(31) 3224-7378 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG
Você tem vergonha de ir ao dentista? Saiba o que fazer.

Você tem vergonha de ir ao dentista? Saiba o que fazer.

Muitas pessoas deixam de iniciar um tratamento por sentirem vergonha e insegurança. Se este é o seu caso, ou o de alguém que você conhece, confira algumas dicas. Dar o primeiro passo para começar um tratamento odontológico pode ser uma tarefa complicada. Seja para colocar um aparelho ortodôntico, fazer um implante dentário ou um clareamento, por exemplo, algumas pessoas simplesmente travam. Um dos motivos mais comuns é o medo de ir ao dentista, tema já abordado aqui no blog da Mr Clean.  Porém, muita gente também tem vergonha do próprio sorriso, e isso acaba prejudicando a saúde bucal e a vida do paciente. Alguns sentem vergonha por terem tártaro ou mau hálito, outros se sentem constrangidos por terem os dentes fora do lugar, ou por estarem precisando de uma prótese dentária. Os motivos variam, mas as principais consequências são iguais e perigosas: ao adiar um tratamento necessário, a autoestima diminui, a situação costuma piorar com o tempo e, por fim, um problema que poderia ser resolvido de forma simples acaba se transformando numa bola de neve. A boa notícia é que é possível contornar a situação. Primeiramente, precisamos entender o que causa essa vergonha toda. Clique na imagem para saber tudo sobre implante dentário no melhor dentista de Belo Horizonte. Por que as pessoas sentem vergonha de ir ao dentista? A pergunta que não quer calar é “por que sentir vergonha do próprio sorriso?”. Já listamos algumas possíveis causas no início do texto, mas a raiz do problema é bem mais complicada. É claro que cada caso é um caso, mas, no geral, a timidez que surge só de...
5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

Após vários anos ingerindo alimentos e bebidas, mastigando e cuidando da higiene bucal, é normal que a terceira idade seja a fase em que os dentes estão mais desgastados e frágeis, sensíveis mesmo. Implante dentário em Belo Horizonte Para que você e sua família fiquem por dentro dos problemas bucais mais comuns desse período da vida, escrevemos este texto. Vale a pena compartilhar o assunto, todo cuidado com nossos avós, parentes e amigos que estão nesta fase é pouco. 1- Boca seca A xerostomia, normalmente conhecida como boca seca, ocorre quando a produção de saliva diminui, seja por causa de medicamentos que os idosos costumam tomar, seja por motivo de tratamentos mais fortes (câncer, por exemplo) ou por simples falta do hábito de beber água ao longo do dia. Este desequilíbrio precisa ser evitado ou corrigido, afinal a saliva possui propriedades antibacterianas que fazem parte da defesa do corpo contra infecções. 2- Cáries Uma pessoa idosa tem mais chance de sofrer com alterações bucais, como ter a gengiva mais retraída. Isso acaba deixando a raiz do dente mais exposta, o que aumenta a probabilidade de acontecer a ‘cárie de raiz’, o que compromete o dente e deixa a dentina mais hipersensível. A cárie não é saudável não só por questão da estrutura do dente, mas também porque dentes saudáveis são importantes para uma mastigação e deglutição eficazes, o que para a vida um idoso é essencial. 3- Cuidado com as próteses e implantes dentários Não é todo idoso que sabe fazer a manutenção correta das próteses ou implantes que possui. Isso acarreta em incômodos, doenças e má qualidade de...
Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

O incentivo aos cuidados com a saúde dos dentes deve ser implementado desde cedo na vida das crianças, porém durante o período de troca dos dentes é ainda mais necessário reforçar sua importância. Esta fase é crítica, pois é necessário incentivar bons hábitos para garantir uma boa saúde bucal que perdure até a vida adulta. A alimentação é primordial para a saúde das crianças, e para a saúde dos dentes não seria diferente. O consumo de alimentos saudáveis associados a uma boa escovação garantem uma menor incidência de cáries e um sorriso mais bonito para os pequenos. Alimentos que causam cáries A cárie é a destruição do dente causada por bactérias presentes na nossa boca quando há acúmulo de alimentos. O consumo em excesso de alimentos ricos em açúcar e carboidratos favorecem o surgimento da cárie e o aumento da formação da placa bacteriana. Alguns favoritos das crianças como biscoitos recheados e guloseimas devem ser evitados, principalmente na fase de troca dos dentes, e deve se dar uma atenção especial à uma higiene bucal correta e eficiente. Evitar esses alimentos diminui o risco de cáries e deixa a boca da criança mais saudável para receber seu novo e permanente conjunto de dentes. Alimentos amigos da saúde bucal Verduras e frutas ricas em fibras aumentam a salivação, que promove um processo natural de limpeza dos restos alimentares que se acumulam na boca. Além disso, alimentos frescos como maçãs, cenouras e pêras além de ajudar na salivação ajudam a remover a placa bacteriana. No momento da formação dos dentes permanentes e posteriormente para seu fortalecimento é preciso consumir alimentos ricos em...
Aparelho Invisível X Aparelho Comum: qual o melhor para você?

