(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG
3 formas de cuidar da saúde mental durante a Quarentena

3 formas de cuidar da saúde mental durante a Quarentena

Cuidar da saúde mental durante a Quarentena é fundamental para sobreviver ao isolamento social causado pelo Coronavírus.  Para muita gente, saúde mental nunca foi um assunto a ser pensado ou discutido até então. E se vale o conselho, reflita sempre sobre seu estado emocional com ou sem quarentena. Isso ajuda muito a ter uma vida melhor e mais saudável. E para você dar o pontapé inicial nesse assunto, te daremos agora 3 formas de cuidar da saúde mental durante a Quarentena. Vamos lá? Técnicas de respiração Parece simples demais para ser verdade, não é? Mas acredite: a respiração é um dos principais fatores para que a sua mente esteja calma, e isso é comprovado cientificamente. O estado nervoso/ansioso causado pelo isolamento e pelas notícias pouco otimistas que surgem a todo instante ativa algumas áreas do cérebro que estimulam a hiperventilação, ou seja, a respiração rápida e de forma rasa (que capta pouco oxigênio). Portanto, faça de 3 a 4 vezes por dia a Respiração dos Sete Segundos. Ela consiste em inspirar, segurar a respiração por sete segundos e soltar.  Essa técnica ajudará com que o oxigênio preencha toda a área dos pulmões e circule pelo corpo com mais intensidade. Isso certamente vai colaborar muito a sua saúde mental durante a quarentena! Meditação guiada Muita gente acha que meditação é uma coisa extremamente fora da curva, que jamais conseguiria fazer ou até mesmo tem algum preconceito com a prática. A verdade é que meditar, ao contrário que muita gente pensa, não significa não pensar em nada, mas sim não se apegar aos pensamentos que vierem até sua mente. Muitas das...
DTM – Disfunção Temporomandibular

DTM – Disfunção Temporomandibular

Tudo o que você precisa saber sobre DTM – Disfunção Temporomandibular O que é DTM/DOF? A sigla DTM significa Disfunção Temporomandibular, e a sigla DOF significa Dor Orofacial. Ambas se referem às alterações funcionais que uma pessoa pode ter na musculatura da face responsável pela mastigação e também na articulação temporomandibular (ATM). A articulação temporomandibular (ATM) é a parte que conecta sua mandíbula (maxilar inferior) ao crânio. A articulação pode ser encontrada nos dois lados da cabeça, na frente das orelhas. Permite abrir e fechar a mandíbula, falar e comer. Esses distúrbios são tratáveis, mas existem várias causas possíveis e também é preciso conhecer o profissional adequado para o tratamento. Confira conosco a seguir! Quais são os sintomas da DTM/DOF? Os sintomas dos distúrbios da ATM dependem da gravidade e da causa de sua condição. Certas pessoas relatam que já levantam pela manhã com dores na face ou na cabeça e não associam ao fato de terem (inconscientemente) pressionado os dentes durante a noite. O sintoma mais comum da DTM é a dor na articulação e nos músculos circundantes. Outros sintomas normalmente associados a esses distúrbios incluem: Cefaléia (dor de cabeça), principalmente ao acordar; Dificuldade de mastigar; Dor na musculatura do rosto; Qualidade do sono comprometida; Dor de ouvido; Zumbido; Rigidez nos músculos da mandíbula; Sensação de travamento ao abrir a boca; Estalo ou emitindo som na região da articulação; Mudança no posicionamento da mandíbula, mudando a maneira como os dentes superiores e inferiores se alinham (chamada Má Oclusão) Os sintomas podem aparecer em apenas um lado do rosto, ou em ambos. O que causa DTM/DOF? Existem alguns outros...