(31) 3284-3223 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

TEMPERATURAS BAIXAS, SORRISO SAUDÁVEL EM ALTA

O frio costuma trazer não só as temperaturas mais baixas, ele traz também a possibilidade de desconfortos bucais. Para que certos sintomas não atrapalhem quem gosta de curtir o friozinho da estação (que este ano veio com uma intensidade maior), é bom ficar de olho nos cuidados citados a seguir. Ranger de dentes por causa de dor ou incômodo não dá, só em caso de bater uma brisa fria, né?

 

Desconfortos na boca e nos dentes em dias frios

A boca possui temperatura constante de 36ºC a 38ºC e no inverno a temperatura do ambiente cai bastante, atingindo 10ºC. Este fenômeno, chamado inversão térmica, pode gerar incômodos. As pessoas que não estão com lesão ou trauma nos dentes talvez sintam uma sensibilidade maior a ponto de terem que usar cremes dentais específicos.

Quem está com algum tipo de problema bucal tem mais chance de sofrer com o frio, afinal a tendência é que a temperatura baixa aumente os sintomas. Outras sensações comuns da época são quanto aos resfriados, gripes e sinusites que deixam a boca ressecada durante o sono – as sinusites podem provocar dores nos molares e pré-molares devido à possibilidade da inflamação atingir os seios maxilares, onde ficam estes dentes.

 

Cuidados com a saúde bucal no inverno

O ideal é não exagerar no consumo de certos tipos de bebidas e alimentos calóricos. Como o café, vinho e chás escuros possuem muitos pigmentos e geralmente são adoçados, eles costumam comprometer a saúde bucal (manchas, cáries, corrosão do esmalte e dores). Os carboidratos e chocolates também são os queridinhos da estação e também das cáries, devido ao aumento da microbiota oral que eles provocam.

Os dias frios fazem com que o corpo transpire menos, diminuindo a sede e aumentando a chance do corpo desidratar. Além disso, a boca seca reduz a produção de saliva e assim dificulta a lubrificação oral, favorecendo problemas bucais. Beber pouca água nessa época pode ainda deixar os lábios rachados (use manteiga de cacau ou protetor labial com filtro solar, só não pode é compartilhar o seu com os outros, nem com crianças, ok?).

 

Aproveite e faça um check-up nas férias

Os alertas e dicas não são para você deixar de aproveitar o inverno, pelo contrário: são para que você curta a estação com total saúde! E para finalizar os conselhos, temos que dizer sobre a oportunidade de fazer uma avaliação no dentista para saber como anda a sua saúde bucal e a da sua família (como as crianças estarão de férias, aproveite o tempo livre).

Fortalecer a saúde bucal é também fortalecer a saúde corporal, afinal ambas estão intimamente interligadas em nosso organismo. A importância de prevenir mais do que remediar é grande (você já conhece o nosso PAP – Programa de Acompanhamento Preventivo?), inclusive em se tratando da boca e dos dentes. Por isso não hesite em marcar uma avaliação com nossa equipe, marcando agora nas férias a família toda se prepara para sorrir para o segundo semestre do ano com saúde, beleza e alegria!

Você também pode gostar de:


