(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG
Perda dentária: 5 motivos e como prevenir

Perda dentária: 5 motivos e como prevenir

A perda de um dente é uma surpresa desagradável e, ao longo da vida, muitas pessoas podem se deparar com um problema sério que pode levar a perda dentária ou, até mesmo, uma queda repentina que pode provocar a perda de um dente em um curto espaço de tempo.  Você sabia que existem alguns fatores que podem influenciar e facilitar que esse tipo de situação aconteça?  Existem algumas doenças que podem atingir a área óssea e desencadear na perda total dos dentes. O que muitos não sabem é que a maioria dessas doenças podem ser tratadas e, com isso, evitar que esse tipo de coisa aconteça.  Sabemos da importância que os dentes têm no nosso dia a dia, pois além de serem responsáveis pela mastigação, eles também são responsáveis pela formação do sorriso, o que influencia diretamente na autoestima.  Para evitarmos que essa situação desagradável aconteça, é importante conhecermos mais sobre os principais motivos que podem provocar a perda dentária.  Para isso, continue acompanhando esse artigo para maiores informações.  Motivos que levam à queda dos dentes  De acordo com muitos especialistas, a perda de um dente é um dos principais motivos pelo qual os pacientes procuram um cirurgião-dentista. Isso porque muitas pessoas não dão conta da gravidade que alguns problemas bucais costumam provocar e, quando percebem, já é tarde demais.  Para que isso não aconteça com você, confira abaixo quais são os problemas que podem surgir na boca e que, portanto, merecem atenção para que não acabem se agravando e provocando a perda dos dentes. Cárie Por se tratar de uma doença bastante comum, muitas pessoas não imaginam as...
A IMPORTÂNCIA DE HIGIENIZAÇÃO BUCAL DEPOIS DOS IMPLANTES

A IMPORTÂNCIA DE HIGIENIZAÇÃO BUCAL DEPOIS DOS IMPLANTES

A higiene bucal para quem fez implantes é extremamente necessária e não pode ser negligenciada de forma alguma. Como os dentes naturais, os implantes precisam da mesma higienização, pois estão sujeitos a placa bacteriana e doenças bucais que afetam a saúde geral. Apesar do maior polimento, os implantes formam placas e nada justifica a falta de higiene. Se você tem implantes e não higieniza conforme todos os padrões, corre o risco de ter sua saúde bucal prejudicada.   Principalmente no pós operatório, é necessária uma escovação suave, com escova de cerdas bem macias que não comprometam os tecidos, mas que tenham a função de não deixar desenvolver a placa bacteriana. Excelentes para ajudar na perfeita higienização são as escovas inter dentais que limpam entre os dentes e a gengiva, sem prejudicar os tecidos e os implantes.   Para garantir uma perfeita higienização, depois dos procedimentos habituais, deve-se usar um enxaguante bucal. Aí sim, você terá completado a higienização bucal depois dos implantes. Prefira os sem álcool e em cujos componentes esteja a clorexidina que é um potente anti-infeccioso.   O que pode causar a falta de higiene bucal para quem fez implante dentário.   As chamadas doenças peri-implantares são comuns nas pessoas que não fazem uma perfeita higienização dos seus implantes que não só comprometem os implantes como a saúde geral.   MUCOSITE PERI- IMPLANTAR – Dá por uma inflamação nos tecidos ao redor dos implantes e que ainda pode ser revertida.   PERI-IMPLANTTITE – este é um estado mais avançado de inflamação dos tecidos em volta do implante e que compromete o osso de suporte, podendo causar a...
ESTÉTICAS QUE DÃO ALEGRIA E BELEZA AO SORRISO

ESTÉTICAS QUE DÃO ALEGRIA E BELEZA AO SORRISO

Quem acessa o site da Mr. Clean vê que ela é uma clínica odontológica séria, apta para atender as questões que envolvem a saúde bucal: desde um desconforto sentido pelo paciente (atendemos de bebês a idosos) a até um tratamento estético de alta tecnologia. No post de hoje vamos falar um pouco sobre as formas que oferecemos para você sorrir com saúde e beleza. Bora ler e pensar no sorrisão que você terá em 2018?   Aparelho Ortodôntico Um dos tratamentos mais evitados por muita gente, justamente por ser a velha história de “colocar ferro” na boca, a Ortodontia é uma área da Odontologia que vai além da estética. Mais do que alinhamento dos dentes e arcadas, ajuste na mastigação e fala, o aparelho ortodôntico significa modo de sobrevivência em alguns casos. E para quem não quer ficar com o sorriso metálico por um tempo, opção para se sentir mais confortável é o que não falta: tem o aparelho transparente, aparelho autoligado e até o invisível.   Clareamento Dental Sorriso de celebridade, no tom daqueles dentes branquinhos e certinhos. Muita gente tem procurado fazer e a Mr. Clean não fica de fora em proporcionar um clareamento dental de alta qualidade. Optando pelo método feito em casa com a moldeira ou feito o clareamento a laser na própria clínica (o dentista é a pessoa certa para falar qual opção é a melhor), os pacientes estão adorando os efeitos do sorriso branco que têm ganhado, se sentem até mais jovens!   Lentes de contato para os dentes Aquela lógica da lente de olho que corrige o grau do problema de vista...
IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

