(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
DIVERSÃO COM SORRISO SAUDÁVEL

DIVERSÃO COM SORRISO SAUDÁVEL

Piscina, parque, brincadeiras de correr e pular. Chegou a época das crianças curtirem as férias. Tempo bom para elas aproveitarem a infância, é esperado que os pais ou responsáveis fiquem de olho nas atividades recreativas, assim como também na saúde bucal. Férias não significa deixar o cuidado com os dentes de lado e com medidas simples você orienta e cuida da meninada, saiba mais a seguir.   Acompanhar as brincadeiras e esportes Não interprete como: “impedir que a criança brinque”. É que certos tipos de recreações geram riscos à criança – ela pode escorregar; tropeçar; bater a boca na borda da piscina, cair de bicicleta, patinete ou patins etc. Evitar machucados e lesões na boca e nos dentes é bom para que o desenvolvimento natural dos dentes e arcada ocorra sem complicações. Dependendo do esporte, dar um protetor bucal para proteger os dentes é uma boa saída.   Hidratar o corpo com muito líquido Nas férias de final de ano as temperaturas sobem por causa do verão e o corpo transpira muito. Os pequenos transpiram ainda mais porque eles não param, é a inquietude comum da fase. Água mineral, sucos naturais, água de coco, chás gelados: não importa qual bebida natural você vai dar para a criançada ficar hidratada. Um corpo bem hidratado mantém a produção de saliva no nível normal, evitando boca seca e o surgimento de doenças bucais.   Alimentação sem exagerar no açúcar Cinema, parque de diversões, piquenique na praça, passeio nos parques e museus, se a criança está na rua e ver alguma guloseima é certeza dela pedir. De salgadinhos a doces, os pequenos podem...
TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria, né?   Desconfortos na boca e nos dentes em dias frios A boca possui temperatura constante de 36ºC a 38ºC e no inverno a temperatura do ambiente cai bastante, atingindo 10ºC. Este fenômeno, chamado inversão térmica, pode gerar incômodos. As pessoas que não estão com lesão ou trauma nos dentes talvez sintam uma sensibilidade maior a ponto de terem que usar cremes dentais específicos. Quem está com algum tipo de problema bucal tem mais chance de sofrer com o frio, afinal a tendência é que a temperatura baixa aumente os sintomas. Outras sensações comuns da época são quanto aos resfriados, gripes e sinusites que deixam a boca ressecada durante o sono – as sinusites podem provocar dores nos molares e pré-molares devido à possibilidade da inflamação atingir os seios maxilares, onde ficam estes dentes.   Cuidados com a saúde bucal no inverno O ideal é não exagerar no consumo de certos tipos de bebidas e alimentos calóricos. Como o café, vinho e chás escuros possuem muitos pigmentos e geralmente são adoçados, eles costumam comprometer a saúde bucal (manchas, cáries, corrosão do esmalte e dores). Os carboidratos e chocolates também são os queridinhos da estação e também das cáries, devido ao...