(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

Clareamento dental: quem pode fazer?

Clareamento dental: quem pode fazer?

Certas bebidas (café, refrigerantes, chás, sucos etc) podem causar manchas e assim provocar o escurecimento dos dentes com o passar do tempo. Frente a este fato, o clareamento dental é o tratamento mais pedido nos consultórios odontológicos, ele faz parte da famosa odontologia estética. O texto de hoje vai te explicar alguns aspectos importantes sobre este tipo de tratamento que é um dos potencializadores de um belo sorriso.

Como ocorre o clareamento

O tratamento é feito sempre sob a orientação de um dentista, que irá avaliar as condições da saúde bucal do paciente para receber o clareamento (é importante, inclusive, que o dentista peça radiografias).

Após ser feita esta avaliação, que é essencial para o bem-estar do paciente, o procedimento pode ser feito por gel clareador ou por laser. Ambos irão atuar na intimidade do esmalte e dentina, permitindo assim a “quebra” das moléculas dos pigmentos causadores de manchas, liberando-as do dente e tornando-o mais claro.

Quem pode clarear os dentes?

Muito se engana quem acha que não há uma idade mínima para fazer o clareamento dental. A faixa etária que permite realizar o tratamento é a partir dos 16 anos de idade. O procedimento também é restrito para as gestantes, pessoas com alta sensibilidade nos dentes, pessoas que fizeram quimioterapia e radioterapia há pouco tempo e para os casos de dentes com restaurações muito volumosas (ou até com trincas), endodontia (tratamento de canal), próteses e implantes (que acabam não surtindo efeito com o clareamento).

Indivíduos cujos dentes sofreram com o uso de tetraciclina (antibióticos), hipoplasia dentinária (má formação do esmalte) e fluorose dentária também precisam ser avaliados pelo dentista se vale a pena efetuar o tratamento. Toda precaução é importante de se ter para evitar consequências desagradáveis ao paciente, afinal o clareador é um ácido – por exemplo, há casos de pessoas que precisam fazer um tratamento de canal primeiro, antes de clarear os dentes.

Por que fazer o clareamento dental

Vários motivos levam uma pessoa a querer fazer o clareamento dental. O fato é que o escurecimento dos dentes é uma característica em que todos nós estamos suscetíveis com o passar dos anos. Manter uma limpeza bucal diária completa com escova e fio dental não é garantia dos dentes se manterem sempre brancos (muitos alimentos e bebidas interferem na cor dos dentes, como falamos no início do texto).

Casamento chegando, baile de formatura, uma viagem importante, o início de um emprego que a apresentação pessoal é imprescindível e outros eventos podem levar também as pessoas a fazerem um clareamento dental. Este motivo está bem atrelado a outro grande objetivo que as pessoas possuem quando procuram o clareamento dental no consultório odontológico: a vontade de investir na imagem pessoal e assim transformar o sorriso, deixando-o mais branquinho e belo, é claro.

Com o início do próximo ano se aproximando e as inúmeras possibilidades de conquistas para 2017, já pensou em investir em um sorriso lindo e contagiante? Venha visitar a gente para conversar sobre o clareamento dental, estamos à disposição para tirar qualquer dúvida sobre o tratamento. Mude para uma vida mais sorridente com a Mr. Clean!

Você também pode gostar de:


5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

Corrigir a posição dos dentes na arcada dentária sem ninguém notar. O sonho de muitas pessoas tem virado realidade graças ao tratamento ortodôntico pelo aparelho invisível. As celebridades e pessoas que valorizam a autoimagem têm adorado este tipo de tratamento, e por isso separamos as principais vantagens que ele oferece, olha só. Mais do que discreto, invisível mesmo O aparelho invisível é praticamente imperceptível. Com ele, o sorriso continua...
Sem saliva, sem saúde

Sem saliva, sem saúde

Você sabia que na terceira idade nosso organismo já não é como na juventude? A saúde bucal comprometida vai afetar diretamente a condição nutricional, o estado físico e mental do indivíduo, além de diminuir o prazer de uma vida social ativa. A diversidade de conceitos, circunstâncias de vida e até a falta de informação podem afetar a aceitação, a procura e a realização bem sucedida de um tratamento dentário....
Terapia do Sorriso

Terapia do Sorriso

A terapia do sorriso começou nos EUA em 1960, e tem uma potente ação sobre a cura e prevenção de doenças. O sorriso faz com que o cérebro libere endorfina e serotonina, essas substâncias ajudam a curar e prevenir doenças, por isso é importante sorrir, principalmente quando estamos doentes! Você já ouviu falar nos Doutores da Alegria? Eles acreditam na cura através do Sorriso. Com um sorriso funcional e...
DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

DOENÇAS IDENTIFICADAS PELOS DENTISTAS

Muito se engana quem acha que o dentista cuida só da saúde da boca e dos dentes. A cada consulta ele analisa o quadro clínico da saúde bucal e dela com o resto do corpo. Caso o profissional suspeite que exista algum desequilíbrio (glicose alta, baixa imunidade, etc), o dentista orienta o paciente da necessidade de procurar um médico. A saúde bucal anda junto com a saúde corporal, por...
Necessidade de ir ao dentista

Necessidade de ir ao dentista

A falta de informação é grande inimiga do sorriso. Ir ao dentista com frequência é a melhor forma de manter o sorriso em dia. Além do tratamento, o dentista pode tirar dúvidas sobre dentes e saúde bucal no geral, incluindo lábios, língua, e gengiva. Com avanço da tecnologia o tratamento dentário está mais acessível, e a Mr. Clean oferece planejamento por etapa, o que deixa o cliente a vontade...
APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

APARELHO: MELHOR O TRANSPARENTE OU O INVISÍVEL?

Dentre os caminhos atuais da odontologia estética, quem decide usar aparelho ortodôntico para transformar o sorriso acaba se deparando com as opções mais estéticas, além da metálica. Ao analisar qual tratamento é o que mais interessa o paciente, em comparação com o tradicional aparelho metálico, existem os métodos transparente ou invisível. Conhecer um pouco sobre cada um é o primeiro passo para a escolha certa.   Iguais nos objetivos,...