(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

POR QUE TER DENTES LIVRES DO BRUXISMO

POR QUE TER DENTES LIVRES DO BRUXISMO

Um distúrbio odontológico que ainda acomete milhares de pessoas em todos os países é o Bruxismo. Diferente do que muitos creem ser, somente a dor nos dentes ou dores de cabeça e mandíbula, ele pode ter consequências sérias se não for tratado da maneira que precisa, aumentando ainda mais a “dor de cabeça” do paciente, no sentido figurado da expressão. Então se informe melhor com este texto e oriente seus amigos.

 

As características do Bruxismo

Considerado pela Odontologia e Medicina como um hábito parafuncional (afinal o paciente não percebe que está com a alteração comportamental, justamente por estar dormindo), o Bruxismo provoca o ranger rítmico dos dentes (pode ocorrer também de dia, mas é raro). Sua causa está diretamente ligada ao nível de estresse que o indivíduo está sofrendo, seja pressão no trabalho, familiar, social ou até pessoal (uma pessoa que se cobra demais e não vive bem).

Tem pessoas que não sabem que possuem (não tiveram o hábito inconsciente notado por alguém) e só descobrem em uma avaliação ou exame odontológicos de rotina. Todo Bruxismo é um apertamento dentário, entretanto têm pessoas que possuem todos os sintomas do Bruxismo, então sofrem com o apertamento dentário, mas não rangem e desgastam os dentes.

 

Por que é necessário tratar

O motivo de tratar o Bruxismo se refere justamente aos sintomas que ele provoca: uma pessoa que está estressada e com Bruxismo, acaba se estressando mais ainda com os sintomas que ele causa. Ranger de dentes (o que deixa-os desgastados e até com o esmalte afetado); dor na musculatura ao abrir e fechar a boca; forte apertar sentido nos dentes deixando-os doloridos ou soltos; dores de cabeça constantes e até doenças periodontais (acometendo o osso, que é o suporte do dente).

Em certos quadros clínicos, o Bruxismo gera a destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva (por isso falamos das doenças periodontais). Ele pode também afetar a articulação da mandíbula, que é a chamada Síndrome da Articulação Têmporo-Mandibular (ATM) ou a Disfunção Têmporo-Mandibular (DTM). São vários sintomas que ele causa, por isso que requer cuidados especiais, para evitar que a saúde corporal e bucal fiquem debilitadas.

 

Como é o tratamento

Quem sofre com algum dos sintomas citados ou mesmo que não sinta e está em falta com as consultas regulares ao dentista, vale a pena uma visita à clínica para fazer uma avaliação. Se identificado que é necessário tratar o Bruxismo, o dentista irá orientar sobre o que é preciso ser feito: geralmente o indivíduo terá que usar um dispositivo na hora de dormir que é feito sob medida, parecido com um mordedor, no qual ele encaixa-se sobre os dentes superiores para protegê-los do contato com os inferiores, evitando o desgaste.

Esta placa noturna não cura o Bruxismo, é apenas uma medida paliativa! O paciente que sofre com o distúrbio precisa melhorar o estresse que tem passado, por isso encontrar meios de relaxamento é mais do que necessário – desde um acompanhamento com psicólogo, terapias alternativas, alguma atividade física, enfim, é encontrar uma válvula de escape para o estresse que é a causa de tudo. Dependendo do caso, uma mordida anormal, o dentista poderá tratar com restaurações, coroas ou ortodontia (porém repetimos: o estresse precisa ser tratado!).

O Bruxismo é uma doença que sinaliza o que nós sempre lutamos para conseguir ter no dia a dia: uma rotina mais leve, sem deixar de fazer as tarefas necessárias e ainda conciliando com os cuidados essenciais da saúde bucal e corporal. Não sabemos qual é ou será a sua válvula de escape, mas sabemos que aqui na Mr. Clean você encontra o apoio necessário para tratar e prevenir este distúrbio, sorrindo pra vida com saúde e leveza!

Você também pode gostar de:


Qual o valor de um implante?

Qual o valor de um implante?

Se você chegou até aqui procurando quanto investir em um implante dentário e não quer ler até o fim do post, saiba que a única forma de ter um planejamento real é marcando uma avaliação. Então primeiro, leia atentamente as opções abaixo: ( ) Perdi um ou mais dentes ( ) Posso perder uma prótese fixa, pois um ou mais dentes naturais se enfraqueceram e estão moles ( )...
6 DICAS PARA SE TER MUITOS SORRISOS EM 2017

6 DICAS PARA SE TER MUITOS SORRISOS EM 2017

Mais um ano termina e a vida se renovará por mais 365 dias, um dos milagres divinos para que todos possam correr atrás dos objetivos carregados no peito. E aí, você já está se preparando para 2017 ter o máximo possível de sorrisos? Se você já fez seu planejamento anual, parabéns! Se ainda não tiver feito, não se preocupe que ainda dá tempo! Pegue lápis ou caneta e aquele...
CÁRIE, AQUELA QUE ESTÁ NA BOCA DO POVO

CÁRIE, AQUELA QUE ESTÁ NA BOCA DO POVO

ENTENDA E APRENDA AGORA COMO SE PREVENIR DESSA DOENÇA Um dos alertas que todos nós ouvimos falar desde a infância é sobre a terrível cárie. Os pais ensinam aos filhos que escovar os dentes é importante para ‘não dar cárie’, e que comer muitos doces também favorece a doença. Pois bem, para que você e sua família saibam um pouco mais sobre essa vilã da saúde bucal, confira a...
A RELAÇÃO DA SAÚDE EMOCIONAL COM A SAÚDE BUCAL

A RELAÇÃO DA SAÚDE EMOCIONAL COM A SAÚDE BUCAL

Tem hora que ao atendermos pacientes reclamando de alguma dor de dente, coincide deles falarem que haviam passado por um momento de estresse emocional horas antes do dente começar a doer. Ou que a rotina está muito puxada. Qualquer que seja o motivo, se ele está ligado à saúde emocional de uma pessoa, com certeza o desequilíbrio desta saúde pode afetar a saúde bucal. Nas próximas linhas a gente...
RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

Vários fatores podem ocasionar que uma pessoa tenha uma noite mal dormida, como sobrepeso, maus hábitos, rotina inexistente, problemas psicossociais, doenças orgânicas, medicamentos e fatores otorrinolaringológicos ou odontológicos. Exatamente, ronco e apneia são uma das causas que afetam o sono. A notícia boa é que para ambos existe tratamento e ele pode ser feito, inclusive, no dentista. A gente vai explicar mais, olha só.   Diferença entre ronco e...
Necessidade de ir ao dentista

Necessidade de ir ao dentista

A falta de informação é grande inimiga do sorriso. Ir ao dentista com frequência é a melhor forma de manter o sorriso em dia. Além do tratamento, o dentista pode tirar dúvidas sobre dentes e saúde bucal no geral, incluindo lábios, língua, e gengiva. Com avanço da tecnologia o tratamento dentário está mais acessível, e a Mr. Clean oferece planejamento por etapa, o que deixa o cliente a vontade...