SAIBA COMO SE PREVENIR DA HALITOSE

SAIBA COMO SE PREVENIR DA HALITOSE

O que é essa tal de halitose? Entenda! Mesmo que o termo pareça ser nome de doença, a halitose nada mais é que o mau hálito, o incômodo que alguns sentem quando abrem a boca para falar ou respirar. É um assunto considerado meio que um tabu, pois há pessoas que sabem que têm, as que acham que que têm e as que não sabem que têm (é um problema até psicológico e delicado de se lidar,  afinal incomoda tanto quem possui, quanto quem está perto de uma pessoa que possui). Separamos algumas informações para que você, quem sabe não consiga ajudar aquela pessoa mais íntima (parente, amigo) que, infelizmente, sofre com isso?   As causas do mau hálito   Já está comprovado que a grande maioria dos casos de halitose começa na própria boca. Cerca de 90% dos casos se relacionam à falta de limpeza da língua, o que gera a saburra lingual (placa bacteriana esbranquiçada que fica no fundo da língua). Os outros 10% são referentes aos casos de restaurações mal adaptadas ou quando a pessoa come certos tipos de alimentos (cebola e alho, por exemplo); ingere muito álcool; fuma; costuma ter a boca seca ou está com algum desequilíbrio no corpo – doença periodontal, diabetes, insuficiência renal, infecções respiratórias ou no aparelho gastrointestinal.   Os pacientes que passam por tratamento de radioterapia, costumam ter a produção de saliva reduzida, o que gera mau hálito (dependendo, se preciso, eles podem até usar saliva artificial para ajudar na lubrificação da boca). Todas essas hipóteses elevam as chances de uma pessoa ter mau hálito. Lembrando que hoje já existem...
VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

Vamos pra balada, pura energia e animação. Solteiros, na pista, beijar muuuuito é a meta da maioria. Sem compromisso tudo é diversão. A nossa saliva é um dos fluídos corporais mais complexos, responsável pela lubrificação e proteção de toda cavidade bucal, auxilia na mastigação, deglutição, fala, beijo e começo da digestão. Controla os níveis de água no organismo, reduz a acidez da boca, previne cáries e enfermidades. Poderosa essa tal de saliva sobre a qual pouco sabemos. Usada até pra curas na crendice popular, a saliva contém uma enzima chamada lisozima, que é bactericida e cicatrizante, por isso os animais lambem suas feridas pra cicatrizar. Mas, ela não é capaz de barrar a transmissão da Mononucleose causada pelo vírus Epstein-Barr (VEB), que é mais comum na população jovem, de 15 a 25 anos. A chamada “FEBRE DO BEIJO” é real, tem sintomas parecidos com problemas respiratórios de inverno, febre alta, dor de garganta, fadiga, inchaço dos gânglios linfáticos, tosse, perda de apetite, inflamação do fígado, hipertrofia do baço e seu rompimento, em casos mais graves. As duas últimas podem trazer sérias complicações se não for diagnosticada e tratada adequadamente. O vírus de Epstein-Barr(mononucleose) tem sido relacionado, também, com o linfoma de Burkitt e alguns tipos de câncer de nariz ou garganta. Se você está infectado, pode ajudar a prevenir a propagação do vírus para outras pessoas: • Evite beijar o parceiro ou parceira • Não compartilhe alimentos, pratos, copos e outros utensílios por até vários dias após cessar os sintomas. O vírus Epstein-Barr pode persistir em sua saliva durante meses após a infecção. Não existe vacina para prevenir a...
SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

SEM MEDO DE SORRIR E SER FELIZ

Parodiando nosso ilustre Vinícius de Moraes, o texto de hoje começa com a seguinte reflexão: “nos perdoem as pessoas sérias, mas um sorriso no rosto é fundamental”. Carregar um sorriso no rosto faz toda a diferença no convívio social, seja em casa, na rua ou no trabalho, não é mesmo? Em qualquer idade, crianças, adolescentes e adultos são sempre bem vistos quando têm em sua fisionomia um belo sorriso, às vezes até capaz de encantar os demais. Infelizmente algumas pessoas possuem total vergonha em sorrir por causa de motivos estéticos dos dentes, ou são muitos tortos, ou a gengiva é exagerada, ou as “canjicas” são amarelas, tudo vira motivo para evitar o sorriso ou então para colocar a mão e esconder a boca na hora de rir. O ruim destas histórias de “sorrisos contidos” é que muitas pessoas deixam de expressar o que estão sentindo e que é uma das melhores sensações de se ter no mundo: a felicidade. Outro ponto negativo relacionado a um sorriso irregular são os obstáculos que podem surgir na carreira profissional de uma pessoa. Como as empresas avaliam muito a imagem do candidato à vaga, ter um sorriso que demonstra saúde, alegria e beleza é um grande diferencial na hora de ser contratado. Sem falar nos trabalhadores que lidam direto com o público e precisam sorrir para os clientes, a boa apresentação é um cartão de visitas deles. ­A busca por uma carreira de sucesso é marcada sim por um grande e belo sorriso, todos sabemos das histórias de celebridades (atrizes, atores, jogadores de futebol) que se renderam a este investimento. Um terceiro ponto...
A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

