(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

Começa com um leve incômodo em uma parte minúscula da boca. Aí esse desconforto evolui e de repente.. apareceu uma afta! Bom, as aftas não aparecem sem causa, uma mordida errada na bochecha ou lábios e o uso de aparelhos fixos também podem ocasionar seu aparecimento. Os fatores provocadores variam e merecem atenção, acompanhe a seguir.

 

Primeiro, o que é uma afta?

 

Também chamada de estomatite aftosa recorrente EAR), a afta é uma lesão (úlcera) oval esbranquiçada (ou amarelada) que pode surgir em qualquer parte da boca – língua, lábios, gengiva, garganta. As aftas não possuem pus, bactérias ou sinal de infecção; variam de tamanho e geralmente são bem dolorosas.

 

Quais são suas causas?

 

Variam, por isso é importante se informar. Tem hora que uma afta pode aparecer por causa que a pessoa ingeriu certos tipos de alimentos (veremos adiante quais); devido a deficiências de ferro e vitaminas no corpo (como B9, B6 ou B12); em virtude de estresse emocional ou traumas locais na boca (um machucadinho que virou afta); quando a pessoa sofre com distúrbios gastrointestinais (como doença celíaca, de Crohn).

 

As etapas de uma afta

 

O ciclo da estomatite aftosa recorrente, vulgo afta, não é definido, depende muito da resposta do organismo. Geralmente inicia com um desconforto na mucosa da boca que, de 24 a 48 horas depois, pode apresentar um ponto avermelhado. Se ela continuar a evoluir, seu núcleo fica esbranquiçado e ao amadurecer, a ferida surge no centro da lesão. É comum seu desaparecimento ocorrer em sete dias (sem tratamento algum).

 

Como tratar

 

Se a afta persistir por mais de duas semanas, o indicado é procurar um dentista para fazer um diagnóstico da lesão (vale consultar também nos casos em que ficou uma cicatriz no local lesionado). Pode ser que o tempo de melhora foi maior por causa do lugar machucado sofrer traumatismos diários (contato com os dentes ou os alimentos). Evite a automedicação, viu?

 

O que fazer para evitar

 

As aftas estão ligadas a uma desregulação do sistema imunológico (deficiência de ferro e vitaminas como já falamos), porém evitar alimentos cítricos como abacaxi, kiwi, limão ou até tomate é importante. Usar a cera ortodôntica para proteger as bráquetes do aparelho fixo também é uma prevenção.

 

Manter a higienização bucal sempre em dia é outra medida que evita as aftas (dentes cariados podem machucar a boca e assim evoluir para as lesões), mas não exagere na força ao escovar, a retração gengival deixa a mucosa muito sensível. E quando a pessoa está tendo casos muito recorrentes de aftas, é ideal consultar um gastroenterologista para verificar o que tem ocorrido (e até prevenir de doenças graves, como o câncer de boca).

 

Mesmo sendo lesões benignas, as aftas doem horrores e acabam atrapalhando atividades do cotidiano, como falar ou comer. Por isso vale a pena cuidar sempre da saúde bucal (o nosso Programa de Acompanhamento Preventivo chamado de PAP existe pra evitar de aftas a doenças bucais mais sérias) e da saúde corporal. É deixando o corpo sempre saudável que todos nós conseguimos abrir um sorrisão pra vida, bem lindo e sem desconfortos chatinhos na boca pra incomodar.

 

Você também pode gostar de:


FÉRIAS SÓ DA ESCOLA, DA SAÚDE BUCAL NÃO, OK?

FÉRIAS SÓ DA ESCOLA, DA SAÚDE BUCAL NÃO, OK?

Ahhhh o verão! Com ele vêm as férias escolares, oportunidade boa para curtir a estação e passear bastante com a família e os amigos. As crianças e os adolescentes adoram, se divertem e saem da rotina da escola. Só que alguns saem da rotina dos hábitos de cuidados com a saúde bucal, o que é super errado. Aliás, esta época é recheada de delícias e guloseimas que pedem ainda...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por...
LEMBRE-SE: PÁSCOA É SINÔNIMO DE VIDA

LEMBRE-SE: PÁSCOA É SINÔNIMO DE VIDA

Essa semana é especial pois comemora-se a Páscoa, a ressureição de Cristo. Aqui na Mr. Clean nós respeitamos todas as religiões, cada uma delas tem o seu lado bom. Ao refletir sobre a data, podemos ver que ela nos mostra um pouco da importância de valorização da vida, não é mesmo? Por isso separamos algumas informações e reflexões sobre a época, vamos lá.   De onde vem o coelhinho...
FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

Fim de ano é sempre a mesma história: festa repleta de comes e bebes com amigos, família ou colegas de trabalho. É raro resistir às delícias da data, que acabam sendo refeições ricas em gordura, carboidratos e açúcares. Aproveitar as festas de final de ano não é um problema, desde que seja feita a correta higienização bucal para preservar dentes, boca e gengiva. Se liga nas orientações para você...
A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

O aleitamento materno é um hábito vital para o recém-nascido, saiba os porquês   Falar sobre a saúde bucal dos bebês é um assunto que amamos, e por isso vamos falar da importância da amamentação no desenvolvimento do rostinho deles. Por incrível que pareça, quando o bebê se alimenta do leite materno diretamente no seio da mãe, ele está contribuindo para a formação de sua própria face. Olha só...
Avós cuidadores. Amor preventivo

Avós cuidadores. Amor preventivo

As exigências cada vez maiores na luta pela sobrevivência, e a premente necessidade de buscar o mínimo de qualidade de vida para suas famílias, os pais muitas vezes se vêm obrigados a recorrer à ajuda abençoada dos avós. E estes fazem em sua grande maioria o papel de educadores. Frequentemente os problemas odontológicos na primeira infância, são oriundos de falta de informação e maus hábitos praticados no passado. Relatamos...