(31) 3224-7378 / (31) 98623-9711 (whatsapp) - contato@odontologiaesaudebh.com.br
Rua dos Tupis, 38 - Conj. 802
Centro - Belo Horizonte MG

Clareamento dental: quem pode fazer?

Clareamento dental: quem pode fazer?

Certas bebidas (café, refrigerantes, chás, sucos etc) podem causar manchas e assim provocar o escurecimento dos dentes com o passar do tempo.

Frente a este fato, o clareamento dental é o tratamento mais pedido nos consultórios odontológicos, ele faz parte da famosa odontologia estética.

O texto de hoje vai te explicar alguns aspectos importantes sobre este tipo de tratamento que é um dos potencializadores de um belo sorriso.

Como ocorre o clareamento

O tratamento é feito sempre sob a orientação de um dentista, que irá avaliar as condições da saúde bucal do paciente para receber o clareamento (é importante, inclusive, que o dentista peça radiografias).

Após ser feita esta avaliação, que é essencial para o bem-estar do paciente, o procedimento pode ser feito por gel clareador ou por laser.

Ambos irão atuar na intimidade do esmalte e dentina, permitindo assim a “quebra” das moléculas dos pigmentos causadores de manchas, liberando-as do dente e tornando-o mais claro.

Quem pode clarear os dentes?

Muito se engana quem acha que não há uma idade mínima para fazer o clareamento dental. A faixa etária que permite realizar o tratamento é a partir dos 16 anos de idade.

O procedimento também é restrito para as gestantes, pessoas com alta sensibilidade nos dentes, pessoas que fizeram quimioterapia e radioterapia há pouco tempo e para os casos de dentes com restaurações muito volumosas (ou até com trincas), endodontia (tratamento de canal), próteses e implantes dentários (que acabam não surtindo efeito com o clareamento).

Implante dentário em Belo Horizonte

Indivíduos cujos dentes sofreram com o uso de tetraciclina (antibióticos), hipoplasia dentinária (má formação do esmalte) e fluorose dentária também precisam ser avaliados pelo dentista se vale a pena efetuar o tratamento.

Toda precaução é importante de se ter para evitar consequências desagradáveis ao paciente, afinal o clareador é um ácido – por exemplo, há casos de pessoas que precisam fazer um tratamento de canal primeiro, antes de clarear os dentes.

Por que fazer o clareamento dental

Vários motivos levam uma pessoa a querer fazer o clareamento dental. O fato é que o escurecimento dos dentes é uma característica em que todos nós estamos suscetíveis com o passar dos anos.

Manter uma limpeza bucal diária completa com escova e fio dental não é garantia dos dentes se manterem sempre brancos (muitos alimentos e bebidas interferem na cor dos dentes, como falamos no início do texto).

Casamento chegando, baile de formatura, uma viagem importante, o início de um emprego que a apresentação pessoal é imprescindível e outros eventos podem levar também as pessoas a fazerem um clareamento dental.

Este motivo está bem atrelado a outro grande objetivo que as pessoas possuem quando procuram o clareamento dental no consultório odontológico: a vontade de investir na imagem pessoal e assim transformar o sorriso, deixando-o mais branquinho e belo, é claro.

Com o início do próximo ano se aproximando e as inúmeras possibilidades de conquistas para 2017, já pensou em investir em um sorriso lindo e contagiante?

Venha visitar a gente para conversar sobre o clareamento dental, estamos à disposição para tirar qualquer dúvida sobre o tratamento. Mude para uma vida mais sorridente com a Mr. Clean!

Você também pode gostar de:


5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

5 problemas bucais mais comuns na terceira idade

Após vários anos ingerindo alimentos e bebidas, mastigando e cuidando da higiene bucal, é normal que a terceira idade seja a fase em que os dentes estão mais desgastados e frágeis, sensíveis mesmo. Implante dentário em Belo Horizonte Para que você e sua família fiquem por dentro dos problemas bucais mais comuns desse período da vida, escrevemos este texto. Vale a pena compartilhar o assunto, todo cuidado com nossos...
A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

A CHEGADA DOS PRIMEIROS DENTINHOS, E AGORA?

Entenda como se dá esse processo e como os pais podem amenizá-lo para o bebê Se tem uma coisa que é capaz de conquistar todo mundo é o sorriso de um bebê. Com ou sem dentes, a expressão facial desses seres humaninhos é tão linda e fofa que desmonta qualquer um. Agora, pergunta para os pais se quando os dentinhos começam a aparecer o bebê fica só a sorrisos?...
CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

CRIANÇAS E JOVENS COM SORRISOS NOTA 10

As férias escolares acabaram e a rotina dos mais novos volta esta semana com tudo! O que não pode ficar de fora no volta às aulas é também a higiene bucal das crianças e adolescentes (aos que não a deixaram de lado, parabéns!). A seguir vamos dar alguns macetes para facilitar a retomada do hábito, afinal a saúde bucal não é menos importante que higiene corporal, alimentação, sono, estudos,...
Fio dental sem mistério

Fio dental sem mistério

O fio dental faz bem? Um estudo feito com gêmeos provou que o uso do fio dental, associado com a escovação dos dentes e da língua, reduz significamente a presença de micro organismos causadores das cáries. Procure seu dentista e consulte-o sobre a melhor maneira de usar o fio dental; se você usa ou não aparelho,  ele vai te dar ótimas dicas para facilitar sua higienização. Veja 4 benefícios...
VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

VOCÊ SABIA QUE BEIJAR MUUUITO…PODE SER PERIGOSO??

Vamos pra balada, pura energia e animação. Solteiros, na pista, beijar muuuuito é a meta da maioria. Sem compromisso tudo é diversão. A nossa saliva é um dos fluídos corporais mais complexos, responsável pela lubrificação e proteção de toda cavidade bucal, auxilia na mastigação, deglutição, fala, beijo e começo da digestão. Controla os níveis de água no organismo, reduz a acidez da boca, previne cáries e enfermidades. Poderosa essa...
Avós cuidadores. Amor preventivo

Avós cuidadores. Amor preventivo

As exigências cada vez maiores na luta pela sobrevivência, e a premente necessidade de buscar o mínimo de qualidade de vida para suas famílias, os pais muitas vezes se vêm obrigados a recorrer à ajuda abençoada dos avós. E estes fazem em sua grande maioria o papel de educadores. Frequentemente os problemas odontológicos na primeira infância, são oriundos de falta de informação e maus hábitos praticados no passado. Relatamos...