Está é a Semana das Crianças, seres humanos que iluminam a nossa vida com alegria e pureza. É comum presenteá-las com brinquedos para comemorar a data, porém a Mr. Clean tem uma pergunta séria a fazer: você como pai, mãe, avós, tios ou como responsável por uma criança, tem cuidado da saúde bucal dela? Pois os pequenos são novos demais para saberem como se cuida direito dos dentes e precisam de orientação. Acompanhe nas próximas linhas o que queremos dizer.   A presença dos pais para controlar a cárie dentária Doença crônica mais frequente entre as crianças de todo o mundo, a cárie dentária pode ser controlada, afinal sabe-se que ela é contagiosa, transmissível e infecciosa. Portanto o acompanhamento dos pais ou da pessoa responsável é essencial para evitá-la, todos sabemos que a criançada não possui maturidade o suficiente para construir hábitos saudáveis. Se deixar, elas comem guloseimas o tempo todo e ainda ficam sem escovar os dentes. A figura de um adulto orientando sobre a construção deste hábito tão importante é elementar para conservar os dentes, que inclusive podem durar por toda a vida se forem bem cuidados. Por isso, a Mr. Clean criou o Programa de Acompanhamento Preventivo (PAP) para educar as crianças e seus pais quanto à higiene bucal, à redução da cárie dentária na infância, tudo feito através de cuidados básicos para a manutenção da saúde bucal. Cuidados para evitar que a gurizada tenha cárie Zelar pela saúde bucal de uma criança, desde a primeira infância até ela se tornar um adolescente capaz de fazer sozinho a higiene bucal da forma correta, é um dever de...
Dentes saudáveis pra vida toda

Dentes saudáveis pra vida toda

Você tem visitado o dentista regularmente? Tem caprichado na escovação e fio dental? Estamos tão automatizados e ocupados que às vezes nos esquecemos da saúde bucal e, de repente surge uma cárie! Para evitar que isso aconteça, faça parte do PAP e tenha benefícios como confirmação de visita, orientações e informações de como cuidar da saúde bucal; Limpeza com jato de bicarbonato; Fluoretação; Técnicas de escovação; etc. Conheça nosso Programa de Acompanhamento Preventivo (PAP): PAP Gestantes: Toda orientação e informação para você e seu Bebê. PAP Primeira Infância: Deixe a criançada com dentes saudáveis. PAP Adulto: Saúde bucal do adulto, orientações gerais e manutenções preventivas. PAP Terceira Idade: Acompanhamento para uma perfeita saúde bucal e, consequentemente, melhor qualidade de vida. E você? Sabe quando visitar o dentista? 1. O período depende de cada caso em particular. 2. Na existência de algum sangramento, inchaço, vermelhidão ou dor nas gengivas. 3. Ao notar alguma mudança na hora de morder os alimentos. 4. Em caso de alterações, deslocamento ou perda do dente em acidentes. 5. Se houver tendência para ranger os dentes ao dormir (bruxismo), apresentar dores nas articulações Faça sua avaliação na Mr.Clean Odontologia e Saúde...
Terapia do Sorriso

Terapia do Sorriso

A terapia do sorriso começou nos EUA em 1960, e tem uma potente ação sobre a cura e prevenção de doenças. O sorriso faz com que o cérebro libere endorfina e serotonina, essas substâncias ajudam a curar e prevenir doenças, por isso é importante sorrir, principalmente quando estamos doentes! Você já ouviu falar nos Doutores da Alegria? Eles acreditam na cura através do Sorriso. Com um sorriso funcional e bonito, você tem ganhos na socialização, alimentação e bem estar. Não deixe de cuidar da saúde Bucal! Escute na íntegra o áudio da entrevista sobre terapia do sorriso (4 min) Agende sua avaliação....