(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir que o papo é sério, olha só.

 

Causas para dor de dente em grávidas

A gravidez é um período em que todo o corpo da mulher fica sensível, afinal tem outra vida sendo gerada nele. A futura mamãe pode ter gengivite, que é uma inflamação da gengiva, ou incômodos relacionados a dente quebrado, abscesso ou o siso apontando. Um cárie (principalmente porque o desejo por comer doces aumenta) também pode gerar desconforto nas grávidas, assim como a hipersensibilidade aumentada na cavidade bucal (devido à produção em excesso de hormônios), que rejeita certos alimentos quentes ou frios.

 

Para evitar as dores

Algumas medidas podem ser tomadas para que a mulher grávida não sofra tanto com a hipersensibilidade na boca e nos dentes, como manter a higiene bucal sempre em dia (escovação completa, incluindo o uso de fio dental). O Pré-natal Odontológico precisa ser feito sim, só o dentista é capaz de avaliar o estado da saúde bucal de uma grávida, verificando se os sintomas estão dentro do esperado. Sem falar no tratamento preventivo que o dentista é capaz de fazer, evitando complicações que talvez ocorreriam se não fosse o acompanhamento odontológico.

 

Em caso de dores…

Visite seu dentista o quanto antes, futura mamãe! Marque um horário e explique tudo o que incomoda, sem vergonha de relatar certos alimentos ingeridos (ainda mais quando surgem aqueles desejos loucos). Não deixe o tempo passar e o risco do incômodo virar uma dor grave, capaz de piorar e colocar a vida da gestante e do bebê em risco. Há os casos em que ocorre o parto prematuro por causa de doença periodontal, além das situações em que o  bebê nasce com baixo peso devido às bactérias que estavam presentes na boca da gestante (um canal que não foi tratado, por exemplo) e que acabam passando pela placenta.

 

Quais medicamentos utilizar

A melhor forma de saber qual medicamento uma gestante pode ingerir é perguntando ao médico que a acompanha. O tipo de remédio que uma futura mamãe pode tomar deve ser perguntado ao ginecologista e ao dentista da mesma, somente estes profissionais são capazes de orientar a grávida com opções que não comprometerão a saúde dela e do bebê. Jamais uma gestante deve se automedicar, todo e qualquer cuidado é pouco no período de gestação.
Na Mr. Clean este assunto é tratado com muito carinho com cada grávida por meio do PAP, Programa de Acompanhamento Preventivo. É pelo PAP que nossos dentistas orientam a grávida e sua família quanto aos hábitos que precisam ser criados ou reformulados, tudo de forma a promover uma saúde bucal de alta qualidade para a futura mamãe e o bebê que irá nascer. Conhece alguma grávida que se interessa por este tema? Passa o telefone da gente, vamos adorar recebê-la aqui! 😉

Você também pode gostar de:


Troque os hábitos por um sorriso bonito

Troque os hábitos por um sorriso bonito

Todo clareamento dental (laser ou moldeira), exige no mínimo, 72h de alimentação especial, sem corantes e acidulantes. Diversas pessoas desistem do sorriso perfeito por acharem que irão passar fome, ou por não conseguirem ficar sem beber refrigerante, sucos, café ou fumar por alguns dias. Se você não sobrevive sem alguns alimentos como chocolate, chá, molho de tomate, etc, pode ser necessário uma reeducação alimentar antes do clareamento. Quais hábitos...
QUANDO SE DEVE TROCAR A ESCOVA DE DENTES?

QUANDO SE DEVE TROCAR A ESCOVA DE DENTES?

O uso diário da escova de dentes acaba exigindo que ela seja trocada de tempos em tempos. Mas, qual é mesmo este tempo? E por qual motivo, será que é só desgaste, mesmo? A seguir, vamos responder algumas perguntas que muitas pessoas fazem quando o assunto é a troca da escova de dentes. Veja as respostas e melhore ainda mais seu hábito de higiene bucal. Por que trocar a...
Dicas Importantes De Odontologia Estética

Dicas Importantes De Odontologia Estética

O bem-estar de uma pessoa está muito ligado às emoções boas que ela sente, principalmente os momentos de alegria. Não é à toa que um sorriso muda tudo para melhor e faz tão bem à saúde. Para a chegada do novo ciclo de 365 dias, um dos caminhos sábios a se tomar é dar atenção ao sorriso, tanto no âmbito da estética quanto da saúde bucal. Separamos, abaixo, dicas...
NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

As temperaturas caem e a imunidade das pessoas também caem. Isso porque as doenças de outono e inverno são enfermidades típicas da época, que acabam se espalhando e trazendo incômodos para todos nós. Como praticamos a filosofia de que prevenir é melhor do que remediar, se liga nas orientações que preparamos pra você curtir o friozinho da estação com muita saúde.   Por que aumentam as doenças respiratórias nessa...
5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

Após vários anos ingerindo alimentos e bebidas, mastigando e cuidando da higiene bucal, é normal que a terceira idade seja a fase em que os dentes estão mais desgastados e frágeis, sensíveis mesmo. Para que você e sua família fiquem por dentro dos problemas bucais mais comuns desse período da vida, escrevemos este texto. Vale a pena compartilhar o assunto, todo cuidado com nossos avós, parentes e amigos que...
Avós cuidadores. Amor preventivo

Avós cuidadores. Amor preventivo

As exigências cada vez maiores na luta pela sobrevivência, e a premente necessidade de buscar o mínimo de qualidade de vida para suas famílias, os pais muitas vezes se vêm obrigados a recorrer à ajuda abençoada dos avós. E estes fazem em sua grande maioria o papel de educadores. Frequentemente os problemas odontológicos na primeira infância, são oriundos de falta de informação e maus hábitos praticados no passado. Relatamos...