Quando uma mulher descobre que está grávida, geralmente ela é orientada quanto ao que pode ou não pode comer, quais remédios pode tomar e por aí se vão os cuidados. E quando ela, de repente, sente uma dorzinha chata (ou forte) no dente ou gengiva? Como proceder? O texto de hoje foi escrito para orientar você, mamãe em gestação ou aquelas mulheres que um dia vão engravidar. Pode vir que o papo é sério, olha só.

 

Causas para dor de dente em grávidas

A gravidez é um período em que todo o corpo da mulher fica sensível, afinal tem outra vida sendo gerada nele. A futura mamãe pode ter gengivite, que é uma inflamação da gengiva, ou incômodos relacionados a dente quebrado, abscesso ou o siso apontando. Um cárie (principalmente porque o desejo por comer doces aumenta) também pode gerar desconforto nas grávidas, assim como a hipersensibilidade aumentada na cavidade bucal (devido à produção em excesso de hormônios), que rejeita certos alimentos quentes ou frios.

 

Para evitar as dores

Algumas medidas podem ser tomadas para que a mulher grávida não sofra tanto com a hipersensibilidade na boca e nos dentes, como manter a higiene bucal sempre em dia (escovação completa, incluindo o uso de fio dental). O Pré-natal Odontológico precisa ser feito sim, só o dentista é capaz de avaliar o estado da saúde bucal de uma grávida, verificando se os sintomas estão dentro do esperado. Sem falar no tratamento preventivo que o dentista é capaz de fazer, evitando complicações que talvez ocorreriam se não fosse o acompanhamento odontológico.

 

Em caso de dores…

Visite seu dentista o quanto antes, futura mamãe! Marque um horário e explique tudo o que incomoda, sem vergonha de relatar certos alimentos ingeridos (ainda mais quando surgem aqueles desejos loucos). Não deixe o tempo passar e o risco do incômodo virar uma dor grave, capaz de piorar e colocar a vida da gestante e do bebê em risco. Há os casos em que ocorre o parto prematuro por causa de doença periodontal, além das situações em que o  bebê nasce com baixo peso devido às bactérias que estavam presentes na boca da gestante (um canal que não foi tratado, por exemplo) e que acabam passando pela placenta.

 

Quais medicamentos utilizar

A melhor forma de saber qual medicamento uma gestante pode ingerir é perguntando ao médico que a acompanha. O tipo de remédio que uma futura mamãe pode tomar deve ser perguntado ao ginecologista e ao dentista da mesma, somente estes profissionais são capazes de orientar a grávida com opções que não comprometerão a saúde dela e do bebê. Jamais uma gestante deve se automedicar, todo e qualquer cuidado é pouco no período de gestação.
Na Mr. Clean este assunto é tratado com muito carinho com cada grávida por meio do PAP, Programa de Acompanhamento Preventivo. É pelo PAP que nossos dentistas orientam a grávida e sua família quanto aos hábitos que precisam ser criados ou reformulados, tudo de forma a promover uma saúde bucal de alta qualidade para a futura mamãe e o bebê que irá nascer. Conhece alguma grávida que se interessa por este tema? Passa o telefone da gente, vamos adorar recebê-la aqui! 😉