(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria, né?   Desconfortos na boca e nos dentes em dias frios A boca possui temperatura constante de 36ºC a 38ºC e no inverno a temperatura do ambiente cai bastante, atingindo 10ºC. Este fenômeno, chamado inversão térmica, pode gerar incômodos. As pessoas que não estão com lesão ou trauma nos dentes talvez sintam uma sensibilidade maior a ponto de terem que usar cremes dentais específicos. Quem está com algum tipo de problema bucal tem mais chance de sofrer com o frio, afinal a tendência é que a temperatura baixa aumente os sintomas. Outras sensações comuns da época são quanto aos resfriados, gripes e sinusites que deixam a boca ressecada durante o sono – as sinusites podem provocar dores nos molares e pré-molares devido à possibilidade da inflamação atingir os seios maxilares, onde ficam estes dentes.   Cuidados com a saúde bucal no inverno O ideal é não exagerar no consumo de certos tipos de bebidas e alimentos calóricos. Como o café, vinho e chás escuros possuem muitos pigmentos e geralmente são adoçados, eles costumam comprometer a saúde bucal (manchas, cáries, corrosão do esmalte e dores). Os carboidratos e chocolates também são os queridinhos da estação e também das cáries, devido ao...
NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

As temperaturas caem e a imunidade das pessoas também caem. Isso porque as doenças de outono e inverno são enfermidades típicas da época, que acabam se espalhando e trazendo incômodos para todos nós. Como praticamos a filosofia de que prevenir é melhor do que remediar, se liga nas orientações que preparamos pra você curtir o friozinho da estação com muita saúde.   Por que aumentam as doenças respiratórias nessa época   Com o frio as vias aéreas (em resumo são: nariz, boca, garganta e pulmões) de muita gente irrita. Para piorar, a umidade relativa do ar cai e ocorre a inversão térmica (a poluição fica acumulada na atmosfera). Junte esses fatores às concentrações de pessoas em locais fechados e pouco arejados, usando roupas e cobertores de lã que ficaram guardados e acumularam poeira. O resultado é o aumento de doenças respiratórias mesmo.   Quais são as mais comuns   Nessa época do ano ocorrem muitos quadros de doenças respiratórias infecciosas, inflamatórias e alérgicas. As mais comuns são as infecções respiratórias, com destaque para a gripe e o resfriado. Uma observação importante é a diferença entre as duas: a gripe é causada somente pelo vírus influenza e é mais grave. Ela apresenta os sintomas do resfriado (causado por vários vírus) como coriza e corpo ruim, mais febre alta – pode deixar a pessoa acamada.   Há outras doenças que geram incômodos para as pessoas devido à transmissão que elas possuem: pela saliva quando o infectado fala, tosse ou espirra. Entram nesse grupo a pneumonia (que é um perigo enorme pois pode surgir de uma gripe mal curada), a tuberculose e...