(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

Guia Definitivo: Tudo o que você precisa saber sobre DTM

Guia Definitivo: Tudo o que você precisa saber sobre DTM

Uma disfunção pouco falada entre as pessoas e que causa sintomas de forma “silenciosa” é a DTM/DOF. Para que você e sua família fiquem inteirados do assunto e cuidem ainda mais da saúde bucal e corporal, preparamos este guia sobre a disfunção. Leia e se cuide!

O que é DTM/DOF

A sigla DTM significa Disfunção Temporomandibular e a sigla DOF significa Dor Orofacial. Ambas se referem às alterações funcionais que uma pessoa pode ter na musculatura da face responsável pela mastigação e também na articulação temporomandibular (chamada de ATM) que fica entre a mandíbula e o crânio, antes da orelha.

São então sinais e sintomas as cefaleias (principalmente ao acordar), dificuldade de mastigar, dor na musculatura do rosto, qualidade do sono comprometida e até dor de ouvido. Certas pessoas relatam que já levantam pela manhã com dores na face ou na cabeça e não associam ao fato de terem (inconscientemente) pressionado os dentes durante a noite.

Quais são as principais causas

Esta disfunção não possui uma causa específica, entretanto certos hábitos predispõem seu desenvolvimento, como herança genética, estresse, depressão, postura do corpo, modo como se apoia a mão na mandíbula, roer unhas em excesso, apertar de forma inconsciente os dentes. São três os tipos de DTM: muscular (quando há tensão na musculatura do sistema mastigatório); articular (sobrecarga na articulação, trauma ou doença degenerativa); mista (une os distúrbios musculares e articulares).

Em quem é mais frequente

Geralmente a disfunção temporomandibular que leva a dor orofacial acomete adultos. Por causa do estado emocional de extremo estresse, como falamos anteriormente, hábitos prejudiciais (dormir de bruços, mastigar só de um lado da boca, roer unha ou mascar muito chicletes), uso de próteses mal adaptadas dentre outras razões. Muitas pessoas confundem os sintomas com outros tipos de enfermidades, acreditando que não é algo tão sério.

DTM/DOF em crianças e adolescentes

Mesmo sendo mais raro, certas crianças e adolescentes apresentam sim sintomas de DTM/DOF. São pacientes que apresentam manifestações transitórias – surgem principalmente na fase de crescimento e desenvolvimento – e apresentam efeitos negativos sobre a qualidade de vida (são reflexo de fatores emocionais e sociais). Uma criança que chupa dedo ou chupeta, tem chance de desenvolver a DTM/DOF. O sono também pode sofrer alterações (sempre pedimos pros pais ficarem atentos se eles rangem os dentes durante a noite) que acabam afetando na capacidade de raciocínio e assim no desempenho escolar.

Quais são as formas de tratamento

Primeiro é importante ressaltar que não existe cura para a DTM. O que não é motivo de desespero, afinal dá para controlar e até prevenir. Dentre as técnicas utilizadas temos: placas transparentes usadas por quem aperta muito os dentes durante o sono de noite; exercícios fonoaudiólogos; fisioterapia; certos medicamentos; acupuntura e cirurgia (já em último caso mesmo). O neurologista é um médico que oferece grande apoio para o diagnóstico do paciente, por isso consideramos este acompanhamento também como forma de tratamento.

Esperamos que o assunto tenha ficado mais claro e caso você tenha se identificado com algum sintoma/situação aqui falados, nos procure! Iremos avaliar sua saúde bucal como um todo para que ela fique sempre em harmonia com o restante do seu corpo e assim tratando e prevenindo uma DTM, por exemplo.

Marque agora uma avaliação com a gente e evite a DTM/DOF!

Você também pode gostar de:


VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

Vamos pra balada, pura energia e animação. Solteiros, na pista, beijar muuuuito é a meta da maioria. Sem compromisso tudo é diversão. A nossa saliva é um dos fluídos corporais mais complexos, responsável pela lubrificação e proteção de toda cavidade bucal, auxilia na mastigação, deglutição, fala, beijo e começo da digestão. Controla os níveis de água no organismo, reduz a acidez da boca, previne cáries e enfermidades. Poderosa essa...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por...
A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

Entenda como se dá esse processo e como os pais podem amenizá-lo para o bebê Se tem uma coisa que é capaz de conquistar todo mundo é o sorriso de um bebê. Com ou sem dentes, a expressão facial desses seres humaninhos é tão linda e fofa que desmonta qualquer um. Agora, pergunta para os pais se quando os dentinhos começam a aparecer o bebê fica só a sorrisos?...
CRIA JUÍZO, TIRA O DENTE SISO

CRIA JUÍZO, TIRA O DENTE SISO

Quem dera se fosse só fazer a cirurgia para a rapaziada ter mais do discernimento que a vida adulta, pede né? Os “dentes do juízo” possuem este nome pois geralmente surgem entre os 17 a 21 anos, a idade que os jovens começam a deixar a adolescência. Os dentes siso são os últimos a aparecer na boca e acabam tendo que ser retirados para evitar complicações mais graves. No...
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas...
BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

No calorão que tem feito, ter mais sede é normal e até bom para o corpo se manter hidratado e a saúde bucal fortalecida. Hum? “O que a saúde bucal tem a ver com a hidratação corporal?”, você deve ter se perguntado. Pois  saiba que assim como o corpo precisa de água para sobreviver (cerca de 65% do corpo humano é composto por água), a saúde bucal também precisa...