Vamos combinar: não apenas a saúde bucal, mas a saúde do seu corpo inteiro agradece por você não fumar. E hoje decidimos falar sobre ele, o cigarro, mal que acomete grande parte da população e causa consequências seríssimas ao organismo humano, além de gerar gastos astronômicos aos cofres de saúde — públicos e privados!

Além dos problemas mais simples como o sorriso amarelado e o mau cheiro impregnado, o cigarro possui mais de 5000 substâncias químicas em sua composição. Agora imagine tudo isso dentro de você, grudado em seu pulmão.

E para conversar mais sobre isso e te alertar sobre algumas situações acerca desse mal, criamos esse post incrível, cheio de informações que podem te ajudar muito. Descubra a seguir porque você deve parar de fumar agora mesmo!

Por que o tabagismo faz mal à saúde

Ao fumar um cigarro ou outra espécie de tabaco, uma pessoa tem as substâncias químicas prejudiciais passando primeiro pela boca e garganta. À medida em que o comportamento se repete, as chances de prejudicar a cavidade oral aumentam, o que gera o câncer de boca.

Outra consequência do tabagismo é o enfraquecimento do sistema imunológico que ele provoca, alterando a capacidade de combater bactérias presentes na boca, retardando a cicatrização gengival e gerando doenças periodontais.

O câncer de boca

Desde criança, todos nós aprendemos que fumar não faz bem para o corpo. Porém mesmo assim, algumas pessoas aderem ao mau hábito. Não entraremos em questões culturais aqui. Estamos orientando apenas quanto a prevenção e manutenção da saúde bucal.

Ouvimos também falar do câncer bucal provocado pelo tabagismo que, comprovado pelo Ministério da Saúde através de estudo de casos, acomete grande parte dos ex-fumantes. O motivo é que essa doença acontece por causa de mutações nas células sadias da boca, alterações provocadas pelo tabagismo.

Outras doenças oriundas do vício

Infelizmente, não é apenas com o câncer de boca que devemos nos preocupar. Uma cavidade bucal que inala fumaça acaba sofrendo queimaduras devido às altas temperaturas, ficando fraca e propensa ao desenvolvimento de doenças periodontais. Tudo isso por causa da circulação sanguínea que diminui, gerando infecções gengivais e dos ossos ao redor dos dentes.

Outros desequilíbrios que o tabagismo provoca são:

  • Mau hálito devido a baixa produção de saliva;
  • Tártaro, quando o cálcio da saliva acumula nos dentes;
  • Alterações de paladar, olfato e de recuperação após procedimentos odontológicos;
  • Dentes manchados.

Realmente não tem jeito: o ideal é não fumar e fazer acompanhamento constante no dentista para prevenir doenças bucais.

Ansiedade: um inimigo no combate ao tabagismo

Há quem afirme que o cigarro causa uma sensação de relaxamento e calma, justificando então seu uso para situações de alto estresse e ansiedade. Dessa forma, pessoas que querem parar de vez com o vício acabam colocando a necessidade desse mal para momentos dos quais é preciso acalmar os ânimos.

Então, sempre quando aquele pico de nervosismo aparecer junto da vontade de acender um cigarro, leve em consideração dois pontos:

  1. Assim que os 5 minutos de duração do cigarro acabarem, toda ansiedade, estresse e estado alterado irá voltar. O que você precisa é de um acompanhamento profissional para te ajudar a vencer isso.
  2. Pense a longo prazo, já que fumar causa um falso bem momentâneo, mas destrói sua saúde lá na frente.

Então, se você tem parentes ou amigos próximos, aconselhe sobre os malefícios do fumo, mesmo que eles julguem tem consciência disso. E caso você seja um fumante, receba as informações deste texto como conselhos de cuidado à sua saúde.

Nós, equipe Mr. Clean, nos colocamos à disposição para tirar qualquer dúvida e te atender no caso de você precisar de algum tipo de acompanhamento profissional. Curta nossas redes sociais e fique por dentro das nossas atualizações.