(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

O aleitamento materno é um hábito vital para o recém-nascido, saiba os porquês   Falar sobre a saúde bucal dos bebês é um assunto que amamos, e por isso vamos falar da importância da amamentação no desenvolvimento do rostinho deles. Por incrível que pareça, quando o bebê se alimenta do leite materno diretamente no seio da mãe, ele está contribuindo para a formação de sua própria face. Olha só que interessante.   Benefícios gerais da amamentação   São diversos os benefícios que ela gera, como desenvolvimento do sistema imunológico do bebê (evitando alergias, anemia, doenças futuras, cólicas) assim como da mãe (o risco de câncer de mama é diminuído), aumento do laço afetivo. Queremos dar destaque para o estímulo que este hábito provoca no crescimento e desenvolvimento correto da musculatura oral do bebê. Ou seja, todo a formação facial é aprimorada pelo aleitamento materno, inclusive o desenvolvimento da fala. Fantástico, não é?   Aleitamento materno é um exercício para o bebê   Ao mamar diretamente no seio materno, o bebê faz a primeira ginástica facial que lhe é capaz, o que estimula corretamente os ossos do rostinho dele. Desta forma a face e a dentição crescem em harmonia, facilitando uma boa oclusão dos dentes (o que evita a necessidade de tratamentos ortodônticos e extrações no futuro). Já o bebê que só se alimenta pela mamadeira a oclusão e posicionamento dentário não serão bons, afetando o crescimento dos dentes de leite e dos permanentes.   Bebês preparados para a mastigação   O movimento de sucção do leite materno é um preparo para quando o bebê tiver que se alimentar de...
A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

Entenda como se dá esse processo e como os pais podem amenizá-lo para o bebê Se tem uma coisa que é capaz de conquistar todo mundo é o sorriso de um bebê. Com ou sem dentes, a expressão facial desses seres humaninhos é tão linda e fofa que desmonta qualquer um. Agora, pergunta para os pais se quando os dentinhos começam a aparecer o bebê fica só a sorrisos? No texto de hoje, você vai entender o que estamos falando. Quais dentinhos nascem primeiro? Nessa época de acompanhamento do bebê com o dentista pediatra, é sempre bom saber quais dentes aparecem primeiro na boca. Normalmente, nascem primeiro os incisivos centrais de baixo, depois os dois correspondentes de cima, em seguida vêm os que ficam ao lado e por último os segundos molares (os do fundo da boca).   Há um período específico para o nascimento? Não há. O comum é o primeiro dentinho surgir por volta dos 6 meses (em alguns bebês surge aos 3 meses ou 12 meses). Como o crescimento e desenvolvimento da dentição, tanto de leite quanto permanente, está ligada a vários fatores, como o genético, por exemplo, é super normal ocorrer essa variação. Ao completar três anos, o baby precisa já ter todos os 20 dentes de leite (essa nomenclatura surgiu, pois eles são mais claros que os dentes permanentes, ou seja, são brancos como o leite).   O que fazer com os sintomas que o neném sente? É comum que durante a fase de crescimento dos dentes decíduos (de leite), o bebê tenha sintomas desagradáveis que refletem o desenvolvimento da dentição que está sendo...
CAMPANHA CONTRA A CÁRIE DE MAMADEIRA

CAMPANHA CONTRA A CÁRIE DE MAMADEIRA

Quando os bebês nascem e começam a crescer, junto com eles nascem os primeiros incisivos, geralmente os dois inferiores da frente. Como esta é a fase que os pequeninos bebem muito leite e outros líquidos na mamadeira, é comum acontecer a chamada cárie de mamadeira. Se descoberta no início, a cárie tem fácil tratamento e não causa dor. Se protelar, o problema fica cada vez mais incômodo e grave. Agora imagine isso em um bebê? Não é nada saudável e totalmente perigoso para a saúde da criança, a gente te explica mais logo abaixo. O que é a cárie de mamadeira A bactéria que causa a doença cárie é a mesma: tanto para bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos. Por isso já podemos deduzir que os cuidados com a saúde bucal devem acontecer desde cedo, começando na primeira infância. A famosa cárie de mamadeira é aquela que surge muitas vezes por causa do hábito errado de deixar o bebê ou a criança dormir tomando mamadeira. Ao dormir sem fazer a higiene bucal, o açúcar presente nos líquidos (até no leite materno tem açúcar, é a lactose) acaba se alojando nos dentes e assim favorecendo a invasão e proliferação de bactérias causadoras da cárie. Outros hábitos inadequados como beijar a boca do bebê, limpar o bico da chupeta ou mamadeira com a própria boca (até provar a temperatura do leite diretamente no bico não é bom) ou assoprar a papinha para esfriar são atitudes capazes de transmitir as bactérias dos pais para a boca do neném, elevando a chance de aparecer cáries.   Por que evitar a cárie nos dentes...