(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

O BÁSICO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AFTAS

Começa com um leve incômodo em uma parte minúscula da boca. Aí esse desconforto evolui e de repente.. apareceu uma afta! Bom, as aftas não aparecem sem causa, uma mordida errada na bochecha ou lábios e o uso de aparelhos fixos também podem ocasionar seu aparecimento. Os fatores provocadores variam e merecem atenção, acompanhe a seguir.

 

Primeiro, o que é uma afta?

 

Também chamada de estomatite aftosa recorrente EAR), a afta é uma lesão (úlcera) oval esbranquiçada (ou amarelada) que pode surgir em qualquer parte da boca – língua, lábios, gengiva, garganta. As aftas não possuem pus, bactérias ou sinal de infecção; variam de tamanho e geralmente são bem dolorosas.

 

Quais são suas causas?

 

Variam, por isso é importante se informar. Tem hora que uma afta pode aparecer por causa que a pessoa ingeriu certos tipos de alimentos (veremos adiante quais); devido a deficiências de ferro e vitaminas no corpo (como B9, B6 ou B12); em virtude de estresse emocional ou traumas locais na boca (um machucadinho que virou afta); quando a pessoa sofre com distúrbios gastrointestinais (como doença celíaca, de Crohn).

 

As etapas de uma afta

 

O ciclo da estomatite aftosa recorrente, vulgo afta, não é definido, depende muito da resposta do organismo. Geralmente inicia com um desconforto na mucosa da boca que, de 24 a 48 horas depois, pode apresentar um ponto avermelhado. Se ela continuar a evoluir, seu núcleo fica esbranquiçado e ao amadurecer, a ferida surge no centro da lesão. É comum seu desaparecimento ocorrer em sete dias (sem tratamento algum).

 

Como tratar

 

Se a afta persistir por mais de duas semanas, o indicado é procurar um dentista para fazer um diagnóstico da lesão (vale consultar também nos casos em que ficou uma cicatriz no local lesionado). Pode ser que o tempo de melhora foi maior por causa do lugar machucado sofrer traumatismos diários (contato com os dentes ou os alimentos). Evite a automedicação, viu?

 

O que fazer para evitar

 

As aftas estão ligadas a uma desregulação do sistema imunológico (deficiência de ferro e vitaminas como já falamos), porém evitar alimentos cítricos como abacaxi, kiwi, limão ou até tomate é importante. Usar a cera ortodôntica para proteger as bráquetes do aparelho fixo também é uma prevenção.

 

Manter a higienização bucal sempre em dia é outra medida que evita as aftas (dentes cariados podem machucar a boca e assim evoluir para as lesões), mas não exagere na força ao escovar, a retração gengival deixa a mucosa muito sensível. E quando a pessoa está tendo casos muito recorrentes de aftas, é ideal consultar um gastroenterologista para verificar o que tem ocorrido (e até prevenir de doenças graves, como o câncer de boca).

 

Mesmo sendo lesões benignas, as aftas doem horrores e acabam atrapalhando atividades do cotidiano, como falar ou comer. Por isso vale a pena cuidar sempre da saúde bucal (o nosso Programa de Acompanhamento Preventivo chamado de PAP existe pra evitar de aftas a doenças bucais mais sérias) e da saúde corporal. É deixando o corpo sempre saudável que todos nós conseguimos abrir um sorrisão pra vida, bem lindo e sem desconfortos chatinhos na boca pra incomodar.

 

Você também pode gostar de:


CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

As férias escolares acabaram e a rotina dos mais novos volta esta semana com tudo! O que não pode ficar de fora no volta às aulas é também a higiene bucal das crianças e adolescentes (aos que não a deixaram de lado, parabéns!). A seguir vamos dar alguns macetes para facilitar a retomada do hábito, afinal a saúde bucal não é menos importante que higiene corporal, alimentação, sono, estudos,...
SAÚDE BUCAL: PREVENÇÃO OU ESTÉTICA?

SAÚDE BUCAL: PREVENÇÃO OU ESTÉTICA?

Quando o assunto é saúde bucal, é comum vir à mente um sorriso bonito, dentes perfeitos e aparência que transmite vitalidade. A estética então acaba se sobressaindo ao hábito da prevenção, contudo beleza nem sempre é sinal de saúde. Inclusive, na odontologia, o caminho é sempre a garantia da saúde bucal primeiro, para depois se tratar a parte estética do sorriso. Confira alguns motivos sobre a importância de se...
Novembro Azul

Novembro Azul

O mês de outubro acabou e os dias foram marcados pela cor rosa devido ao movimento internacional de luta contra o câncer de mama, o ​Outubro Rosa.​ Agora no mês de novembro, a campanha é caracterizada pelo tom azul e se direciona aos homens no combate ao câncer de próstata. A Mr. Clean separou algumas informações importantes que podem desmistificar e ajudar todos aqueles que precisam se cuidar, olha...
COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir...
FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

FELIZ NATAL COM O SORRISO SEMPRE LINDO E SAUDÁVEL

Fim de ano é sempre a mesma história: festa repleta de comes e bebes com amigos, família ou colegas de trabalho. É raro resistir às delícias da data, que acabam sendo refeições ricas em gordura, carboidratos e açúcares. Aproveitar as festas de final de ano não é um problema, desde que seja feita a correta higienização bucal para preservar dentes, boca e gengiva. Se liga nas orientações para você...
5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

5 PERGUNTAS IMPORTANTES SOBRE A GENGIVITE

Gengiva mais inchadinha, doendo na hora de comer algo ou, principalmente, de escovar os dentes. E quando sangra e você cospe na pia a espuma da pasta de dente avermelhada, num dá uma certa preocupação? Pois saiba que se cuidar para evitar ou então tratar direitinho com o dentista, a Gengivite não vira um problema maior capaz de atrapalhar sua rotina. Se liga nas cinco perguntas que preparamos no...