Aparelho Invisível X Aparelho Comum: qual o melhor para você?

Aparelho Invisível X Aparelho Comum Ter um sorriso bonito e saudável tem hora que exige alguns sacrifícios. O uso de aparelho nos dentes é um deles, afinal é algo que será colocado na boca por um período de tempo de forma a transformar o sorriso para melhor. Você é o tipo de pessoa que tentaria de tudo para não ter um sorriso metálico ou não se importa pois sabe que será um uso passageiro e que compensará pelo resultado final? Na dúvida entre aparelho invisível e aparelho comum, vem com a gente para entender as diferenças entre eles. Eles não são a mesma coisa O aparelho invisível é um tratamento bem diferente do aparelho comum (o aparelho fixo e outros tipos que falaremos a seguir) e não é toda pessoa que pode escolher qual irá usar. Na realidade, a escolha precisa ser feita sob orientação do dentista, que é o profissional preparado para dizer se certo tratamento trará o retorno satisfatório para a saúde bucal do paciente. Cada um deles possuem vantagens e desvantagens, falaremos as principais delas. Aparelho invisível: para quem busca estética e conforto Sim, ele é o tratamento ideal para os pacientes que não querem de forma alguma ter um sorriso metálico. Porém não é qualquer pessoa que pode usar o aparelho invisível porque ele corrige só casos específico. Ele é totalmente discreto e parece com aquelas placas de bruxismo. Pode ser retirado para comer e higienizar os dentes (tem que dormir com ele) ou em ocasiões específicas, o que gera o risco de perda ou de uso por tempo abaixo do recomendado. E quanto custa...
Tudo o que você precisa saber para usar Aparelho Invisível

Tudo o que você precisa saber para usar Aparelho Invisível

Aparelho invisível Um aparelho ortodôntico que quase ninguém vê e mesmo assim corrige o alinhamento dos seus dentes. Este é o aparelho invisível, também chamado de “Alinhadores Invisíveis”, tratamento que tem conquistado o coração e o sorriso de celebridades, adultos e adolescentes. Para você ficar inteirado sobre o assunto, separamos as principais informações, veja só. Ele é único, mesmo sendo invisível As pessoas não irão notar que você está com o aparelho nos dentes, esta é uma das características que o faz ser tão especial. O aparelho invisível nada mais é do que placas transparentes que corrigem a posição dos dentes. Feitas de material plástico resistente, as placas se parecem com as moldeiras de clareamento e se encaixam perfeitamente na sua boca. Isso tudo sem bráquetes, fio metálico e borrachinhas, o que o torna mais confortável e menos doloroso. Praticidade que se vê e se sente O queridinho dos adultos que possuem um trabalho cuja imagem pessoal é fundamental (atores, empresários, vendedores, jornalistas, recepcionistas etc), o aparelho invisível é discreto, é o fim do sorriso metálico. Aparelho invisível As placas podem ser retiradas na hora da alimentação e higiene bucal (mas tem que usar no tempo prescrito e evitar de perdê-las), o que gera qualidade e menor tempo para limpar a boca e o aparelho, reduz problemas bucais e anula o constrangimento de ter alimentos nos dentes após as refeições. É a última inovação da Ortodontia O aparelho invisível representa o avanço de um trabalho que ficou mais otimizado para os dentistas, além de resultados mais previsíveis e com menos erros para o paciente. Sua tecnologia não costuma machucar...
COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

COMO UMA GRÁVIDA DEVE CUIDAR DA DOR DE DENTE

Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir que o papo é sério, olha só.   Causas para dor de dente em grávidas A gravidez é um período em que todo o corpo da mulher fica sensível, afinal tem outra vida sendo gerada nele. A futura mamãe pode ter gengivite, que é uma inflamação da gengiva, ou incômodos relacionados a dente quebrado, abscesso ou o siso apontando. Um cárie (principalmente porque o desejo por comer doces aumenta) também pode gerar desconforto nas grávidas, assim como a hipersensibilidade aumentada na cavidade bucal (devido à produção em excesso de hormônios), que rejeita certos alimentos quentes ou frios.   Para evitar as dores Algumas medidas podem ser tomadas para que a mulher grávida não sofra tanto com a hipersensibilidade na boca e nos dentes, como manter a higiene bucal sempre em dia (escovação completa, incluindo o uso de fio dental). O Pré-natal Odontológico precisa ser feito sim, só o dentista é capaz de avaliar o estado da saúde bucal de uma grávida, verificando se os sintomas estão dentro do esperado. Sem falar no tratamento preventivo que o dentista é capaz de fazer, evitando complicações que talvez ocorreriam se não fosse o acompanhamento odontológico.   Em caso de dores… Visite seu dentista...