(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

O vazio na boca provocado pela falta de um ou mais dentes é solucionado com os implantes dentários. E se pararmos para falar sobre a eficácia desse método, entram em cena os cuidados que todo paciente precisa ter, tanto após a cirurgia, quanto de forma constante por toda a vida a fim de evitar riscos. Então confira as orientações a seguir.

 

Atenção logo após a cirurgia do implante

 

O indicado é ter prudência nas primeiras 72 horas. Repousar; tomar os remédios na hora certa; comer sorvete ou alimentos gelados para aliviar a dor (fazer compressas de gelo quando o dentista recomendar); não ingerir alimentos e bebidas duros, quentes ou ácidos nos primeiros dias; caprichar na higiene bucal (sem aplicar força na escova); evitar bebida alcoólica ou cigarro; não assoar o nariz ou cuspir; não mastigar na área do implante durante a cicatrização. Em caso de edemas, sangramentos persistentes ou indícios de alergia a algum dos medicamentos (coceiras, mudanças no tom da pele, manchas), consultar o dentista o mais rápido possível.

 

Riscos oriundos da falta de cuidado

 

Não adotar aquelas medidas de cautela aumenta as chances do paciente ter chateações após o procedimento cirúrgico, como infecções (o que é péssimo); complicações nas raízes dos dentes vizinhos; um implante frouxo (fica saindo) ou até mesmo a perda do implante (investimento jogado fora, infelizmente). Por isso é tão importante levar a sério o período de cicatrização e também a manutenção, afinal tudo interfere na duração do implante.

 

Desconfortos relacionados ao descaso com os implantes

A questão da higienização e manutenção corretas dos implantes é algo muito sério, caso contrário o paciente pode desenvolver alguns tipos de inflamações. Sangramentos, alteração na cor da gengiva, dores e movimentações do implante devem ser notadas e reportadas ao dentista, para ele avaliar o estado do tratamento, evitando seu fracasso.

 

Deu para entender um pouco sobre os cuidados com o implante, tanto no pós-operatório quanto durante o tempo de vida do tratamento? Prevenir é a melhor escolha para o implante durar bastante, evitando gastos desnecessários. E isso inclui o acompanhamento regular no dentista (ele orienta a frequência de consultas), para verificar o estado do parafuso e da sua saúde bucal. Então simbora cuidar da saúde da sua boca e dentes para sorrir pra vida com um implante altamente bem sucedido!

Você também pode gostar de:


SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

Parodiando nosso ilustre Vinícius de Moraes, o texto de hoje começa com a seguinte reflexão: “nos perdoem as pessoas sérias, mas um sorriso no rosto é fundamental”. Carregar um sorriso no rosto faz toda a diferença no convívio social, seja em casa, na rua ou no trabalho, não é mesmo? Em qualquer idade, crianças, adolescentes e adultos são sempre bem vistos quando têm em sua fisionomia um belo sorriso, às vezes até capaz de encantar os demais. Infelizmente algumas pessoas possuem total vergonha em sorrir por causa de motivos estéticos dos dentes, ou são muitos tortos, ou a gengiva é exagerada, ou as “canjicas” são amarelas, tudo vira motivo para evitar o sorriso ou então para colocar a mão e esconder a boca na hora de rir. O ruim destas histórias de “sorrisos contidos” é que muitas pessoas deixam de expressar o que estão sentindo e que é uma das melhores sensações de se ter no mundo: a felicidade. Outro ponto negativo relacionado a um sorriso irregular são os obstáculos que podem surgir na carreira profissional de uma pessoa. Como as empresas avaliam muito a imagem do candidato à vaga, ter um sorriso que demonstra saúde, alegria e beleza é um grande diferencial na hora de ser contratado. Sem falar nos trabalhadores que lidam direto com o público e precisam sorrir para os clientes, a boa apresentação é um cartão de visitas deles. ­A busca por uma carreira de sucesso é marcada sim por um grande e belo sorriso, todos sabemos das histórias de celebridades (atrizes, atores, jogadores de futebol) que se renderam a este investimento. Um terceiro ponto...
RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

Vários fatores podem ocasionar que uma pessoa tenha uma noite mal dormida, como sobrepeso, maus hábitos, rotina inexistente, problemas psicossociais, doenças orgânicas, medicamentos e fatores otorrinolaringológicos ou odontológicos. Exatamente, ronco e apneia são uma das causas que afetam o sono. A notícia boa é que para ambos existe tratamento e ele pode ser feito, inclusive, no dentista. A gente vai explicar mais, olha só.   Diferença entre ronco e apneia Ronco e apneia, mesmo que usados como sinônimos no dia a dia, não são a mesma coisa. O ronco é aquele barulho chato (às vezes alto demais) quando o ar passa de forma obstruída (ou estreita) pelas vias respiratórias durante o sono, por isso gera ruídos. A apneia é, digamos, que um ronco evoluído para um estado perigoso, quando a garganta fica obstruída durante o sono. O perigo se encontra no fato da pessoa parar de respirar por alguns segundos, o que aumenta as chances de ocorrência de infarto ou AVC, o que torna-se um quadro fatal. Nos casos mais graves de apneia são indicados o uso do CPAP (Continuous Positive Airway Pressure, traduzindo, pressão positiva contínua em vias aéreas) que é um aparelho para fazer a oxigenação durante o sono.   Sintomas que devem ser analisados Cada pessoa sente os efeitos de uma noite mal dormida de uma maneira, mas geralmente os sintomas são: diminuição de reflexos durante o dia (por isso o risco elevado de acidentes no trabalho, principalmente quem trabalha com transportes ou maquinários), baixo rendimento escolar, sonolência diurna, problemas conjugais ou sociais. Associar a sonolência aos distúrbios do sono é difícil de ser feito, a...
A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

