(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG
Aparelho Invisível X Aparelho Comum: qual o melhor para você?

Aparelho Invisível X Aparelho Comum: qual o melhor para você?

Ter um sorriso bonito e saudável tem hora que exige alguns sacrifícios. O uso de aparelho nos dentes é um deles, afinal é algo que será colocado na boca por um período de tempo de forma a transformar o sorriso para melhor. Você é o tipo de pessoa que tentaria de tudo para não ter um sorriso metálico ou não se importa pois sabe que será um uso passageiro e que compensará pelo resultado final? Na dúvida entre aparelho invisível e aparelho comum, vem com a gente para entender as diferenças entre eles. Eles não são a mesma coisa O aparelho invisível é um tratamento bem diferente do aparelho comum (o aparelho fixo e outros tipos que falaremos a seguir) e não é toda pessoa que pode escolher qual irá usar. Na realidade, a escolha precisa ser feita sob orientação do dentista, que é o profissional preparado para dizer se certo tratamento trará o retorno satisfatório para a saúde bucal do paciente. Cada um deles possuem vantagens e desvantagens, falaremos as principais delas. Aparelho invisível: para quem busca estética e conforto Sim, ele é o tratamento ideal para os pacientes que não querem de forma alguma ter um sorriso metálico. Porém não é qualquer pessoa que pode usar o aparelho invisível porque ele corrige só casos específico. Ele é totalmente discreto e parece com aquelas placas de bruxismo. Pode ser retirado para comer e higienizar os dentes (tem que dormir com ele) ou em ocasiões específicas, o que gera o risco de perda ou de uso por tempo abaixo do recomendado. E quanto custa o aparelho ortodôntico invisível? O...
SORRISOS BRANCOS E APAIXONADOS

SORRISOS BRANCOS E APAIXONADOS

Na semana dos Namorados, resolvemos falar sobre amor. Não, espera, vamos falar sobre os sorrisos que o amor provoca. Todo indivíduo apaixonado sai por aí sorrindo à toa, espalhando alegria, num é mesmo? Agora imagine quando essa pessoa tem um sorriso branco? Ela sorri ainda mais, segura de si e atraindo olhares e outros sorrisos. O amor está no ar e os sorrisos com dentes brancos estão aqui no blog dessa semana, vem ver.   Todo mundo ama dentes brancos   Você, seu amor, e as pessoas à sua volta que interagem com você também gostam de ver um sorriso com dentes branquinhos, clareados, que dão gosto de observar. Quem tem o sorriso branco não sente medo de se expressar nas atividades rotineiras, em eventos ou em apresentações em público. Portanto, dentes bonitos elevam a autoestima, o amor próprio.   Em compromisso com um sorriso bonito   E também com todas as outras oportunidades que você pode viver, inclusive ao lado do seu amor. Um sorriso branco e saudável torna tudo mais fácil, causa boa impressão, faz bem para você e para seus relacionamentos (amorosos, profissionais, de amizade, familiares). Porque ter uma higiene bucal correta não é garantia de sorriso branco, com o passar dos anos alguns fatores influenciam na cor dos dentes (genética, medicação, problemas de canal, certas bebidas e alimentos ingeridos).   O amor requer cuidados, assim como o sorriso   O tratamento mais efetivo e seguro de clareamento é prescrito por dentistas, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) determina. Cada caso de pessoa que deseja clarear os dentes precisa ser avaliado por um profissional...
Clareamento dental: quem pode fazer?

Clareamento dental: quem pode fazer?

Certas bebidas (café, refrigerantes, chás, sucos etc) podem causar manchas e assim provocar o escurecimento dos dentes com o passar do tempo. Frente a este fato, o clareamento dental é o tratamento mais pedido nos consultórios odontológicos, ele faz parte da famosa odontologia estética. O texto de hoje vai te explicar alguns aspectos importantes sobre este tipo de tratamento que é um dos potencializadores de um belo sorriso. Como ocorre o clareamento O tratamento é feito sempre sob a orientação de um dentista, que irá avaliar as condições da saúde bucal do paciente para receber o clareamento (é importante, inclusive, que o dentista peça radiografias). Após ser feita esta avaliação, que é essencial para o bem-estar do paciente, o procedimento pode ser feito por gel clareador ou por laser. Ambos irão atuar na intimidade do esmalte e dentina, permitindo assim a “quebra” das moléculas dos pigmentos causadores de manchas, liberando-as do dente e tornando-o mais claro. Quem pode clarear os dentes? Muito se engana quem acha que não há uma idade mínima para fazer o clareamento dental. A faixa etária que permite realizar o tratamento é a partir dos 16 anos de idade. O procedimento também é restrito para as gestantes, pessoas com alta sensibilidade nos dentes, pessoas que fizeram quimioterapia e radioterapia há pouco tempo e para os casos de dentes com restaurações muito volumosas (ou até com trincas), endodontia (tratamento de canal), próteses e implantes (que acabam não surtindo efeito com o clareamento). Indivíduos cujos dentes sofreram com o uso de tetraciclina (antibióticos), hipoplasia dentinária (má formação do esmalte) e fluorose dentária também precisam ser avaliados pelo...