(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
CIGARRO? NÃO, A SAÚDE BUCAL AGRADECE

CIGARRO? NÃO, A SAÚDE BUCAL AGRADECE

Vamos combinar que não só a saúde bucal, mas a saúde geral do seu corpo agradece por você não fumar. Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Fumo e por isso decidimos falar sobre os riscos que este péssimo hábito causa para quem faz uso de cigarro branco, de palha, charuto, narguilé, drogas, dentre outros tipos. Para além do sorriso amarelado e o mau cheiro impregnado, tragar substâncias não é bom, confira.   Por que o tabagismo faz mal à saúde Ao fumar um cigarro ou outra espécie de tabaco, uma pessoa tem as substâncias químicas prejudiciais passando primeiro pela boca e garganta. À medida que o comportamento se repete, as chances de prejudicar a cavidade oral aumentam, o que gera o câncer de boca. Outra consequência do tabagismo é o enfraquecimento do sistema imunológico que ele provoca, alterando a capacidade de combater bactérias presentes na boca (retarda a cicatrização gengival), acarretando nas doenças periodontais.   O câncer bucal Praticamente todos nós aprendemos, desde criança, que o fumo não faz bem para o corpo, porém mesmo assim algumas pessoas adquirem o hábito. Não entraremos em questões culturais aqui, devemos orientar quanto à prevenção e manutenção da saúde bucal. Crescemos também ouvindo falar do câncer bucal provocado por tabagismo, o que é um fato: a ciência já comprovou que a maioria dos casos desta gravíssima doença ocorre em ex-fumantes. O motivo é que esta enfermidade acontece por causa de mutações nas células sadias da boca, alterações provocadas pelo tabagismo.   As doenças bucais oriundas do fumo Só que não é apenas com o câncer de boca que devemos nos...
TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria, né?   Desconfortos na boca e nos dentes em dias frios A boca possui temperatura constante de 36ºC a 38ºC e no inverno a temperatura do ambiente cai bastante, atingindo 10ºC. Este fenômeno, chamado inversão térmica, pode gerar incômodos. As pessoas que não estão com lesão ou trauma nos dentes talvez sintam uma sensibilidade maior a ponto de terem que usar cremes dentais específicos. Quem está com algum tipo de problema bucal tem mais chance de sofrer com o frio, afinal a tendência é que a temperatura baixa aumente os sintomas. Outras sensações comuns da época são quanto aos resfriados, gripes e sinusites que deixam a boca ressecada durante o sono – as sinusites podem provocar dores nos molares e pré-molares devido à possibilidade da inflamação atingir os seios maxilares, onde ficam estes dentes.   Cuidados com a saúde bucal no inverno O ideal é não exagerar no consumo de certos tipos de bebidas e alimentos calóricos. Como o café, vinho e chás escuros possuem muitos pigmentos e geralmente são adoçados, eles costumam comprometer a saúde bucal (manchas, cáries, corrosão do esmalte e dores). Os carboidratos e chocolates também são os queridinhos da estação e também das cáries, devido ao...