(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

O vazio na boca provocado pela falta de um ou mais dentes é solucionado com os implantes dentários. E se pararmos para falar sobre a eficácia desse método, entram em cena os cuidados que todo paciente precisa ter, tanto após a cirurgia, quanto de forma constante por toda a vida a fim de evitar riscos. Então confira as orientações a seguir.   Atenção logo após a cirurgia do implante   O indicado é ter prudência nas primeiras 72 horas. Repousar; tomar os remédios na hora certa; comer sorvete ou alimentos gelados para aliviar a dor (fazer compressas de gelo quando o dentista recomendar); não ingerir alimentos e bebidas duros, quentes ou ácidos nos primeiros dias; caprichar na higiene bucal (sem aplicar força na escova); evitar bebida alcoólica ou cigarro; não assoar o nariz ou cuspir; não mastigar na área do implante durante a cicatrização. Em caso de edemas, sangramentos persistentes ou indícios de alergia a algum dos medicamentos (coceiras, mudanças no tom da pele, manchas), consultar o dentista o mais rápido possível.   Riscos oriundos da falta de cuidado   Não adotar aquelas medidas de cautela aumenta as chances do paciente ter chateações após o procedimento cirúrgico, como infecções (o que é péssimo); complicações nas raízes dos dentes vizinhos; um implante frouxo (fica saindo) ou até mesmo a perda do implante (investimento jogado fora, infelizmente). Por isso é tão importante levar a sério o período de cicatrização e também a manutenção, afinal tudo interfere na duração do implante.   Desconfortos relacionados ao descaso com os implantes A questão da higienização e manutenção corretas dos implantes é algo muito sério,...
A pouco falada Odontologia do Esporte

A pouco falada Odontologia do Esporte

No clima que o Brasil viveu de Olimpíadas e agora com as Paralimpíadas, é comum pensarmos na saúde de ouro que um atleta precisa ter para auxiliá-lo na conquista de uma medalha. O que poucas pessoas refletem é que todo o corpo precisa estar saudável, inclusive a boca e os dentes. A seguir, falaremos um pouco sobre o assunto. O que é a Odontologia do Esporte Um atleta profissional costuma ter um técnico e uma equipe médica à sua disposição para que todo seu organismo seja acompanhado e funcione da melhor forma possível. Dentre os profissionais que o acompanham, é de suma importância a presença de um dentista, fazendo análises que englobam as dietas e os movimentos que o treino exige. É preciso que ocorra uma parceria entre dentista e atleta não só por motivos estéticos que a exposição na mídia exige, mas também por questões de desempenho no esporte. O objetivo é prevenir e tratar problemas bucais que possam surgir e os traumas inesperados que acontecem, qualquer impacto acaba afetando a mandíbula e toda a boca – no caso de esportes de contato, as lesões são recorrentes e exigem ainda mais atenção e cuidado. Outro fator que justifica o cuidado com a saúde bucal é a dieta dos atletas, programa alimentar muitas vezes rico em carboidratos e bebidas energéticas com alto teor de açúcar que favorecem o desenvolvimento de cárie e erosão ácida dos dentes. Negligência com os dentes afeta o treino Várias consequências podem surgir na vida de um atleta que não faz acompanhamento com o dentista, desde infecções bucais (cáries, gengivites, tratamento de canal, por exemplo),...