(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

Após vários anos ingerindo alimentos e bebidas, mastigando e cuidando da higiene bucal, é normal que a terceira idade seja a fase em que os dentes estão mais desgastados e frágeis, sensíveis mesmo.

Implante dentário em Belo Horizonte

Para que você e sua família fiquem por dentro dos problemas bucais mais comuns desse período da vida, escrevemos este texto. Vale a pena compartilhar o assunto, todo cuidado com nossos avós, parentes e amigos que estão nesta fase é pouco.

1- Boca seca

A xerostomia, normalmente conhecida como boca seca, ocorre quando a produção de saliva diminui, seja por causa de medicamentos que os idosos costumam tomar, seja por motivo de tratamentos mais fortes (câncer, por exemplo) ou por simples falta do hábito de beber água ao longo do dia.

Este desequilíbrio precisa ser evitado ou corrigido, afinal a saliva possui propriedades antibacterianas que fazem parte da defesa do corpo contra infecções.

2- Cáries

Uma pessoa idosa tem mais chance de sofrer com alterações bucais, como ter a gengiva mais retraída. Isso acaba deixando a raiz do dente mais exposta, o que aumenta a probabilidade de acontecer a ‘cárie de raiz’, o que compromete o dente e deixa a dentina mais hipersensível.

A cárie não é saudável não só por questão da estrutura do dente, mas também porque dentes saudáveis são importantes para uma mastigação e deglutição eficazes, o que para a vida um idoso é essencial.

3- Cuidado com as próteses e implantes dentários

Não é todo idoso que sabe fazer a manutenção correta das próteses ou implantes que possui. Isso acarreta em incômodos, doenças e má qualidade de vida. Para mantê-los em bom estado, é preciso visitar o dentista regularmente.

Isso porque quem usa prótese ou implante tem que retornar à clínica após a colocação para certificar que está tudo dentro do esperado.

Só o dentista é capaz de ver o que precisa ser feito em termos de limpeza frequente (a limpeza preventiva, aqui na clínica isso faz parte do Programa de Acompanhamento Preventivo da Terceira Idade) quanto de escovação ideal – para a pessoa saber no que ela precisa melhorar.

4- Lesões na boca

Fumo, álcool ou próteses (que não se adaptaram ao formato da boca) são fatores que aumentam o risco de lesões na mucosa bucal, como candidíases, leucoplasias ou câncer bucal.

É importante que o idoso (ou o cuidador do idoso) verifique com frequência diária o estado da saúde bucal. Em boa iluminação, procure alterações na gengiva, língua, bochechas, céu da boca.

Qualquer alteração deve ser verificada com o dentista, é melhor descobrir cedo o que é e tratar para melhorar logo, o quanto antes.

5- Inflamações na gengiva

As pessoas idosas que infelizmente sofrem com periodontite, se não tratarem, correm o risco de perderem o osso que dá suporte aos dentes, o que os deixa amolecidos.

As doenças gengivais costumam ser reversíveis nos primeiros estágios, o que facilita o tratamento e evita que o idoso sofra tanto. Quanto mais cedo for o diagnóstico e o tratamento, melhor.

Uma inflamação na gengiva pode parecer algo nocivo e bobo, mas é altamente perigoso para a saúde bucal e geral dos idosos – uma gengivite não tratada pode acarretar em doenças graves através de bactérias que podem atingir outros órgãos, a endocardite é um exemplo.

Os idosos precisam ter dentes saudáveis não só por motivos de saúde da boca e do corpo, mas também da própria mente.

Sempre que eles sorriem, eles mostram os dentes, o que afeta a confiança e autoestima deles se o sorriso não estiver bonito e saudável, é claro.

Por isso aqui na Mr. Clean temos o PAP Terceira Idade, o Programa de Acompanhamento Preventivo que orienta todos que estão nesta fase da vida.

Nossa clínica tem experiência de mais de quinze anos não só com tratamentos estéticos voltados para a terceira idade, mas também os de cuidados e prevenção.

Desde a cirurgia de implante dentário, até o acompanhamento da rotina do paciente. Para custo de implante e qualquer outro valor, marca uma avaliação com a gente.

Queremos te conhecer para, juntos, definirmos como vamos fazer você sorrir mais para a vida!

Você também pode gostar de:


5 atitudes para perder o medo de ir ao dentista

5 atitudes para perder o medo de ir ao dentista

Estudos comprovam, as pessoas que têm medo de ir ao dentista infelizmente possuem uma saúde bucal ruim. Implante dentário em Belo Horizonte Isto porque o que era um simples desconforto acaba se tornando uma cárie, uma inflamação grave e o desequilíbrio só aumenta. Sendo medo ou fobia, não importa o grau do receio, a visita ao dentista é muito importante para a saúde da boca e do restante do...
Qual o valor de um implante dentário?

Qual o valor de um implante dentário?

Se você chegou até aqui procurando quanto investir em um implante dentário e não quer ler até o fim do post, posso ir te adiantando uma coisa: a única forma de ter um planejamento real é marcando uma avaliação. Neste texto, vou dar algumas dicas para saber se você precisa ou não desse tratamento e falar sobre o valor de um implante. Um pequeno teste Primeiro, leia atentamente as...
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas...
Implante dentário: fazer ou não?

Implante dentário: fazer ou não?

Relato da Paciente: Regina Oliveira / Fotógrafa e Comunicadora Itatiaia Hoje vou falar de um tratamento odontológico que gera muitas dúvidas e insegurança, primeiro por ser um procedimento cirúrgico e, segundo, por imaginarmos ser dispendioso. O problema Muitas pessoas que perdem os dentes ao longo da vida, seja por acidente, doenças bucais, ausências naturais dos incisivos ou até mesmo por tratamento mal feito – como é o meu caso...
Troque os hábitos por um sorriso bonito

Troque os hábitos por um sorriso bonito

Todo clareamento dental (laser ou moldeira), exige no mínimo, 72h de alimentação especial, sem corantes e acidulantes. Diversas pessoas desistem do sorriso perfeito por acharem que irão passar fome, ou por não conseguirem ficar sem beber refrigerante, sucos, café ou fumar por alguns dias. Se você não sobrevive sem alguns alimentos como chocolate, chá, molho de tomate, etc, pode ser necessário uma reeducação alimentar antes do clareamento. Quais hábitos...
BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

No calorão que tem feito, ter mais sede é normal e até bom para o corpo se manter hidratado e a saúde bucal fortalecida. Hum? “O que a saúde bucal tem a ver com a hidratação corporal?”, você deve ter se perguntado. Pois  saiba que assim como o corpo precisa de água para sobreviver (cerca de 65% do corpo humano é composto por água), a saúde bucal também precisa...