Está é a Semana das Crianças, seres humanos que iluminam a nossa vida com alegria e pureza. É comum presenteá-las com brinquedos para comemorar a data, porém a Mr. Clean tem uma pergunta séria a fazer: você como pai, mãe, avós, tios ou como responsável por uma criança, tem cuidado da saúde bucal dela? Pois os pequenos são novos demais para saberem como se cuida direito dos dentes e precisam de orientação. Acompanhe nas próximas linhas o que queremos dizer.   A presença dos pais para controlar a cárie dentária Doença crônica mais frequente entre as crianças de todo o mundo, a cárie dentária pode ser controlada, afinal sabe-se que ela é contagiosa, transmissível e infecciosa. Portanto o acompanhamento dos pais ou da pessoa responsável é essencial para evitá-la, todos sabemos que a criançada não possui maturidade o suficiente para construir hábitos saudáveis. Se deixar, elas comem guloseimas o tempo todo e ainda ficam sem escovar os dentes. A figura de um adulto orientando sobre a construção deste hábito tão importante é elementar para conservar os dentes, que inclusive podem durar por toda a vida se forem bem cuidados. Por isso, a Mr. Clean criou o Programa de Acompanhamento Preventivo (PAP) para educar as crianças e seus pais quanto à higiene bucal, à redução da cárie dentária na infância, tudo feito através de cuidados básicos para a manutenção da saúde bucal. Cuidados para evitar que a gurizada tenha cárie Zelar pela saúde bucal de uma criança, desde a primeira infância até ela se tornar um adolescente capaz de fazer sozinho a higiene bucal da forma correta, é um dever de...
Vergonha do sorriso

Vergonha do sorriso

 Sem duvida esse é um assunto que incomoda. Deixamos de sorrir por que nos falta um, dois ou vários dentes. A vida segue e voltar a sorrir deixa de ser uma prioridade. NÃO ! NÃO ! NÃO ! Um sorriso bonito aumenta sua confiança e auto-estima, com uma carga dentária completa você vai se alimentar e digerir melhor os alimentos, e isso trará um a série de beneficios para todo seu sistema digestivo e nervoso. Na Mr. Clean você pode tratar de um dente perdido, da dentadura sem estabilidade, clarear os dentes,  resolver aquela ponte fixa ou móvel que não ficou como você gostaria. Volte a se alimentar de tudo, volte a falar de perto. Volte a fazer o que você ama! Aproveite o formulário e marque uma uma avaliação grátis, nosso compromisso é ajudar você! #sorrirfazbem  ...
8 dicas sobre Saúde e Terceira Idade

8 dicas sobre Saúde e Terceira Idade

Quando devemos nos preocupar com a terceira idade? Aos 30, 40, 50? Alcançar uma longevidade com saúde, tem se tornado o desejo de muitos. A alimentação, qualidade do sono e os exercícios físicos regulares, são sem dúvida fatores que influenciam para uma vida longa e saudável. Sam Sonny Bryant é um Fisicoturista que começou a malhar com 44 anos, hoje com cerca de 70 ele é um exemplo de saúde na terceira idade! E ele não é o único, com ajuda médica e certa reposição hormonal, Dr. Jeffrey Life se tornou um ícone ao mostrar um corpo jovem aos 74 anos de idade. Como você quer estar aos 70 anos de idade? A Mr. Clean preparou 8 dicas que vão ajudar você a envelhecer com saúde. 1) Beba água regularmente 2) Faça caminhadas regularmente 3) Coma Vegetais e frutas 4) Faça exames de prevenção (chek-up`s) 5) Durma bem 6) Antene-se! (leia livros, procure entreterimentos, atividades em grupo, viagens) 7) Evite excessos. Tabagismo e alcoolismo prejudicam a saúde. 8) Sinta-se útil. Se estiver aposentado ou parado, faça um trabalho voluntário, monte uma oficina ou ateliê. E lembre-se, a saúde bucal é fundamental em todo processo! #sorrirfazbem...
Avós cuidadores. Amor preventivo

Avós cuidadores. Amor preventivo

As exigências cada vez maiores na luta pela sobrevivência, e a premente necessidade de buscar o mínimo de qualidade de vida para suas famílias, os pais muitas vezes se vêm obrigados a recorrer à ajuda abençoada dos avós. E estes fazem em sua grande maioria o papel de educadores. Frequentemente os problemas odontológicos na primeira infância, são oriundos de falta de informação e maus hábitos praticados no passado. Relatamos aqui alguns alertas que vão contribuir sobre maneira na preservação da saúde bucal e integral dos menores. Aqui seguem algumas dicas interessantes: – No sétimo mês de gestação são formados o paladar e a gustação do bebê, se a mãe gostar de guloseimas com certeza o bebê também vai gostar. – As radiografias deverão ser evitadas nos primeiros meses. – O bico poderá ser usado como acalento nos primeiros meses, mas nunca como tapa boca. – Se precisar usar o bico para adormecer, o ideal é que retire assim que o bebê dormir. – A sucção do dedo deve ser evitada. E neste caso vale a brincadeira: é bem mais fácil tirar um bico do que cortar um dedo. – O leite materno é único e o mais rico alimento nos primeiros seis meses de vida do bebê. – Recomenda-se o uso de mamadeiras com o bico anatômico, ortodôntico. – Se for adotado o uso do bico, este também deve seguir a mesma linha anatômica da mamadeira. – O início da dentição pode causar irritação, dor, agitação durante o sono, coceiras pelo corpo, salivação aumentada, diarreia e febre baixa. – A cárie é uma doença transmissível, que pode e deve...