(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

O GOSTO RUIM QUE PODE TER UM BEIJO

Os dias de folia estão se aproximando e a contagem regressiva para o descanso e diversão já começou, a gente sabe. O que nem todo mundo sabe é que a famosa azaração, clima de paquera e “ficadas” (como dizem os jovens), o “beijar muito”, é um comportamento que pode ter algumas consequências inesperadas para a saúde bucal e até corporal. Sem querer privar ninguém da folia, mas sem também não deixar de aconselhar, seguem nossas orientações.

 

É o beijo que transmite doenças?

Não, definitivamente não é (inclusive, beijar mexe com os músculos da face, com os batimentos cardíacos, diminui o hormônio do estresse e tem outros benefícios para a saúde; beijar é bom, né gente?). Mas, como nem tudo na vida são flores, o beijo é nada mais que uma troca de salivas. Se alguma das pessoas estiverem com vírus ou bactérias presentes na saliva, irá acabar contaminando a outra pessoa que não tem nada.

 

Principais doenças transmitidas pelo beijo

Na possibilidade de contaminação de vírus, bactérias ou fungos pela saliva trocada durante o beijo, a gente torce para que a imunidade da pessoa infectada esteja alta e combata o ser estranho. Caso o micro-organismo vença a “batalha” contra nossas células de autodefesa, certas doenças podem se desenvolver na pessoa, como herpes labial, cárie, mononucleose, HPV, meningite, sífilis, hepatite A, candidíase, gripes ou resfriados, catapora, caxumba dentre outras.

 

Mononucleose, a “doença do beijo”

Sem deixar de lado as doenças citadas, vamos falar um pouco mais da mononucleose, enfermidade que tem sido registrada com maior frequência e merece uma atenção a mais. Como dito, ela é contagiosa, causada pelo vírus Epstein-Barr e chamada de “doença do beijo”, provoca fadiga, mal-estar, dores corporais, febre alta, dor na garganta e nos gânglios linfáticos.

Os sintomas podem variar para dor nas juntas, na barriga e manchas pelo corpo, e duram de 15 dias a 1 mês (é um horror, inclusive porque se a doença agravar, o enfermo pode chegar à morte). No caso de sentir algum destes sintomas durante ou após os dias de folia e azaração, é importante procurar atendimento médico para verificar se é mesmo mononucleose e tratar logo, assim o vírus será combatido desde o início.

E não podemos esquecer as doenças sexualmente transmissíveis. Usar preservativo sempre e depois do Carnaval fazer um check up com o médico para certificar se a saúde está ok pode ser uma boa alternativa. Beber muita água para o corpo ficar hidratado, alimentar-se de maneira saudável (a imunidade do corpo agradece estas duas atitudes) e caprichar no filtro solar são conselhos que a gente sempre tem que dar. Desejamos a você muita alegria nos dias de folia, relaxe, curta o momento, extravase sem descuidar da saúde com o corpo, ok?

Você também pode gostar de:


ENSINAR AS CRIANÇAS A ESCOVAR OS DENTES

ENSINAR AS CRIANÇAS A ESCOVAR OS DENTES

6 DICAS QUE AJUDAM AO ENSINAR UMA CRIANÇA A CUIDAR DOS DENTES   “Será que tem mais algum segredo pra eu conseguir convencer meus filhos a escovarem os dentes e cuidar da saúde bucal?”. Essa é uma pergunta feita por pais quando eles enfrentam desafios ao ensinar as crianças que é preciso cuidar dos dentes. Se você é um deles ou é responsável por algum pequeno que está na...
DISTÚRBIO DO SONO EM CRIANÇAS

DISTÚRBIO DO SONO EM CRIANÇAS

Com o início do segundo semestre letivo do ano, o acompanhamento do desempenho escolar das crianças e adolescentes pode levantar questões sobre a capacidade de concentração deles. Um ponto a ser verificado pelos pais e responsáveis, com o auxílio de uma equipe médica específica (incluindo dentista), é se eles sofrem com o distúrbio do sono. Não sabe o que é este desequilíbrio? Vem que a gente te explica agora....
COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

COMO TRATAR A SENSIBILIDADE DOS DENTES

Tomar um picolé, um sorvete ou uma bebida gelada pode acarretar em um sintoma que é muito comum: a sensibilidade dos dentes. Agora nessa época do verão, que a vontade por algo refrescante é rotineira, nem se fala. E você sabe ao certo por que os dentes ficam sensíveis e o que é preciso fazer para cuidar nestes casos? Nas próximas linhas a gente explica, chega mais!   Causas...
5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

Após vários anos ingerindo alimentos e bebidas, mastigando e cuidando da higiene bucal, é normal que a terceira idade seja a fase em que os dentes estão mais desgastados e frágeis, sensíveis mesmo. Implante dentário em Belo Horizonte Para que você e sua família fiquem por dentro dos problemas bucais mais comuns desse período da vida, escrevemos este texto. Vale a pena compartilhar o assunto, todo cuidado com nossos...
Uso do enxaguante bucal

Uso do enxaguante bucal

Muito se engana quem acha que o enxaguante bucal tem que arder bastante a boca na hora do bochecho. Produto sempre divulgado na mídia, muitos adeptos não sabem que seu uso requer orientações de um dentista, afinal ele só é benéfico para quem tem doenças periodontais, para as pessoas que não possuem estas doenças o efeito é nulo. Primeiramente é bom frisar que utilizar o antisséptico bucal no lugar...
BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

BEBA ÁGUA PARA HIDRATAR E CUIDAR DA SAÚDE BUCAL

No calorão que tem feito, ter mais sede é normal e até bom para o corpo se manter hidratado e a saúde bucal fortalecida. Hum? “O que a saúde bucal tem a ver com a hidratação corporal?”, você deve ter se perguntado. Pois  saiba que assim como o corpo precisa de água para sobreviver (cerca de 65% do corpo humano é composto por água), a saúde bucal também precisa...