desses seres humaninhos é tão linda e fofa que desmonta qualquer um. Agora, pergunta para os pais se quando os dentinhos começam a aparecer o bebê fica só a sorrisos?...