(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

Perda dentária: 5 motivos e como prevenir

Perda dentária: 5 motivos e como prevenir

A perda de um dente é uma surpresa desagradável e, ao longo da vida, muitas pessoas podem se deparar com um problema sério que pode levar a perda dentária ou, até mesmo, uma queda repentina que pode provocar a perda de um dente em um curto espaço de tempo. 

Você sabia que existem alguns fatores que podem influenciar e facilitar que esse tipo de situação aconteça? 

Existem algumas doenças que podem atingir a área óssea e desencadear na perda total dos dentes. O que muitos não sabem é que a maioria dessas doenças podem ser tratadas e, com isso, evitar que esse tipo de coisa aconteça. 

Sabemos da importância que os dentes têm no nosso dia a dia, pois além de serem responsáveis pela mastigação, eles também são responsáveis pela formação do sorriso, o que influencia diretamente na autoestima. 

Para evitarmos que essa situação desagradável aconteça, é importante conhecermos mais sobre os principais motivos que podem provocar a perda dentária. 

Para isso, continue acompanhando esse artigo para maiores informações. 

Motivos que levam à queda dos dentes 

De acordo com muitos especialistas, a perda de um dente é um dos principais motivos pelo qual os pacientes procuram um cirurgião-dentista. Isso porque muitas pessoas não dão conta da gravidade que alguns problemas bucais costumam provocar e, quando percebem, já é tarde demais. 

Para que isso não aconteça com você, confira abaixo quais são os problemas que podem surgir na boca e que, portanto, merecem atenção para que não acabem se agravando e provocando a perda dos dentes.

Cárie

Por se tratar de uma doença bastante comum, muitas pessoas não imaginam as consequências que esse problema pode causar. Quando a cárie não é tratada, ela pode atingir a raiz dos dentes e enfraquecê-los, provocando a quebra e, consequentemente, a perda. 

Bruxismo 

Trata-se do famoso “ranger dos dentes”. Esse hábito provoca grande impacto e desgaste entre os dentes. Quanto ocorre com certa frequência, pode acabar enfraquecendo e desgastando os dentes, ocasionando na perda dentária devido à fratura. 

Anodontia 

Trata-se de uma doença que costuma passar de pai para filho, ou seja, genética. É capaz de atingir mais de um dente ou, até mesmo, a perda total dos dentes. Um acontecimento muito comum para quem possui anodontia é não ter a formação do dente permanente após a queda do dente de leite. 

Má higienização 

Os cuidados bucais como uma boa escovação, o uso de enxaguante e fio dental são de extrema importância para manter a saúde bucal. A formação de tártaro na região do dente próxima à gengiva, pode gerar inflamação e levar à queda do dente.

Mas quando a higienização é realizada de forma incorreta, pode acabar provocando diversos problemas bucais e desencadear na perda dentária. 

Traumas físicos

Situações de riscos, como uma queda, por exemplo, podem causar grandes impactos inesperados e, com isso, ocasionar na perda dos dentes. 

Essas são as principais doenças que podem surgir na boca e provocar a perda dos dentes. Para evitar que isso aconteça, existem alguns cuidados preventivos. 

Continue acompanhando esse artigo para saber mais. 

Como evitar a perda dentária? 

A prevenção mais eficaz é cuidar corretamente da higiene bucal. Adotar uma higienização completa e regular é a melhor forma de evitar que as doenças atinjam a sua boa e provoquem a perda dentária. 

Como falamos anteriormente, uma boa escovação realizada após as refeições, com o uso do enxaguante e fio dental, pode evitar muita dor de cabeça e, inclusive, a perda dos seus dentes. 

Portanto, é imprescindível que a higienização bucal seja uma prioridade para o seu dia a dia! 

Além disso, consultar um dentista é uma forma preventiva de evitar que os dentes sofram com doenças. Muitas pessoas procuram por um dentista apenas quando notam um problema ou quando sentem dor, o que é muito errado. 

