(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

A pouco falada Odontologia do Esporte

A pouco falada Odontologia do Esporte

No clima que o Brasil viveu de Olimpíadas e agora com as Paralimpíadas, é comum pensarmos na saúde de ouro que um atleta precisa ter para auxiliá-lo na conquista de uma medalha. O que poucas pessoas refletem é que todo o corpo precisa estar saudável, inclusive a boca e os dentes. A seguir, falaremos um pouco sobre o assunto.

O que é a Odontologia do Esporte

Um atleta profissional costuma ter um técnico e uma equipe médica à sua disposição para que todo seu organismo seja acompanhado e funcione da melhor forma possível. Dentre os profissionais que o acompanham, é de suma importância a presença de um dentista, fazendo análises que englobam as dietas e os movimentos que o treino exige.

É preciso que ocorra uma parceria entre dentista e atleta não só por motivos estéticos que a exposição na mídia exige, mas também por questões de desempenho no esporte. O objetivo é prevenir e tratar problemas bucais que possam surgir e os traumas inesperados que acontecem, qualquer impacto acaba afetando a mandíbula e toda a boca – no caso de esportes de contato, as lesões são recorrentes e exigem ainda mais atenção e cuidado.

Outro fator que justifica o cuidado com a saúde bucal é a dieta dos atletas, programa alimentar muitas vezes rico em carboidratos e bebidas energéticas com alto teor de açúcar que favorecem o desenvolvimento de cárie e erosão ácida dos dentes.

Negligência com os dentes afeta o treino

Várias consequências podem surgir na vida de um atleta que não faz acompanhamento com o dentista, desde infecções bucais (cáries, gengivites, tratamento de canal, por exemplo), má oclusão dos dentes, problemas respiratórios, até perda do desempenho na atividade física. Os problemas podem ser sérios e já foram levantados em estudos científicos: pode ocorrer até 21% de perda de rendimento no treino; o corpo se torna susceptível a ter lesões; o organismo fica com sistema imunológico fraco; fadiga precoce e ainda o não aproveitamento dos nutrientes dos alimentos (uma dor de dente faz com que o esportista pare de comer ou evite certas refeições, o que pode ser prejudicial) etc.

Forcinha para ir ao dentista

Você deve estar pensando então que nada adianta o atleta se desafiar constantemente, seguir a dieta e os treinos passados e não fazer a higienização correta dos dentes (escovação e uso do fio dental), além de visitar regularmente o dentista (dependendo a frequência de idas é maior do que de quem não é atleta). É isso mesmo, a disciplina deve estar presente também nos cuidados com a saúde bucal, caso contrário os esforços do atleta poderão ser em vão. Não é exagero pensar que o atleta que tem uma boa saúde bucal tem mais chances de se classificar melhor na competição, afinal a saúde bucal possui sim associação com a saúde de ordem geral, ou seja, de todo o corpo humano.

Nós, da Mr. Clean, queremos dizer que foi ótimo torcer durante as Olimpíadas e continuaremos agora nas Paralimpíadas. Vai Brasil!

Você também pode gostar de:


Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

O incentivo aos cuidados com a saúde dos dentes deve ser implementado desde cedo na vida das crianças, porém durante o período de troca dos dentes é ainda mais necessário reforçar sua importância. Esta fase é crítica, pois é necessário incentivar bons hábitos para garantir uma boa saúde bucal que perdure até a vida adulta. A alimentação é primordial para a saúde das crianças, e para a saúde dos...
SAIBA COMO SE PREVENIR DA HALITOSE

SAIBA COMO SE PREVENIR DA HALITOSE

O que é essa tal de halitose? Entenda! Mesmo que o termo pareça ser nome de doença, a halitose nada mais é que o mau hálito, o incômodo que alguns sentem quando abrem a boca para falar ou respirar. É um assunto considerado meio que um tabu, pois há pessoas que sabem que têm, as que acham que que têm e as que não sabem que têm (é um...
FÉRIAS SÓ DA ESCOLA, DA SAÚDE BUCAL NÃO, OK?

FÉRIAS SÓ DA ESCOLA, DA SAÚDE BUCAL NÃO, OK?

Ahhhh o verão! Com ele vêm as férias escolares, oportunidade boa para curtir a estação e passear bastante com a família e os amigos. As crianças e os adolescentes adoram, se divertem e saem da rotina da escola. Só que alguns saem da rotina dos hábitos de cuidados com a saúde bucal, o que é super errado. Aliás, esta época é recheada de delícias e guloseimas que pedem ainda...
SAÚDE… ALÉM DO CORPO!

SAÚDE… ALÉM DO CORPO!

Durante muito tempo a definição de “saúde” era tida apenas como a ausência de adoecimentos físicos. Com o passar do tempo e da modernização das pesquisas científicas, bem como a imensidão dos adoecimentos que surgiam sem uma causa aparente, fez-se urgente uma nova conceituação e entendimento do estado de saúde. O que realmente precisamos para ter, manter ou restabelecer nossa tão preciosa saúde? Acredito que devamos partir do princípio:...
O PODER DELE, O DIÓXIDO DE CLORO

O PODER DELE, O DIÓXIDO DE CLORO

Outro dia falamos aqui de um problema bucal que algumas pessoas enfrentam e que é capaz de gerar desconfortos e dificuldades de convívio social: o ​mau hálito​. Hoje iremos dar continuidade ao assunto, mas tratando sobre um produto que é um grande aliado no tratamento da halitose – o dióxido de cloro. Em que consiste o produto O dióxido de cloro é encontrado em ​enxaguantes bucais e atua como...
A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

O aleitamento materno é um hábito vital para o recém-nascido, saiba os porquês   Falar sobre a saúde bucal dos bebês é um assunto que amamos, e por isso vamos falar da importância da amamentação no desenvolvimento do rostinho deles. Por incrível que pareça, quando o bebê se alimenta do leite materno diretamente no seio da mãe, ele está contribuindo para a formação de sua própria face. Olha só...