(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br

VIDA NOVA PARA QUEM COLOCA IMPLANTE

VIDA NOVA PARA QUEM COLOCA IMPLANTE

Não é um exagero dizer que as pessoas que investem no implante dentário como tratamento para a falta de um ou mais dentes adquirem uma vida renovada. De ações cotidianas como alimentação, higiene bucal e diálogo, aos eventos esporádicos como uma entrevista de emprego ou uma festa importante, tudo fica melhor e mais fácil de ser vivido. Dando sequência à nossa série de posts sobre este tipo de tratamento odontológico, apresentaremos mais alguns esclarecimentos, veja só.

 

Como ocorrem as etapas de trabalho do implante

Quando o paciente decide fazer o implante, o tratamento começa a partir do planejamento. Nessa etapa o dentista analisa os objetivos do paciente e o que é viável e saudável de ser feito. Definido como ocorrerá o tratamento, é realizada a cirurgia para colocar os implantes. Se forem implantes com carga imediata, dentes provisórios precisam ser colocados no mesmo dia da cirurgia. Caso sejam implantes tradicionais, há o prazo de cerca de 5 ou 6 meses para o paciente receber os dentes definitivos.

 

Contraindicações e taxa de sucesso do tratamento

Nem é todo mundo que pode colocar implante odontológico. Em casos de pacientes jovens com a fase de crescimento dos dentes incompleta, o implante não é indicado. Os pacientes com debilidade sistêmica (diabéticos, cardíacos etc) só fazem o implante caso o médico permita – se for apresentado o risco cirúrgico (procedimento pedido a qualquer paciente que faz o implante) sem liberação do médico, o tratamento não será realizado. Tabagismo e hábitos parafuncionais são fatores que podem influenciar no sucesso do tratamento, que tem geralmente uma taxa de 98% de êxito. E se por algum motivo a cirurgia precisar ser repetida, o procedimento pode ser feito novamente.

 Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Implante Dentário  

O pós-operatório

Primeiro que a cirurgia de colocação de implantes é um procedimento tranquilo quanto à dor. O dentista aplica a anestesia local como se fosse fazer qualquer tipo de tratamento. O pós-operatório é também sem mistério, o paciente recebe as orientações do dentista: qual analgésico tomar, antibiótico, antiinflamatório, repouso no dia da cirurgia e alimentação mais líquida ou pastosa e em baixa temperatura. O objetivo dos cuidados recomendados é para justamente minimizar a possibilidade de contratempos após a cirurgia, como dor no local, inflamação ou edema/inchaço.
Além dessas informações, várias outras são faladas aos pacientes da Mr. Clean que optam pelo implante dentário. Essa série de posts é justamente para deixar o assunto bem claro para você, até porque ele é um tratamento eficaz e resolutivo para muitas pessoas que sofrem com a perda de um ou mais dentes. Continue de olho aqui no blog, queremos que você fique craque no assunto. E para não quebrar o costume, fica aqui nosso lembrete de continuar cuidando da saúde bucal e sorrir pra vida sempre que der!

 Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Implante Dentário  

Você também pode gostar de:


RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

RONCO OU APNEIA, A ODONTOLOGIA PODE TRATAR

Vários fatores podem ocasionar que uma pessoa tenha uma noite mal dormida, como sobrepeso, maus hábitos, rotina inexistente, problemas psicossociais, doenças orgânicas, medicamentos e fatores otorrinolaringológicos ou odontológicos. Exatamente, ronco e apneia são uma das causas que afetam o sono. A notícia boa é que para ambos existe tratamento e ele pode ser feito, inclusive, no dentista. A gente vai explicar mais, olha só.   Diferença entre ronco e...
NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

NÃO PARTICIPE DO DESFILE DE DOENÇAS OUTONO/INVERNO

As temperaturas caem e a imunidade das pessoas também caem. Isso porque as doenças de outono e inverno são enfermidades típicas da época, que acabam se espalhando e trazendo incômodos para todos nós. Como praticamos a filosofia de que prevenir é melhor do que remediar, se liga nas orientações que preparamos pra você curtir o friozinho da estação com muita saúde.   Por que aumentam as doenças respiratórias nessa...
6 DICAS PARA SE TER MUITOS SORRISOS EM 2017

6 DICAS PARA SE TER MUITOS SORRISOS EM 2017

Mais um ano termina e a vida se renovará por mais 365 dias, um dos milagres divinos para que todos possam correr atrás dos objetivos carregados no peito. E aí, você já está se preparando para 2017 ter o máximo possível de sorrisos? Se você já fez seu planejamento anual, parabéns! Se ainda não tiver feito, não se preocupe que ainda dá tempo! Pegue lápis ou caneta e aquele...
COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir...
O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

Os dias de folia estão se aproximando e a contagem regressiva para o descanso e diversão já começou, a gente sabe. O que nem todo mundo sabe é que a famosa azaração, clima de paquera e “ficadas” (como dizem os jovens), o “beijar muito”, é um comportamento que pode ter algumas consequências inesperadas para a saúde bucal e até corporal. Sem querer privar ninguém da folia, mas sem também...
ARRAIÁ BOM E QUE NÃO PREJUDICA OS DENTES

ARRAIÁ BOM E QUE NÃO PREJUDICA OS DENTES

Junho é o mês das festas juninas (que se estendem para o mês de julho), época de todo mundo se esbaldar dos deliciosos quitutes juninos. O desejo de saciar a vontade de comer os doces e salgados típicos é enorme, a gente sabe. Outra coisa que a gente sabe são os cuidados que devemos ter com os dentes nos dias de festa, vale a pena conhecer.   Não deixe...