Portanto, além da higienização, as consultas preventivas são indispensáveis. Dessa forma, fica mais fácil identificar um problema bucal a tempo. 

É fundamental que as consultas sejam realizadas de forma periódica, respeitando as orientações do seu dentista. A frequência a um dentista evita que as doenças bucais prejudiquem a sua boca.

Para manter a regularidade nas consultas, muitas pessoas acabam contratando um plano dentista, o que costuma ser mais econômico do que pagar pelas consultas e tratamentos particulares. Afinal, muitos procedimentos podem exigir um alto investimento, ainda mais nos casos de implante dentário. 

Nesse caso em específico, a dica é pesquisar e analisar se as opções de planos odontológicos disponíveis no mercado cobrem um tratamento de implante dentário. 

Para garantir que a sua saúde bucal esteja em dia, o que acha de agendar agora uma consulta e colocar a sua saúde bucal na lista de prioridades? 

Conteúdo produzido por Letícia Monaly l Growth Hacker da empresa Ideal Odonto 

Você também pode gostar de:


5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

5 BENEFÍCIOS QUE SÓ O APARELHO INVISÍVEL TEM

Corrigir a posição dos dentes na arcada dentária sem ninguém notar. O sonho de muitas pessoas tem virado realidade graças ao tratamento ortodôntico pelo aparelho invisível. As celebridades e pessoas que valorizam a autoimagem têm adorado este tipo de tratamento, e por isso separamos as principais vantagens que ele oferece, olha só. Mais do que discreto, invisível mesmo O aparelho invisível é praticamente imperceptível. Com ele, o sorriso continua...
Endocardite Bacteriana: Cuide do seu Coração

Endocardite Bacteriana: Cuide do seu Coração

No post anterior explicamos sobre a Odontologia do Esporte, área que trata a saúde bucal de um atleta profissional. Hoje é Dia do Cliente e relacionaremos um pouco a Odontologia do Esporte com um assunto muito importante, falaremos sobre a endocardite, doença de causa bacteriana que já levou atletas profissionais e não profissionais à morte, infelizmente. Confira abaixo o que fazer para evitá-la. Como ela ocorre A chamada endocardite...
A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

A SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS

Está é a Semana das Crianças, seres humanos que iluminam a nossa vida com alegria e pureza. É comum presenteá-las com brinquedos para comemorar a data, porém a Mr. Clean tem uma pergunta séria a fazer: você como pai, mãe, avós, tios ou como responsável por uma criança, tem cuidado da saúde bucal dela? Pois os pequenos são novos demais para saberem como se cuida direito dos dentes e precisam...
Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

Alimentos que auxiliam na saúde bucal das crianças

O incentivo aos cuidados com a saúde dos dentes deve ser implementado desde cedo na vida das crianças, porém durante o período de troca dos dentes é ainda mais necessário reforçar sua importância. Esta fase é crítica, pois é necessário incentivar bons hábitos para garantir uma boa saúde bucal que perdure até a vida adulta. A alimentação é primordial para a saúde das crianças, e para a saúde dos...
Sem saliva, sem saúde

Sem saliva, sem saúde

Você sabia que na terceira idade nosso organismo já não é como na juventude? A saúde bucal comprometida vai afetar diretamente a condição nutricional, o estado físico e mental do indivíduo, além de diminuir o prazer de uma vida social ativa. A diversidade de conceitos, circunstâncias de vida e até a falta de informação podem afetar a aceitação, a procura e a realização bem sucedida de um tratamento dentário....
A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

A IMPORTÂNCIA DO BEBÊ MAMAR NO PEITO DA MÃE

O aleitamento materno é um hábito vital para o recém-nascido, saiba os porquês   Falar sobre a saúde bucal dos bebês é um assunto que amamos, e por isso vamos falar da importância da amamentação no desenvolvimento do rostinho deles. Por incrível que pareça, quando o bebê se alimenta do leite materno diretamente no seio da mãe, ele está contribuindo para a formação de sua própria face. Olha só...