IMPLANTE DENTÁRIO SEM MISTÉRIO, SEM COMPLICAÇÕES

O vazio na boca provocado pela falta de um ou mais dentes é solucionado com os implantes dentários. E se pararmos para falar sobre a eficácia desse método, entram em cena os cuidados que todo paciente precisa ter, tanto após a cirurgia, quanto de forma constante por toda a vida a fim de evitar riscos. Então confira as orientações a seguir.   Atenção logo após a cirurgia do implante   O indicado é ter prudência nas primeiras 72 horas. Repousar; tomar os remédios na hora certa; comer sorvete ou alimentos gelados para aliviar a dor (fazer compressas de gelo quando o dentista recomendar); não ingerir alimentos e bebidas duros, quentes ou ácidos nos primeiros dias; caprichar na higiene bucal (sem aplicar força na escova); evitar bebida alcoólica ou cigarro; não assoar o nariz ou cuspir; não mastigar na área do implante durante a cicatrização. Em caso de edemas, sangramentos persistentes ou indícios de alergia a algum dos medicamentos (coceiras, mudanças no tom da pele, manchas), consultar o dentista o mais rápido possível.   Riscos oriundos da falta de cuidado   Não adotar aquelas medidas de cautela aumenta as chances do paciente ter chateações após o procedimento cirúrgico, como infecções (o que é péssimo); complicações nas raízes dos dentes vizinhos; um implante frouxo (fica saindo) ou até mesmo a perda do implante (investimento jogado fora, infelizmente). Por isso é tão importante levar a sério o período de cicatrização e também a manutenção, afinal tudo interfere na duração do implante.  Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Implante Dentário   Desconfortos relacionados ao descaso com os implantes A questão da higienização...
SORRISO RADIANTE PROPORCIONADO POR IMPLANTE

SORRISO RADIANTE PROPORCIONADO POR IMPLANTE

A beleza e a saúde de um sorriso podem voltar à vida de uma pessoa por meio do implante dentário, tratamento odontológico que tem ganhado adeptos no mundo inteiro, principalmente no meio artístico. São vários os homens e mulheres que resgatam a alegria de sorrir quando adotam o implante dentário. Dando continuidade à nossa série especial de posts aqui no blog sobre o assunto, acompanhe a seguir novas informações. Os tipos de implantes dentários Existem três tipos: o unitário, overdenture e a substituição de ponte fixa ou roach por implante. O unitário substitui dentes perdidos (de acordo com o caso, pode ser implantado logo após a extração do dente comprometido). O overdenture é uma “dentadura” que pode ser afixada na parte superior, inferior ou nas duas arcadas, dando estabilidade, função e estética ao sorriso e à mordida (é a solução para quem perdeu todos os dentes ou sofre com dentadura solta). Nos casos de paciente com médios e grandes espaços desdentados, pode ser feita a substituição das próteses fixas (pontes) ou removíveis (roach) pelo implante odontológico. Cautela para o sucesso do tratamento São raras as pessoas que têm quantidade e qualidade suficiente de osso para colocar implantes e dentes no mesmo dia, por isso, muita calma com o tratamento. Em implantes convencionais, os pacientes costumam esperar cerca de 2 a 3 meses na região inferior e de 4 a 6 meses na região superior da boca. Sempre que for possível o paciente ser paciente, nós dentistas vamos adorar, pois assim o tratamento fica mais seguro.   Sobre a osseointegração O período de espera que falamos anteriormente deve ocorrer para...
IMPLANTES DENTÁRIOS: NÃO TENHA MEDO DE SORRIR

IMPLANTES DENTÁRIOS: NÃO TENHA MEDO DE SORRIR

A falta de um dente na boca significa desconfortos estéticos e sociais que uma pessoa passa, como também dificuldades na mastigação correta que ela faz de alimentos. Na dúvida por qual opção para corrigir o problema, o implante dentário é uma ótima alternativa por ser a restauração que mais se assemelha a um dente natural. A Mr. Clean preparou alguns posts aqui no blog para você saber mais sobre o tratamento, confira a seguir.   O que são implantes dentários Os implantes dentários são suportes ou estruturas de metal colocadas, por meio de cirurgia, no osso maxilar da gengiva. Quando posicionados, eles permitem que o dentista monte dentes substitutos sobre eles. Os implantes dentários são nada mais que “raízes” artificiais implantadas na mandíbula e maxila. Seus pinos são feitos em titânio comercialmente puro e se parecem com parafusos.   Quando usar um implante dentário É recomendável utilizar um implante dentário quando o paciente possui um bom estado de saúde geral e condições específicas que possibilitam a instalação do mesmo. Portanto, é necessário que o paciente tenha quantidade e qualidade óssea satisfatória para receber os pinos. Ele é recomendado em caso de perda de um ou mais dentes; na falta de confiança ao rir ou falar; dificuldade na mastigação por causa da perda de retenção da prótese total; chance de perder uma prótese fixa (quando um ou mais dentes naturais se enfraquecem e se movem); risco de perda dos dentes devido a doenças na gengiva; perda de retenção da dentadura (prótese total) ou parcial (roach); fraturas envolvendo a raiz do dente.  Clique aqui e receba GRÁTIS o Guia Definitivo sobre Implante Dentário  ...
Página 1 de 212