(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

Começa com um leve incômodo em uma parte minúscula da boca. Aí esse desconforto evolui e de repente.. apareceu uma afta! Bom, as aftas não aparecem sem causa, uma mordida errada na bochecha ou lábios e o uso de aparelhos fixos também podem ocasionar seu aparecimento. Os fatores provocadores variam e merecem atenção, acompanhe a seguir.

 

Primeiro, o que é uma afta?

 

Também chamada de estomatite aftosa recorrente EAR), a afta é uma lesão (úlcera) oval esbranquiçada (ou amarelada) que pode surgir em qualquer parte da boca – língua, lábios, gengiva, garganta. As aftas não possuem pus, bactérias ou sinal de infecção; variam de tamanho e geralmente são bem dolorosas.

 

Quais são suas causas?

 

Variam, por isso é importante se informar. Tem hora que uma afta pode aparecer por causa que a pessoa ingeriu certos tipos de alimentos (veremos adiante quais); devido a deficiências de ferro e vitaminas no corpo (como B9, B6 ou B12); em virtude de estresse emocional ou traumas locais na boca (um machucadinho que virou afta); quando a pessoa sofre com distúrbios gastrointestinais (como doença celíaca, de Crohn).

 

As etapas de uma afta

 

O ciclo da estomatite aftosa recorrente, vulgo afta, não é definido, depende muito da resposta do organismo. Geralmente inicia com um desconforto na mucosa da boca que, de 24 a 48 horas depois, pode apresentar um ponto avermelhado. Se ela continuar a evoluir, seu núcleo fica esbranquiçado e ao amadurecer, a ferida surge no centro da lesão. É comum seu desaparecimento ocorrer em sete dias (sem tratamento algum).

 

Como tratar

 

Se a afta persistir por mais de duas semanas, o indicado é procurar um dentista para fazer um diagnóstico da lesão (vale consultar também nos casos em que ficou uma cicatriz no local lesionado). Pode ser que o tempo de melhora foi maior por causa do lugar machucado sofrer traumatismos diários (contato com os dentes ou os alimentos). Evite a automedicação, viu?

 

O que fazer para evitar

 

As aftas estão ligadas a uma desregulação do sistema imunológico (deficiência de ferro e vitaminas como já falamos), porém evitar alimentos cítricos como abacaxi, kiwi, limão ou até tomate é importante. Usar a cera ortodôntica para proteger as bráquetes do aparelho fixo também é uma prevenção.

 

Manter a higienização bucal sempre em dia é outra medida que evita as aftas (dentes cariados podem machucar a boca e assim evoluir para as lesões), mas não exagere na força ao escovar, a retração gengival deixa a mucosa muito sensível. E quando a pessoa está tendo casos muito recorrentes de aftas, é ideal consultar um gastroenterologista para verificar o que tem ocorrido (e até prevenir de doenças graves, como o câncer de boca).

 

Mesmo sendo lesões benignas, as aftas doem horrores e acabam atrapalhando atividades do cotidiano, como falar ou comer. Por isso vale a pena cuidar sempre da saúde bucal (o nosso Programa de Acompanhamento Preventivo chamado de PAP existe pra evitar de aftas a doenças bucais mais sérias) e da saúde corporal. É deixando o corpo sempre saudável que todos nós conseguimos abrir um sorrisão pra vida, bem lindo e sem desconfortos chatinhos na boca pra incomodar.

 

Você também pode gostar de:


CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

As férias escolares acabaram e a rotina dos mais novos volta esta semana com tudo! O que não pode ficar de fora no volta às aulas é também a higiene bucal das crianças e adolescentes (aos que não a deixaram de lado, parabéns!). A seguir vamos dar alguns macetes para facilitar a retomada do hábito, afinal a saúde bucal não é menos importante que higiene corporal, alimentação, sono, estudos,...
SORRISO RADIANTE PROPORCIONADO POR IMPLANTE

SORRISO RADIANTE PROPORCIONADO POR IMPLANTE

A beleza e a saúde de um sorriso podem voltar à vida de uma pessoa por meio do implante dentário, tratamento odontológico que tem ganhado adeptos no mundo inteiro, principalmente no meio artístico. São vários os homens e mulheres que resgatam a alegria de sorrir quando adotam o implante dentário. Dando continuidade à nossa série especial de posts aqui no blog sobre o assunto, acompanhe a seguir novas informações....
Dentes de leite

Dentes de leite

Você sabia que a saúde bucal do bebê começa na barriga da mãe? O programa de acompanhamento preventivo (PAP), garante a orientação correta quanto a higiene bucal do bebê e etapas de evolução dos dentes de leite. Se você tem uma criança de 0 a 17 esse programa é ideal para você. A Mr. Clean preparou 9 dicas sobre os dentes de leite, veja: http://odontologiaesaudebh.com.br/pap-infancia/  ...
SAÚDE BUCAL: PREVENÇÃO OU ESTÉTICA?

SAÚDE BUCAL: PREVENÇÃO OU ESTÉTICA?

Quando o assunto é saúde bucal, é comum vir à mente um sorriso bonito, dentes perfeitos e aparência que transmite vitalidade. A estética então acaba se sobressaindo ao hábito da prevenção, contudo beleza nem sempre é sinal de saúde. Inclusive, na odontologia, o caminho é sempre a garantia da saúde bucal primeiro, para depois se tratar a parte estética do sorriso. Confira alguns motivos sobre a importância de se...
DIA INTERNACIONAL DO RISO

DIA INTERNACIONAL DO RISO

Hoje é dia de uma das mais espontâneas e gostosas expressões que o ser humano pode ter, é o Dia Internacional do Riso, pessoal! Porque vamos combinar, soltar aquela risada ao ver algo engraçado é muito bom, faz bem até para a alma! E para não perdermos a celebração do momento, juntamos algumas informações importantes sobre o riso, pura alegria!   Riso ou sorriso? Considerados sinônimos muitas vezes (o...
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas...